Patrocínio

Patrocínio

sábado, novembro 11

Até terça a Itália viverá uma clima que não vivia desde 1957...


Os próximos dias serão tensos na bota européia... com a derrota por 1x0 sofrida no confronto de ida da repescagem da Europa, a Tetra Campeã Itália corre sérios riscos de ficar de fora da Copa na Rússia. Os italianos tentam evitar o vexame de ficar fora da Copa depois de 60 anos, quando caiu para a Irlanda do Norte falhando em chegar no Mundial da Suécia. Foi a última vez que Azzura ficou de fora de um mundial. Curiosamente pode acontecer de novo, diante da Suécia que sediou aquele mundial.

O futebol italiano vem em decadência desde o fim dos anos 90. A conquista da Copa da Alemanha pode ser considerado um ponto fora da curva, porque a Liga Nacional está decaindo,  no ranking da UEFA perderam a quase uma década a quarta vaga para os alemães e vive uma entressafra de talentos imensa. Passou vergonha nas suas últimas Copa, sendo eliminada na primeira fase em ambas.

Do outro lado, os suecos tentam voltar à um Mundial depois de 2002, quando ajudaram a eliminar outro gigante: a Argentina. Sem o seu maior jogador recente, Zlatan Ibrahimovic, o time sueco aposta no conjunto. Que foi o ponto alto na partida em casa e pode fazer a diferença na volta. 

Já os italianos precisarão fazer algo que não estão acostumados: superar-se de péssimos resultados. A partida em Milão será tensa e pode jogar um trauma a mais na história da Squadra Azzura. Assim como aqueles atletas de 60 anos atrás. Que aliás, tinham sido eliminados na primeira fase das 2 Copas anteriormente ( 1950 e 1954 ) e das 2 seguintes ( 1962 e 1966. 

Evitar isso é o papel deste grupo atual. Vai ser uma longa espera até o fim da partida contra a Suécia... e todos os fantasmas do passado a volta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário