Patrocínio

Patrocínio

sexta-feira, agosto 18

A polêmica - inútil - da semana mostra quem de fato defende mulheres do estupro

Os descartáveis Deputados Jair Bolsonaro ( PSC-RJ ) e Mª do Rosário ( PT-RS )
Um dos destaques(??) da semana foi a condenação de Jair Bolsonaro em ação movida pela colega de Câmara, Maria do Rosário. Para quem não lembrar do que se trata, eu deixo este vídeo para rememorar os leitores:


Eu quero, antes de prosseguir, deixar bem claro que eu não defendo Jair Bolsonaro. Ele está bem longe de ser o tipo de Deputado/Político que eu quero me representando. Adiante. No vídeo acima vemos como tudo se deu. Não irei aqui fazer juízo de valor quem tem razão, mas fica claro - para quem quiser ver - que Rosário falou besteira e Bolsonaro também fez o mesmo. Por mim, os dois jamais seriam deputados, porque defendem pautas ruins e cada um sua maneira representam apenas 2 lados da mesma moeda.

O que quero colocar, em forma de pergunta, é: quem de fato defende as mulheres nesta história? Quem é que faz mais pelas vítimas de estupro entre os 2: Maria do Rosário e sua defesa exacerbada dos agressores ( e nesta conta podem colocar outras deputadas de esquerda, como Jandhira Fegalli ) ou Jair Bolsonaro que defende pena mais duras e castração química de estupradores?

A resposta é bem fácil ( ao menos para mim ): Jair Bolsonaro. Como assim, Flávio? Sim, o deputado carioca é muito mais efetivo em sua luta do que a pífia deputada dos pampas. Ele defende penas mais duras, o que significa que os estupradores ficariam presos mais tempos e como estupradores não viram santos na prisão, eles voltam a violentar mulheres quando são soltos. Maria do Rosário, ao contrário, trabalha sempre contra qualquer movimentação neste sentido. Dessa maneira, ela permite que os agressores voltem mais rapidamente para às ruas e assim, mesmo que indiretamente, ela não protege as mulheres. 

E nem precisamos irmos tão longe para encontrarmos exemplos. Aqui em Salgueiro mesmo temos um caso, recente, de um estuprador que agiu pela terceira vez em menos de 20 anos. Se aplicássemos as normas de Bolsonaro, ele ainda estaria preso pelo segundo crime, mas porque o que prevalece e a visão - torta - de Maria do Rosário o estuprador já estragou a vida de uma terceira mulher. Isso sem falar que o criminoso teria sido castrado.

É nesse cenário em que sou obrigado a ver pessoas endeusando Maria do Rosário, como se ela fosse uma defensora das mulheres, o que claramente ela não é. E nunca foi. Ela é defensora das teses petistas/esquerdistas. Não por outro motivo é defensora do Aborto e da Cirurgia em crianças para mudança de sexo. Neste tocante, é preciso dizer que Bolsorano faz o mesmo, mas à direita. É contra o aborto e a cirurgia de mudança de sexo, mas tem posturas nada decentes quanto ao preconceito.

Apenas numa coisa os dois se igualam: na nefasta defesa de Ditaduras. Lamentavelmente, nisso os dois são iguais. E por isso, desnecessários em Democracias...

Nenhum comentário:

Postar um comentário