Patrocínio

Patrocínio

quarta-feira, novembro 30

Ministro Roberto Barroso tenta, na marra, legalizar aborto ao arrepio das Leis que ele jurou defender

Barroso, o SEBOSO, volta a fazer duas suas. E ainda ri disso...
Eu tenho minhas convicções e delas não abro "nem pro trem". Quem me conhece pessoalmente sabe que bato de frente até com meus pais quando acho necessário. Portanto, meu gosto não admite sutilezas. Jamais admitiu e nunca admitirá. Por isso vou fazer um alerta: se você é esquerdista, abortista ou os dois ( o mais comum ), não passe dessa parte, pois este texto não é para você. E isso não é uma ofensa, é uma concessão de educação ( que tenho orgulho de ter ) aos meus leitores das mais variadas teses de pensamento. Se passar, o risco é seu. Adiante...

O aborto é, com base nas leis brasileiras, ilegal. Goste-se disso ou não, é a lei. Lembro do lema básico do direito "dura lex, sed lex" - a lei é dura, mas é a lei. Quem não gostar de algo no arcabouço jurídico brasileiro que encampe uma luta para alterar do que discordar, mas que o faça segundo as regras do jogo democrático. Sendo assim, para se legalizar o aborto é preciso mudar a lei que o torna ilegal. Ponto final. Qualquer tentativa de fazer isso fora dessa regra é inconstitucional e, por tabela, crime. 

Mas como punir essa prático quando quem o faz é um Ministro do Supremo Tribunal Federal? Que dentre as suas muitas funções, a principal é garantir o cumprimento das Leis? Quem pune um Ministro do STF quando ele decide distorcer a lei de acordo com o que ele quer que se faça no Brasil? Antes de prosseguir, uma detalhe muito importante: todo cidadão tem direito a pensamento livre e fazer suas escolhas desde que as mesmas não violem as leis. Mas a nenhum brasileiro é dado o direito de impor suas vontades ao outros, ainda mais quando se é Ministro do STF.

Eu fui um dos críticos - praticamente o único em Salgueiro - quanto a indicação de Luiz Roberto Barroso para o STF. Ele tem um histórico nada interessante de militância política de esquerda, mas teve sua indicação aprovada. E uma das primeiras ações danosas dele foi de livrar a cara dos petistas no caso do Mensalão, para o que aliás ele foi escolhido a época. Depois ele não teve a sensatez de se declarar impedido na Ação de proibiu a doação de empresas em campanhas eleitorais. Ação que ele mesmo patrocinara quando era advogado. E em tantas outras matérias ele tenha se posicionado como um advogado de partido mais do que de um juiz da mais alta corte brasileira. Lamentável, mas que até aqui não tinha ferido de morte suas atribuições, até porque as ideias dele obtiveram apoio dos seus pares e, pelo que entendo, não iam contra a Constituição. Agora quanto ao que ele fez sobre o aborto, não.

Aqui, finalmente, chego ao que fez o Ministro Luiz Roberto Barroso. Ele faz parte da 1ª do STF e participou do julgamento de um recurso que envolvia uma gestante e o médico que promoviam um aborto. Antes que se prossiga quero deixar claro, segundo a Lei vigente, a prisão foi legal. A decisão que a turma deveria tomar era se os dois deveriam seguir presos ou não. Mas Barroso, claro, quis aparecer e em seu voto resolveu instituir o aborto até o 3º mês de gravidez, como se no dia seguinte por mágica existisse uma mudança drástica e não pudesse mais ser realizado o aborto sem se caracterizar um assassinato. Isso é asqueroso e imoral, mas principalmente é ILEGAL. Não cabe à ele - nem a ninguém - alterar a lei de acordo com o que se pensa. Mas Barroso não é o Seboso a toa...

Ele foi além de qualquer limite dizendo que "a criminalização do aborto é incompatível com diversos direitos fundamentais, entre eles os direitos sexuais e reprodutivos e a autonomia da mulher, a integridade física e psíquica da gestante e o princípio da igualdade. Mas ele deixou claro: desde que feito até o terceiro mês". Eu discordo totalmente dele e a meu favor existe a lei, que não permite a ele ter este entendimento, como deixam claros os Art. 126, 127 e 128 do Código Penal, em vigor ressalte-se. Como disse anteriormente, se o Ministro entende isso, que tente obter votos no Congresso Nacional para tornar seu pensamento em Lei. Além disso, ele citou que diversos países não criminalizam mais o Aborto. Sim, é verdade. Acontece que por lá aconteceu votação e o Congresso desses países assim decidiram. Aqui, uma Democracia, o caminho tem, obrigatoriamente, ser o mesmo.

Após o voto de Barroso, Rosa Webber e Edson Facchin acompanharam a tese furada do colega, enquanto que Luiz Fux e Marco Aurélio Melo optaram apenas em votar o que estava em questão, o pedido de Habeas Corpus. Que a rigor era um direito dos dois presos. Mas agora começará uma Cruzada dos Abortistas para que esse voto horroroso de Barroso torne-se norma. Sabendo disso é que o Presidente da Câmara Rodrigo Maia criou uma Comissão para elaborar uma alteração à Constituição no sentido de incluir o VETO ao Aborto fora dos casos já previstos.

Barroso, dessa forma, presta dois desserviços ao Brasil: afronta a Lei que deveria defender e suscita um debate fora de hora. Nos dois casos, ele o fez de caso pensado e, com certeza, macomunado com os extremistas de esquerda que querem, a todo custo, impor ao Brasil uma coisa que o Brasil não quer. E isso é asqueroso. Além, é claro, de ilegal.

E na calada da madrugada, Deputados aprovam texto contra Lava Jato

A falta de vergonha desta Câmara parece não ter mesmo limites...
O Brasil em comoção geral pela tragédia que aconteceu com o time da Chapecoense e os Deputados aproveitam isso para aprovarem o texto da proposta das 10 medidas anticorrupção do MPF, com uma pegadinha inclusa. Aproveitaram, assim, da atenção de TODAS as redes de imprensa que estavam com os olhos voltados para Medellin na Colômbia e fizeram mais uma das suas. Realmente fica cada dia mais complexo acreditar no Brasil, enquanto ente político.

O projeto das 10 Medidas foi, digamos assim, destruído ontem pelo Plenário da Câmara. Das propostas inicias, todas que eram claramente contra políticos e partidos, foram retiradas, como a criminalização de partidos e dirigentes partidários por envolvimento com os casos de corrupção, a recuperação de recursos desviados antes da condenação e o maior poder no MPF no acordos de Leniência ( estes feito por órgãos dos Governos, que muitas vezes estão envolvidos na própria corrupção ). Além disso foi incluído no Projeto uma parte que, segundo o MPF, serve para amedrontar juízes e promotores. O Promotor Deltan Dallagnol se pronunciou via Twitter ( e via Facebook também, em forma de nota no link ao lado ):


O relator Onyx Lorenzoni ( DEM-RS ) também se pronunciou dizendo que "o objetivo inicial do pacote era combater a impunidade, mas isso não vai acontecer porque as principais ferramentas foram afastadas. O combate à corrupção vai ficar fragilizado e, com um agravante, que foi a essa intimidação dos investigadores". Eu concordo plenamente com ele.

O que resta agora é reagir, mais uma vez. Seja pela redes sociais, seja nas ruas. Não podemos nos calar diante deste descalabro, mais um infelizmente. 

terça-feira, novembro 29

Tragédia com Chapecoense junta-se a outras com times do mundo inteiro

Fantástico time do Torino, penta-campeão italiano nos anos 40...
desapareceu quando o avião em que estavam se chocou contra a Basílica de Superga
O terrível acidente que dizimou o valente e simpático time da Chapecoense junta-se agora a uma lista de tragédias envolvendo times de futebol. Histórias tristes, marcadas por terrível dor e desespero. O avião da Lamia voava em velocidade abaixo da recomendada na hora da queda e as primeiras informações dão cona de que um problema elétrico seja a causa provável do pouso forçado que o piloto tentou, por isso a Aeronave não se despedaçou por completo. Além disso ele despejou o combustível fora pensando no pouso.

Trago agora uma lista as maiores tragédias aéreas envolvendo equipes esportivas:
  • 4 de Maio de 1949. Avião da Alitalia, que trazia de volta para casa o time do Tonino de Lisboa, com escala em Barcelona, colide contra a Basílica de Superga e mata todos a bordo. As condições visibilidade eram ruins com uma forte neblina. Como na época ainda não existia Caixa Preta ( que na verdade é Laranja ), apenas especulações a respeito das causas existem. O Torino, penta-campeão italiano era a base da Squadra Azzura, que desfalcada de 8 jogadores fez papelão no Brasil um ano depois. Além disso, durante oito a Seleção - e a maioria dos times italianos - não voaram. Usavam apenas trem e navios com trauma do ocorrido.
  • 6 de Fevereiro de 1958. O jovem e fantástico time do Manchester United voltava de uma partida pela Copa do Campeões em Belgrado contra o Estrela Vermelha, quando fez uma escala em Munique. As condições também era adversas: a neve. Depois de duas tentativas de decolar, na terceira veio a tragédia: o avião não consegue levantar voo e colide com o fim da pista. Saldo de 23 mortos e 19 feridos. Bobby Charlton receberia a extrema-unção duas vezes mas sobreviveria para vencer a Copa em 1966. Ele próprio diz que o colega Duncan Edwards seria melhor do que ele.
  • 26 de Setembro de 1969. Time boliviano do The Strongest desaparece em acidente aéreo, quando a Aeronave em que viajavam colidiu com uma Serra. Ao todo 74 pessoas morreram.
  • 13 de Outubro de 1972. Um avião da Força Aérea do Uruguai cai em cima da Cordilheira dos Andes matando ( na hora ou nas semanas seguintes ) 29 pessoas. Os passageiros eram um time de Rugby e seus familiares. Após não acharem os destroços, as buscas foram interrompidas e os sobreviventes ficaram sem suprimentos. A única opção era morrer de fome ou se alimentar dos falecidos. Fizeram a segunda opção e depois de mais de 02 meses do acidente, Nando Parrado e Roberto Cañeza andaram mais de 60km pelas gélidas montanhas, acharam um pastor de ovelhas e foram salvos junto com seu companheiros. Essa história virou livro e posteriormente um filme.
  • 08 de Dezembro de 1987. Avião com o time do Alianza Lima, do Perú, cai no Oceano, matando todos a bordo, exceto o piloto. A equipe voltava de uma partida na cidade de Pucallpa onde derrotara o Deportivo por 1x0. Após a tragédia o time recorreu a ídolos aposentados ( Cubillas como jogador e técnico ) e a alguns jogadores oferecidos por equipes sulamericanas, nenhuma Peruana. O time liderava o campeonato, mas ao fim perdeu para o Universitário.
  • 27 de Abril de 1993. A Seleção de Zâmbia fazia bom papel nas eliminatórias quando o avião que transportava a delegação caiu no Oceano Atlântico, perto de Libreville capital do Gabão, matando todos a bordo. O futebol do país jamais se recuperaria da tragédia.
  • 07 de Setembro de 2011. Acidente aéreo matou todos os jogadores do time russo de hóquei Lokomotiv Yaroslavl. Detalhe: na Rússia o Hóquei rivaliza em popularidade com o Futebol.

Avião que levava o time da Chapecoense cai e 76 pessoas morrem

#forçachape
O avião da Companhia Lamia, da Bolívia, que transportava a Delegação da Chapecoense que jogaria amanhã a primeira partida da Final da Copa Sulamericana, caiu 30km antes de Medellin. Estavam no Aeronave 72 passageiros e 9 tripulantes, pouco antes da 01:00 horário de Brasília. A aeronave teria sofrido uma pena elétrica e o Comandante tentou um pouso de emergência, tanto que descartou o combustível antes.

As informações dão conta de que 76 pessoas morreram. Entre os sobrevivente 3 atletas do Clube:  o lateral esquerdo Alan Ruschel e os goleiros Danilo e Follmann. Entre os mortos outros 19 jogadores, dirigentes, convidados e a equipe da Fox Sports, que transmitiria in loco a partida. O ex-jogador Mário Sérgio é o nome, digamos assim, mais conhecido. 

A CBF cancelou a final da Copa do Brasil, marcada para amanhã entre Grêmio e Atlético-MG. A Comenbol fez o mesmo como a Final da Copa Sulamericana. Clubes do Brasil e de todo o mundo já emitiram nota de pesar. A foto deste post é uma singela homenagem do Santos FC aos jogadores, torcedores e jornalistas que morreram.

Durante o dia farei outro post atualizando as informações sobre esta terrível tragédia que se abateu sobre o Brasil e mais cruelmente com a cidade de Chapecó...

Atualização 1: Infelizmente o Goleiro Danilo não resistiu aos ferimentos e faleceu a pouco. A tragédia não para.

segunda-feira, novembro 28

Morte de Fidel comove tantos esquerdistas porque ele fez o que eles gostariam de ter feito



O post que fiz sobre a morte de Fidel Castro gerou um debate muito acalorado no WhatsApp e uma enxurrada de posts desagradáveis na Caixa de Comentários, os quais eu não publiquei. Talvez por isso, resolvi fazer outro, ainda mais denso sobre quem foi de fato Fidel Castro. Antes, observem com atenção as fotos acima: na primeira é o próprio Fidel quem amarra o condenado enquanto Che observa ( pela imagem eu deduzo que esteja rindo, canalha que era ). Ao lado de Fidel está o atual Ditador Cubano Raul, irmão de Fidel. Na segunda foto temos Fidel de costas e um pouco mais a frente e a esquerda "el porco fedorento" e - pelo o que sabe - Raul não aparece. Mais a direita aparecem corpos das pessoas executadas. Ainda aparece um "cumpanheiro" em pé.

Notem que essas fotos foram feitas a mando dos 3 ( Raul, Fidel e Che ) para servir de registro da "ações" do Governo Revolucionário. Eles não apenas mataram milhares ( segundo algumas fontes até hoje mais de 15 mil cubanos morreram nas mãos da Ditadura Castrista ) de inimigos e até mesmo aliados que tentaram se opor a essa prática, como se vangloriavam disso. Duvidam? Trago um vídeo com a pior parte do discurso de Ernesto Che Guevara nas Nações Unidas em 1964, seguramente o mais lamentável de todos os proferidos ali:


Notem que se Trump, presidente eleito, for a ONU e dizer que de fato vai construir um Muro para separar os EUA do México, TODOS os esquerdistas cairão - com razão, diga-se - de pau em cima do Presidente do Estados Unidos. Mas eles simplesmente acham linda, maravilhosa essa fala(??) do "porco fedorento". Essa é a moral(??) dessa gente: se for de Direita nada pode, mas se por um ideal marxista... ai tudo é bom, certo e tem até perdão divino. Fidel Castro é sim diretamente responsável por algo em torno de 120 mil mortes de cubanos. Tal número é o que imagina que tenham morrido desde Janeiro de 1959 entre os executados, os que morreram nas prisões e os que morreram tentando a travessia para Miami, distante apenas 140km.

Por isso os esquerdistas estão tristes, chorando nas redes sociais. Doutores das Universidades, políticos, "pensadores", estudantes e outros tantos realmente perderam um líder, perderam o norte moral deles. Sem Fidel, pensam eles, o sonho de que o Brasil tornaria-se um dia no que Cuba é, morreu. Segundo esse tipo de pessoas Fidel fez o que eles adorariam - e graças a Deus jamais conseguiram - fazer: Governar com mão de ferro e matar a TODOS os que se opusessem às ideias deles.

Duvidam? Já disse aqui, que quando o Ditador da Coreia do Norte Kim Jong-Un morreu, o PC do B achou por bem emitir uma nota asquerosa endeusando o facínora, enaltecendo os seus grandes feitos frente a República Popular da Coreia ( o do Norte só se aplica fora do país ), Sendo que ele mata o povo de fome, mas gasta 40% em Armamentos e nas Forças Armadas. Sendo que ele até sua morte ( e seu filho continua fazendo ) execuções de "inimigos do povo". Claro que estes inimigos cometem apenas um crime: o de pensarem diferente do Ditador da hora. 

Aliás, pensar é algo que os Governos como o de Fidel não permitem. Um Blog como o meu não existe em Cuba. Aliás, nem Imprensa existe. A Educação é a do Estado e pronto. Se alguém for pego ensinando alguma coisa extra a seu filho será preso como traidor. Internet? Nem sonham com isso. Ter um barco? Jamais... Mas os esquerdistas aqui endeusam a Ilha... mas não querem morar lá como um cubano comum.

Por isso todos os esquerdopatas estão tristes. Eu não estou. E nem fiquei feliz com a morte dele, pois tem filhos, netos e bisnetos. E também porque não fico feliz com a morte de ninguém. Mas com certeza eu não fiquei nem um pouco triste. Fidel Castro jamais foi exemplo de nada para mim. Ou até foi: daquilo que eu jamais deveria ser ou querer para o meu país. Contudo tem quem até hoje deseje um aqui no Brasil igual a ele...

domingo, novembro 27

Repercussão negativa forçou Temer, Renan e Maia a se mexerem. Ainda bem.

Visivelmente constrangidos, eles ouviram a voz da população decente
Eu não tenho certeza se podemos falar que um novo Brasil nasceu, mas posso garantir que o velho está cada mais enterrado. Quando é que veríamos um Presidente da Republica convocar uma Coletiva de Imprensa para, ao lado dos Presidentes da Câmara e do Senado, anunciar um acordo para enterrar uma proposta que protegeria justamente eles? Pois é, algo raro e impensável com o PT no poder, onde inexistiam Coletivas e sim monólogos de Lula e Dilma. Hoje foi diferente. Não sei, com disse antes, se temos de fato uma nova nação, mas que podemos estar no caminho disso é inegável.

Além do compromisso de que não teremos anistia, os três agora afirmam que defenderão que o projeto das 10 Medidas do Ministério Público seja aprovado do modo que foi pensado e ratificado pelas mais de 2 milhões de assinaturas. Alguns poderão dizer, com razão, que Temer fez isso para tirar de cima de si as duvidas que pairam na crise Calero/Vieira. De fato é muito provável que essa seja a intenção principal. Mas mesmo que seja isso, o que ele fez hoje é inédito para mim. Ele, bem mais do que Rodrigo Maia e Renan Calheiros, entendeu que é preciso dar um basta na canalhice que estava em curso. Ele entendeu que a Sociedade não aceitaria aquilo e, óbvio, resolveu capitalizar em cima. 

Agora temos certa de que não passará a votação de anistia aos crimes de Caixa 2 - e o próprio Temer pode vir a ser condenado por isso, diga-se - e os Presidentes das duas casas do Congresso comprometeram-se a coibir que isso sequer possa chegar nas mãos do Presidente Temer. E se chegar, ele garante que vetará. O Brasil não ficou mais honesto com essa coletiva. Mas serviu para mostrar ao povo o poder que temos. Tivéssemos consentido e tudo passaria na maior pelo Congresso e Temer sancionaria. Não estamos mais decentes, apenas não ficamos mais sujos. E só por isso, é que eu louvo a atitude do 3. Mesmo que de forma forçada, eles fizeram o que era melhor para o Brasil. Algo raríssimo em nossa história. Recente ou não...

Agora é manter a pressão para que outras barbaridades não passem. Porque, se depender apenas deles, a falta de vergonha segue a mesma. Tenham plena certeza disso...

sábado, novembro 26

Morre o Ditador Fidel Castro aos 90 anos

El "coma"andante se foi. Não sem antes ter matado, ao menos, 120 mil cubanos...
Fidel Alejandro Castro Ruz. Este é o nome de um dos maiores Ditadores de todos os tempos. Proporcionalmente deve ter matado mais pessoas do que diversos outros nomes famosos na história. O seu publico alvo era bem reduzido, por isso que eu afirmo que ele está, com certeza, entre os maiores genocidas de nossa era. Fidel Castro morreu ontem às 22:29 horário local, em Havana, aos 90 anos. O anúncio foi feito pelo irmão Raul Castro, tão genocida quanto el "coma"andante. Fecha-se agora uma das mais cruéis e nefastas páginas da história mundial. 

Antes de falar do porque Fidel merece ser ( mal ) lembrado, vou falar de mim. Nasci em 1974, 15 anos depois de que Fidel, Che Guevara, Raul e cia tomaram o poder então Ditador Cubano, Fulgêncio Batista. Tinha todos os motivos para ser um esquerdista de marca maior, mas por algum motivo ( Divino, quem sabe ) jamais apeteceu-me a história da Ilha contra o Império do Mal, no caso Washington. Contudo eu sou, neste tocante, minoria. Para cada Flávio Vieira, infelizmente, existem diversos colegas que pregam que Cuba é o paraíso na terra. Mesmo que jamais queiram passar um dia por lá igual a um cubano comum. Quando querem, é como um Turista brasileiro, que pode ficar nos Hotéis de Luxo na Orla de Havana e comprar os caríssimos charutos cubanos, os melhores do mundo. Hipocrisia é, normalmente, o combustível-mor da esquerda. Adiante...

Fidel comandou com mão de ferro uma Ilha que, de fato, era pobre. Acontece que passados quase 60 anos, Cuba segue sendo um país pobre. Era um país que, na época em que ele tomou o poder, já era um dos mais alfabetizados da América Latina. E que hoje, artificialmente, não tem analfabetos, porque educação não é apenas a formal, inclui também cidadania e liberdade. E as duas últimas inexistem em Cuba. Antes de prosseguir, não posso deixar de lembrar "el porco fedorento":

Che e Fidel agora devem estar rindo ( ou chorando ) no inferno...
 Che, que não gostava de tomar banho tanto quanto gostava de matar pessoas, foi o responsável pelas execuções pós-golpe ( sim esquerdistas, eles deram um Golpe em 1959 ). Fazia pessoalmente a escolha de quem morreria naquele dia ou não. Tem até uma história nefasta: uma mulher o procurou para pedir que seu filho não sofresse. Che mandou buscar o jovem e perguntou se era aquele o filho da mulher. Esta, esperançosa, disse sim e Che deu um tiro na testa do jovem, diante da uma mãe atônita. Che então disse: "pronto, ele não sofreu". Não consigo pensar em algo mais asqueroso e desumano. Este é um dos ídolos de esquerdistas brasileiros, que de quebra odiava Gays, mas é adorado por estes por aqui. Leia este artigo e conheça o lado "obscuro" de Che. Voltemos a Fidel...

Fidel Castro, acreditem, não era Comunista quando jovem. Quem gostava disso era Raul, que assumiu o Governo com a saída de Fidel. Ele não achava coerentes as ideias. Uma vez no poder, as coisas mudaram e ele logo percebeu que as teses marxistas serviriam para controlar o povo. Não é possível falar de Fidel sem citar a crise do Mísseis, quando o mundo beirou a Terceira Guera Mundial. E que jogou Cuba no embargo comandado pelos EUA. Mas foi, justamente o Embargo, que salvou a Ilha: tudo o que os Cubanos não tem passou a ser atribuído ao império do mal

Ideal de Governo para os esquerdistas brasileiros, viver em Cuba é sofrido. E coisas básicas nossas por lá não existem ou não concedidos ao cubanos terem/usufruírem, como relata com muito propriedade este texto, do Site ILISP. Isso sem falar que muitos preferem deixar tudo para trás e arriscar o pescoço na travessia do Golfo do México para chegarem à Miami. Algo sem sentido, não é mesmo? Uma vez que, segundo os esquerdopatas brasileiros, tais cubanos vivem no paraíso? Porque sairiam do paraíso em terra para morarem no inferno ( no caso, nos EUA )? Claro que a resposta é mais do que óbvia... Duvidam? Vejam estas duas postagens da ex-atleta de Vólei Ana Paula:


Pois é, se uma multicampeã trocaria TODAS as glórias esportivas por liberdade, quem sou eu para criticar... mas tem mais, em 2007 durante o Panamericano dois pugilistas de Cuba ( Erislandy Lara e Guillermo Rigondeaux ) desertaram, com a intenção de ficarem por aqui e seguirem carreira profissional. O que fez o Governo do PT? Caçou os dois, prendeu-os e devolveu-os para o Governo Cubano, como um mimo para Fidel. Posteriormente eles conseguiram fugir do "paraíso".

Esta é a Ilha que Fidel deixou para seus conterrâneos. Esse é o legado dele. Agora que ele se foi, a Ilha fica dividida entre festa e lamento. Os dissidentes em Miami, claro, fizeram festa. Este escriba aqui diz que o mundo nunca precisou de figuras como Fidel Castro e, portanto, o mundo agora está muito melhor sem ele. Seu legado carrega o sangue de todos os cubanos executados pelo regime e dos que morreram na travessia fugindo do inferno que viver em Cuba. Ao contrário do que muitos dizem, mas eu nem ligo para o que a maioria pensa, como todos meus leitores já sabem a muito tempo... por fim, deixo um resumo nada leve do que foi Fidel:

sexta-feira, novembro 25

Geddell sai do Governo, mas o abalo já foi feito

Temer e Geddell: muita coisa poderia ter sido evitada...
Existe um ditado sobre honestidade que gosto muito: "à mulher de César, não basta ser honesta. Precisa parecer honesta!!!". Numa referência a mulher do Imperador Romano Júlio César, que mesmo que fosse honesta tinha hábitos, costumes e ações de quem não era. Nada pode se aplicar melhor do que a - até aqui - maior crise do Governo de Michel Temer.

O Ministro da Articulação Política Geddell Vieira de Lima, agora ex-Ministro, foi até o colega da Cultura Marcelo Calero para que este intervisse junto ao Iphan em favor de um empreendimento imobiliário na capital Baiana, Salvador. O Iphan tinha embargado a obra que deveria ter 25 andares, limitando-a de acordo com o que manda a lei, no caso 13 andares. E isso foi o estopim de uma crise que deu e vai seguir dando o que falar. Calero pediu demissão, saiu atirando e o clima azedou

Michel Temer poderia ter resolvido o problema com a simples demissão de Geddell, mas como medo de perder apoios - além de passar um perigoso recado aos aliados - resolveu bancar a permanência. Foi quando Calero disse que tinha falado o próprio Presidente sobre o caso e, segundo o ex-Ministro - foi pressionado a "ajudar" Vieira Lima. A Presidência admitiu as conversas, mas negou ter pressionado. Disse que falou para Calero levar o caso até a AGU - Advocacia Geral da União. Em depoimento, Calero reafirmou a pressão e ainda deu a entender que teria gravado as conversasDiante de um iminente desmentido vexaminoso, Temer sugeriu que Geddell pedisse demissão. O que foi feito hoje pela manhã. O que prontamente foi aceito pelo Governo. Mas o estrago já estava feito e, claro, a oposição caiu em cima, acusando que a demissão visa tirar o foco de Temer, como fez o Senador Humberto Costa ( PT-PE ).

Tudo isso teria sido evitado se todos os envolvidos, sobretudo Geddell, tivessem seguido o ditado que iniciou este texto... e todos seguiriam "parecendo" honestos. Mesmo que não fossem...

quinta-feira, novembro 24

A imoralidade não tem mesmo limites na Câmara dos Deputados



Todos os leitores do Blog devem saber que o Ministério Público Federal fez uma campanha nacional em torno de 10 medidas que julgam necessárias para - ao menos - diminuir a corrupção. São todas boas medidas, praticamente nenhum nova mas sim alterações de mecanismos já existentes. Coisas que recebeu muito mais elogios do que críticas. Até chegar no Congresso, é claro.

Estão tentando de todos os modos possíveis e imagináveis deixa o projeto praticamente sem eficácia alguma. Ainda mais quando finalmente a Odebrecht está fechando o Acordo de Delação Premiada e um de Leniência. Ontem o texto com pequenas alterações foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça, onde pressionados os Deputados terminaram por ceder e não enterraram o texto, como é a ideia de imensa maioria. Ainda ontem, apareceu destaques ao texto do Relator Onyx Lorenzoni ( DEM-RS ), com a facada cruel no projeto: anistiando todos os crimes cometidos de Caixa 2 até a aprovação da Lei.

Todos que entendem um pouco de Direito sabem que nenhuma lei retroage para senão para beneficiar o infrator. É um pilar básico do Direito Universal pelo qual não pode-se punir ninguém sem lei vigente que preveja pena na época do ocorrido. Até aqui, ok. O problema é que TODOS os que já foram condenados por esse crime ( que vem sendo feito com base em outras leis e artigos ) ficariam sem efeito, ou seja, todos sairiam livres, leves e soltos. A lei pode ser aprovada sem colocar tal expediente de Anistia, mas para isso a opinião pública seria fundamental, mas...

Os espertos deputados, com medo de serem eles próprios condenados por causa da Operação Lava Jato, resolveram votar hoje pela manhã que a Sessão em que isso será decidido será - pasmem - SECRETA. Isso mesmo, ninguém saberá como votou cada deputado. Dessas maneira eles ficaram livres de pressão popular, porque poderão dizer "não, eu votei contra" e não poderemos chamá-lo de mentiroso. Essa decisão dos partidos ( são os que aparecem "NÃO" ao lado no nome nas imagens que ilustram este post ) é asquerosa e que demonstra que eles nem ligam para o que povo pensa.

Enquanto eu escrevia, o Juiz Sérgio Moro emitiu nota criticando a vergonhosa ação e trago ela para vocês:


Pressão. Essa é a tática para cima desse bando de safados sem vergonha. Vamos as redes sociais, usemos o WhatsApp e pressionemos nossos representantes. Não podemos ficar calados diante deste descalabro.

Lá vem bomba: Diretores da Odebrecht começam a assinar Delações

Agora é que não sobra ninguém mesmo de pé...
Se o clima político está quente em Brasília, com a questão das medidas propostas pelo Ministério Público Federal e uma tentativa asquerosa de impedi-las, ontem ficou quase na temperatura do sol, quando saiu a notícia de que Diretores da Construtura Odebrecht começaram a assinar os acordos de delação premiadas fechados com a Procuradoria Geral da Republica.

Nestas delações estima-se que - ao menos - 200 parlamentares e ex-parlamentares serão citados. E com uma quantidade dessas, é claro, o clima fica perto da explosão. Não obstante tudo isso, O Presidente do Senado, Renan Calheiros, teve marcada a data de seu primeiro julgamento das incontáveis denúncias que pesam contra ele no Supremo Tribunal Federal: 1º de Dezembro. Se a maioria votar contra ele e nenhum aliado resolver pedir vistas do Processo, neste dia ele virará - enfim - oficialmente um Réu. O que não é pouca coisa, em se tratando do Presidente do Senado.

As coisas caminham para mudança, definitiva, no Brasil. Mesmo que demoradas em muitos casos, vemos claramente uma guinada para uma limpeza. Que os canalhas - de todos os partidos - tentam a todo custo impedir. Mas isso fica para outro post...

terça-feira, novembro 22

Coritiba e Atlético-PR estão fora da 1ª Liga por causa da bajulação com o Flamengo

Dupla do Paraná toma decisão ousada e acertada
O futebol brasileiro padece de um mal que é comum em todos os assuntos de nosso cotidiano: todos querem levar vantagem. Erradamente atribuída ao grande canhotinha de ouro, Gerson de Oliveira Nunes, que é conhecida com a "Lei de Gerson". Segundo tal lei "brasileiro e gosto de levar vantagem em tudo". 

Pois bem, no fim de 2014 diversos Clubes de Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul começaram conversas para ressuscitarem a Copa Sul-Minas. Deram até um nome interessante de Primeira Liga. Seriam 12 clubes e tudo parecia bem encaminhado para uma disputa em 2016. Até que uma briga de Flamengo e Fluminense com a Federação ( sempre elas, inúteis e que atrasam nosso esporte ) Carioca fez com os dois times quisessem entrar na competição. E o que poderia ser uma ótima notícia, que poderia gerar mais receita, virou um problema.

O Flamengo acha, ao lado do Corinthians, que tem o dom divino de ganhar mais do que todos. Que possui a maior torcida ninguém discute, mas isso não pode fazer com que ele ganhe SEMPRE mais que os outros. E isso, mais dia menos dia, iria causar revolta nos times. Em 2011, com o apoio de Andrez Sanches, o Clube dos 13 foi implodido e o Flamengo passou a ganhar a maior cota, superior ao do segundo colocado em mais de 50 milhões. Atualmente essa diferença é de assustadores 60 milhões. Mas para os times que recebem menos a diferença é de 150 milhões. 

A primeira edição saiu do papel com apenas 5 datas e o Fluminense foi o campeão, derrotando o Atlético-PR em partida única. Durante o ano de 2016 a Liga assinou um contrato de 69 milhões com a Globo ( outra que só sabe atrapalhar o futebol ), que previa quatro faixas de distribuição dos recursos, uma só para o Flamengo que - obviamente - receberia mais do que os outros 15 membros da Liga. Isso sem falar que por pressão dos Clubes, a Direção da Liga preferiu não fazer licitação com regras e com isso o Esporte Interativo saiu da disputa. Com essa medida os Clubes, que coisa, aceitaram receber menos para ficar com a Globo e assim conseguirem ( idiotas ) vantagens em outras negociações com a Emissora da Família Marinho. "Santa, Burrice", diria o Robin...

Com isso a dupla Atle-Tiba deixou a Primeira Liga, por não concordarem com isso. Eu louvo a decisão da dupla, porque sem eles a competição perde e, por tabela, Globo e o Flamengo. Também é preciso dizer que a gênese do grupo era ser uma força contra o poder da CBF e assim pressionar por melhorias para os Clubes. E isso foi deixado de lado porque o câncer da Globo entrou no meio e com ela a "proteção" ao Flamengo. Os outros Clubes, por enquanto infelizmente se calaram. Preferem receber menos, mas receber.

Outras deserções ainda são esperadas, como a do Atlético-MG que diz não ter datas para jogar a competição, que de quebra ainda nem foi reconhecida pela CBF. E o que no começo poderia ser um alento para o sofrido futebol brasileiro, virou mais do mesmo. Tudo porque tem time, com o lamentável respaldo de uma emissora, que acha que tem que levar vantagem sobre todos. Mesmo que isso acabe com o futebol brasileiro, como tem acontecido ano após anos.

segunda-feira, novembro 21

Na contramão do Setor, Banco do Brasil vai fazer pesada re-estruturação

Enquanto os grandes bancos se expandem, o BB vai se retrair. Porque?
Durante os anos Lula, e Dilma com menos ênfase, Banco do Brasil e Caixa vivenciariam uma artificial valorização. Eu digo artificial porque, agora, ambos estão vivendo a dura realidade que a política adotada pelos governos do PT impuseram. 

Ambos foram usados para fomentar a economia, forçando uma guerra pelos empréstimos consignados com os grandes bancos privados - Bradesco, Itau e Santander - e para incorporarem alguns dos poucos Bancos Estaduais que ainda existiam, como a Nossa Caixa Nosso Banco ( São Paulo ) ou o BESC ( Santa Catarina ) adquiridos pelo Banco do Brasil e o Panamericano que foi - em situação bem controversa - absorvido pela Caixa. Diversos analistas sinalizaram na época que o melhor era deixar que as grandes bandeiras comprassem estes bancos, mas por uma decisão de Governo os dois bancos fizeram essas aquisições, comprometendo ativos.

A Caixa foi a primeira a ter ventilada mudanças, quando no começo do seu efêmero segundo mandato pensou em Privatizar a Caixa, conforme comprova essa matéria da Agência Reuters Brasil. Devida a péssima repercussão, sobretudo entre os funcionários que vestiram vermelho em defesa do Banco, o plano foi deixado de lado. Embora o Governo Temer ainda pense nessa forma de angariar recursos.

Com o Banco do Brasil, contudo, o aperto vai mesmo sair do papel. O Conselho de Administração do BB aprovou ontem um Plano para reorganizar a instituição, com um conjunto de medidas todas na linha de cortes de agências e de funcionários. Segundo matéria da Veja, 379 Agências serão transformadas em Posto de Atendimento e 402 serão desativadas. Segundo fontes ligadas ao Governo, em cidades onde apenas o Banco atue as agências não serão fechadas. Além disso será lançado um Plano de Aposentadoria Voluntária, que pretende atingir cerca de 18 mil pessoas, que já possuem condições de aposentadoria. 

Sem falar que essas aposentadorias trarão um impacto imenso ao já combalida Fundo de Pensão dos funcionários. As medidas anunciadas pretendem gerar uma redução de quase 4 bilhões de reais. Isso mostra que a situação é pior do que fora noticiada até agora. E que os responsáveis ficam calados e não dão as caras. Esse é o pior de tudo.

Preciso pontuar que tudo isso seria feito mais cedo ou mais tarde. Apenas está sendo feito agora porque o PT deixou o poder, senão seria postergado pelo máximo de tempo possível. E isso é bom, porque com o Banco do Brasil, e a Caixa também, nosso bolso agradece porque não veremos recursos do Tesouro Nacional serem usados para cobrir rombos causados por má gestão. 

domingo, novembro 20

Rodrigo Maia, a Câmara, a falta de vergonha e o perigo de uma eleição indireta para Presidente

Maia está fazendo de tudo, mesmo, para ser re-eleito
Não sei que o amigo lembra, mas com o Impeachment não temos mais Vice-Presidente, ficando como primeiro substituto de Michel Temer o Presidente da Câmara dos Deputados. Cargo atualmente ocupado por Rodrigo Maia, do Democratas do Estado Rio de Janeiro, tão em evidência atualmente. Ele foi eleito logo após a cassação de Eduardo Cunha ( também do Rio de Janeiro ) para um mandato tampão, que segundo às leis vigentes não permitiria re-eleição. Mas sabem como são as coisas aqui no Brasil, tudo vale mais ou menos dependendo da situação.

Maia está atrás de apoios para conseguir o cargo por mais 2 anos. Poderia ser apenas apego ao cargo como tantos outros ( Guilherme Uchôa mesmo ficará 12 anos a frente da Casa Joaquim Nabuco ), mas tem mais do que isso. Primeiro porque ele permaneceria como, na prática, Vice-Presidente da Republica. Segundo porque um Processo que corre no TSE pode torná-lo peça fundamental em uma eleição que não acontece no Brasil a 31 anos: a escolha indireta do Presidente da Republica.

Tudo acontece porque o PSDB, via seu candidato Aécio Neves, entrou com um pedido de Cassação da Chapa vencedora, no caso Dilma e Temer. Como tudo é demorado, em 31 de Dezembro cai o que mais queria o Senador: assumir ele a Presidência. Nos dois primeiros anos, caso ocorra a cassação dos vencedores, quem assume é o segundo colocado, após tem eleição indireta, feita pelo Congresso. Por isso que Maia quer permanecer como Presidente da Câmara, porque teria muito espaço nesta eventual eleição indireta.

Caso realmente tenhamos uma eleição como a de Tancredo x Maluf em 15 de Janeiro de 1985, qualquer um poderá ser candidato. E quando eu digo qualquer um e qualquer um mesmo desde FHC até mesmo Lula. Basta reunir parlamentares em quantidade mínima para garantir o registro, o que os dois citados conseguiriam facilmente, diga-se de passagem. 

Mas até aqui eu falei de dois pontos citados no título do post. Pois bem, a falta de vergonha é que para conseguir votos Maia está prometendo - atenção - aprovar o perdão para todos os crimes de caixa 2. Isso mesmo, perdão TOTAL. Claro que essa é uma bandeira vergonhosa, mas que angaria muitos votos. E quando pensamos em Câmara e falta de vergonha o limite da baixaria parece nunca ter fim.

Portanto, é bom ficamos com os olhos bem abertos. E fazermos pressão em nossos Deputados ( alô Gonzaga Patriota e Cleuza Pereira ), porque tudo o que o Brasil não precisa neste momento é de mais lama no lamaçal sem fim em que nos metemos recentemente.

Dia da Consciência Negra? E desde quando isso tem cor?

Será que as pessoas sabem que existiram vários Zumbis?
Pode até não parecer, mas tenho descendência negra, praticamente todos temos. Meus filhos tem uma mãe negra e do lado do avô os antecedentes são praticamente todos negros. Digo isso antes de começar o texto para que não reste dúvida sobre o que será dito a partir daqui, de que posso sim fazer isso e de que tenho conhecimento de causa. Adiante...

O dia 20 de Novembro foi instituído em 2003 como sendo o da "consciência negra". A ideia era ter uma outra data na qual os negros pudessem chamar de sua, uma vez que segundo o "movimento partidário negro" não pegava bem ter como heroína uma branca, rica, elitizada e ainda por cima carola. A data, é claro, não foi escolhida a esmo: é a que se acredita em que Zumbi dos Palmares tombou em batalha, no ano de 1695. Inicialmente a data apenas foi colocada no calendário escolar brasileiro, mas em 2011 virou Lei Federal e posteriormente feriado em mais de 1000 cidades e alguns estados. 

Os problemas começam pelo homenageado na data. Poucos sabem que não existiu apenas um Zumbi. Aliás, o nome do líder que morreu a mais de 300 anos nem esse, pois a denominação era dada ao líder do Quilombo. E continuam porque pouco, ou praticamente, nada sabe-se dele. Além disso teria matado envenenado Ganga Zumba - seu Tio e então líder - do Quilombo quando este quis selar uma paz com o Governador de Pernambuco ( à época a região da Serra da Barriga pertencia ao estado ). Não vou aqui contestar essa decisão - se de fato tiver ocorrido - mas matar o tio não me parece uma decisão nobre, certo?

Existem outras tantas questões acerca deste dia e sua comemoração ( o fato de ser feriado é uma delas ), mas quero ater-me a uma, que está dita no título deste post: desde quando consciência tem cor? Não, não tem e jamais terá. O negro comum nem liga para a data. E o que eu chamo de negro comum é o negro que não é militante de partido de esquerda, que não fica atacando os outros e que busca resolver, ele mesmo, seus problemas. Temos problemas no Brasil? Claro que sim, mas o temos para todos: negros, brancos, índios, mulatos, morenos... não apenas para negros. Por isso é que o militantes de esquerda dizem que o negro que não se integra ao movimento é um negro de alma branca, porque segundo estes se dobraria ao sistema. 

Podemos ir além e lembrar que segundo alguns escritores, Zumbi teria escravos!!! Ou que ao ter uma data criada para desconstruir o 13 de Maio não ensinamos a história como ela de fato aconteceu e sim como querer os "negros militantes". E posso falar isso tranquilamente, porque sou formado em História e sei bem do que falo. E o que dizer da questão das cotas? Ou ainda de que mesmo nos partidos de esquerda inexistem negros em cargos de comando? 

Para tentar ilustrar, e defender, meu ponto de vista, deixo esta soberba e espetacular resposta dada por Morgan Freeman - negro - ao jornalista Mike Wallace da CBS - branco e judeu - onde fica clara a inutilidade da data de deste domingo:


E é claro, que entre Freeman e o que pensam os esquerdistas brasileiros, eu nem preciso dizer de que lado eu fico, certo? Seria o ótimo Morgan Freeman também um negro de alma branca?

quinta-feira, novembro 17

Confederação de Basquete divulga Carta da FIBA e tudo é pior do que parecia

Carlos Nunes, se tivesse vergonho na cara, teria renunciado...
Falei na terça sobre o caos no basquete nacional. Eu, que joguei basquete e acompanho mais de perto, fiquei perplexo com a suspensão da CBB pela FIBA. O caos está instalado na Entidade desde muito tempo, começou no fim dos anos 80, justamente a época de ouro do time de Oscar Schmidt e cia. Sucesso esse que escondeu até 96 os erros graves erros das gestões. Com Grego, que ficou mais de 10 anos no poder tudo só degringolou. Carlos Nunes, que convém citar que era Secretário Geral de Grego, nada melhorou.

Ontem a CBB divulgou a Carta enviada pela FIBA, comunicando os motivos da suspensão da Confederação de todas as competições e o que precisa ser feito para a suspensão da sanção. Fábio Balassiano, do excelente Bala na Cesta, listou todos os pontos e - ainda mais perplexo - mal conseguiu acreditar no que teve que ler. Trago para vocês as impressões ( ou decepções ) de Fábio.


A CBB teve um raro momento de transparência ontem à noite. Não pela sua Nota Oficial informando que fará uma coletiva apenas na segunda-feira na sede do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), mas porque inacreditavelmente divulgou a carta que foi enviada pela Federação Internacional para mostrar os motivos pelos quais a entidade máxima do basquete brasileiro estaria sendo suspensa pela FIBA.

Se a entidade presidida por Carlos Nunes quis se expor ao ridículo é possível dizer que ela, sim, conseguiu. São tantas as razões elencadas pela carta da FIBA assinada pelo Secretário-Geral Patrick Baumann (novos empréstimos, dívidas crescentes, não ida a campeonatos, cancelamento da Etapa do 3×3 etc.) que a gente se pergunta mesmo as razões pelas quais a CBB não foi suspensa antes pela Federação Internacional. Para quem acompanha este blog, nenhuma surpresa, mas vamos aos principais pontos divulgados pela Confederação:

1) A FIBA informa logo no primeiro parágrafo que vem pedindo a criação de uma força-tarefa na CBB desde 2 de setembro de 2014 devido a problemas claros de gestão. A Confederação Brasileira informa que a suspensão foi ''surpresa''. Já são dois anos da Federação Internacional pedindo mudanças que não vêm. E a Confederação Brasileira afirma que foi surpreendida. Sério?

2) No terceiro parágrafo a FIBA diz que ''a CBB tem sido incapaz de controlar o basquete do Brasil ou de manter controle total de governança no país''. Ainda afirma que, apesar de não organizar nenhuma Liga no país, a Liga Nacional de Basquete está diretamente ligada aos times nacionais, pagando as passagens dos times de seleções nacionais e colocando um time completo (Pinheiros) para jogar com a camisa da equipe nacional (algo que este blog já falou há tempos). Que saia-justa, hein…

3) Em seguida a FIBA diz que ''a CBB falhou em participar de atividades e competições desde o final dos Jogos Olímpicos'' e crava: ''A não participação no Mundial 3×3 implica na suspensão automática das seleções do país em torneios desta natureza por um ano''. Outro ponto mencionado como grave foi a não realização da etapa do 3×3 no Rio de Janeiro, cancelada às vésperas de acontecer. O órgão máximo do basquete mundial se irrita profundamente com a ausência do Brasil nos Sul-Americanos Sub-15, o cancelamento dos Brasileiros de Base (TODOS de 2016) e por não ter havido nenhuma atividade da Escola Nacional de Técnicos desde 2014. Uma surra.

4) Aqui há algo que me chama atenção. No parágrafo seguinte a FIBA expõe que em 11 de abril de 2016 ''concedeu OUTRO empréstimo para a CBB e um período de carência para pagar todas as dívidas que a entidade tem com a FIBA. Considerando todas as repetidas falhas no acerto de contas com a FIBA, a FIBA se reserva ao direito de, conforme escrito em seu Estatuto, de exercer os seus direitos''. Logo em seguida a Federação Internacional cita o péssimo momento financeiro da Confederação Brasileira, afirmando que as dívidas têm crescido, que o prazo final para pagamento era 31 de julho (algo que, claro, não foi cumprido) e que a entidade de Carlos Nunes tem sido pouco capaz de pagar aos seus credores. Só lembrando: quem divulgou essa carta foi a Confederação Brasileira.

5) Por fim, a FIBA clama que, ''apesar da negativa situação esportiva, financeira, institucional e de governança, a CBB está planejando as próximas eleições sem nenhuma reforma ou reestruturação, o que tendo em vista as circunstâncias seria importante''. Ou seja: exige mudanças estruturais que a Confederação Brasileira NUNCA quis fazer. E, repito, a CBB divulgou a carta.

6) Na última linha, a FIBA pede a CBB colabore com a FIBA, montando uma equipe de trabalho (a tal força-tarefa) para o basquete brasileiro. Em breve Federação Internacional entrará em contato com a Confederação propondo os próximos passos para que a entidade máxima do basquete brasileiro saia do buraco surreal em que se encontra.

A FIBA foi, na verdade, benevolente com o basquete brasileiro, não suspendendo o esporte há muito tempo (como este blog vem demonstrando aliás). Desde 2014 a relação entre as duas esferas, presididas por Carlos Nunes e por Horacio Muratore, é tensa, recheada de problemas financeiros (a questão do convite do Mundial de 2014 é o ''auge'' disso tudo) e com queixas imensas da Federação Internacional à Confederação Brasileira.

Fico me perguntando sinceramente por que diabos a CBB divulgou isso ontem. É um atestado de incompetência de tamanho mundial que eu ainda estou embasbacado. Se queria que o mundo inteiro ficasse com vergonha do (péssimo) trabalho da entidade máxima do esporte no Brasil, a Confederação de Carlos Nunes conseguiu. Não é que a CBB faliu. A CBB se suicidou na frente da opinião pública. É muito surrealismo pra mim, vocês vão me desculpar.

Após prender 2 ex-Governadores do Rio de Janeiro, a PF está perto de pedir música no Fantástico

Cabral foi presos hoje. Pezão, será o próximo?

Garotinho preso ontem, fez cara de surpreso... que coisa, não?
O Brasil está mesmo mudando. Antigamente para podermos falar da prisão de 2 ex-Governadores seria necessário fazer uma retrospectiva de um ano, muitas vezes de mais tempo. Pois com o advento da Operação Lava Jato o Estado do Rio de Janeiro - que vive uma situação deplorável em suas contas públicas - de ontem para hoje tornou possível falarmos sobre as prisões de Anthony Garotinho e Sérgio Cabral Filho em dias consecutivos. E ambos filiados ao mesmo partido, o PMDB. Sinal, mais do que evidente, de que realmente existe uma mudança em curso neste país. E de que o combate à corrupção não é apenas contra um único partido como apregoam os integrantes do PT.

É preciso pontuar que Garotinho não foi preso por causa da Operação Lava Jato e seus intermináveis desdobramentos. O caso dele é porque, segundo a Polícia Federal, estaria usando o Cheque Cidadão para compra de votos na Eleição 2016. O Programa era um dos carros chefe de Garotinho quando governou o Estado e replicado em Campos, cidade Governada pela esposa Rosinha ( e onde o ex-Governador era Secretário de Governo ). O Cheque Cidadão distribui 200 reais para pessoas de baixa renda. O golpe, segundo a PF e Ministério Público Estadual, ele oferecia colocar pessoas no programa em troca de votos. Segundo as investigações em apenas 2 meses o beneficiários passaram de 12mil para 30mil. Garotinho, é óbvio, nega as acusações.

O caso de Sérgio Cabral é diretamente ligado à Operação Lava Jato: segundo as investigação ele teria participado de uma cartelização das obras no estado. Ele receberia 500mil mensais das construtoras na forma de propina. A PF denominou a Operação de Calicute, uma clara referência ao nome do ex-Governador e ao Porto que fica Índia considerado um dos mais inóspitos da época das grandes navegações. Cabral governou o Estado entre 2006 e 2014 e elegeu seu Vice, Luiz Fernando Pezão. Na época parecia uma dos melhores Governadores de todos os tempos, não só do Rio inclusive, e agora vemos que o quão danosa foi sua gestão. Terminando com sua prisão, depois de diversos fatos pitorescos e até mesmo vergonhosos: como  o anel de 800mil reais que Fernando Cavendish para para a mulher de Cabral ou de quando os dois deixaram o país perplexo com fotos nos mais caros Restaurantes de Paris.

Adiciono a estas duas prisões o papel crucial na crise vivida pela população do Estado, os nomes dos ex-presidente Lula e Dilma. O primeiro por ter sido fiador das eleições de Cabral e a segunda por ter mexido - e muito mal - na distribuição dos Royalties do Petróleo. Ambos viviam dizendo as quatro cantos que o Estado era exemplo para o Brasil e de que eles, Lula e Dilma, eram co-participantes do sucesso pelo qual - supostamente - passava o Rio de Janeiro, não só o Estado, mas também a Capital, que também não está nada bem das pernas. Além disso, convém citar os pesados gastos da Copa e da Olimpíada chegaram pra valer e ninguém dos que afiançaram tais gastos aparece agora para dar as caras. Infelizmente...

Depois ninguém entende porque a disputa pela Prefeitura do Rio ficou entre dois Marcelos: um horrível, o Crivella, e outro tenebroso, o Freixo. Pobre da Cidade Maravilhosa, que padece desde muito cedo com seus ( péssimos ) Governantes...

quarta-feira, novembro 16

Quanta diferença: Prefeita que fez comentários racistas sobre Michelle Obama renuncia...

Posto esta foto de Michelle só para mostrar que ela é poderosa
Imaginem a seguinte situação: o Brasil tem um Presidente negro e ele, por sua vez, possui uma esposa também negra ( muitos negros costumam casar com brancas ). Ai uma Prefeita de uma pequena cidade do Sul, que só tenha moradores brancos comentar um post de um Vereador da mesma cidade, cujo teor seja: "Será revigorante ter de novo no Palácio da Alvorada uma primeira-dama elegante, bonita e digna. Estou cansada de ver uma macaca de salto alto". O que aconteceria?

Bom, a Prefeita seria processada por injúria racial, mas jamais sairia por vontade própria do cargo. Renderiam várias manchetes televisivas, nos jornais, Facebook e etc, mas pouco provavelmente ela seria presa. Duvida? Sabem da Advogada que desdenhou dos Nordestinos após a vitória de Dilma? Pegou como pena 1 ano e meio, mas não será presa e vai ficar prestando serviços comunitários.

Pois bem, não sei se os amigos ficaram sabendo, mas o caso acima é real e aconteceu nos EUA, onde a postagem nem é crime tipificado em lei, diga-se de passagem. A Prefeita da cidade de Clay no Estado da Virgínia Ocidental, Beverly Whaling comentou no post no perfil de Pamela Ramsey Taylor ( Diretora de Desenvolvimento da Cidade ) dizendo que "Você me fez ganhar o dia, Pam". A cidade tem menos de 500 moradores, nenhum deles negro.

Eis que, com a péssima repercussão, Whaling renunciou ontem ao mandato de Prefeita, afirmando que não tem como prosseguir no cargo, por questões de segurança. Segundo ela, os comentários não tinham intenção de ofender a primeira dama e sim comemorar a vitória de Donald Trump ( a cidade votou majoritariamente no republicano ).

O post original e o comentário foram apagados rapidamente do Facebook, mas não impediu a péssima repercussão do fato. Whaling renuncia porque, por lá, Governantes não permanecem nos cargos quando a opinião pública é contra si, uma questão cultural. Por isso eu fiz a abertura acima, porque aqui no Brasil os políticos não renunciam sob hipotese alguma, salvo quando possuem algum interesse maior por trás. O que povo pensa pouco importa.

Em tempo, eu sou mais Michelle Obama do que qualquer racista.

Brasil vence em Peru por 2x0 e termina ano na liderança das Eliminatórias

Renato Augusto fez o segundo gol do Brasil
Tite já conseguiu um feito histórico, com seis vitórias ele igualou a maior sequência do Brasil na história em Eliminatórias, que pertencia a João Saldanha em 1969. Um feito digno de nota, que com isso coloca o Brasil com 27 pontos e a meu ver classificado para a Copa da Rússia. A vitória de ontem diante dos peruanos mostrou bem como este time é muito diferente daquele de Dunga: soube se adaptar ao adversário, que pressionou e teve chances de sair na frente. Mas com inteligência, o time melhorou e reagiu terminando o primeiro tempo já melhor em campo.

No segundo tempo outra qualidade importante de grandes times apareceu: eficiência. O Brasil criou quatro chances de gols e fez dois e sabe-se lá porque não fez mais. Primeiro com Gabriel Jesus e depois com Renato Augusto. E o Peru nada pode fazer diante da maior qualidade brasileira, que mesmo sem jogar um grande futebol mostrou sua força. Com o resultado lideremos a classificação com 27 pontos, 18 deles conseguido com Tite de Treinador. Caso Dunga tivesse sido mantido eu acho que nem 10 pontos teríamos conseguido e agora o time estaria até fora da Zona de Classificação. Por falar nela, deixo aqui abaixo:


Olhando a Tabela mais detalhadamente vemos que o Brasil tem 9 pontos a frente do 6º colocado ( Colômbia ) e faltam 6 rodadas. As chances de ficarmos de fora é praticamente zero. Outro dado é que a próxima partida em Março é justamente contra o segundo colocado com 23 pontos, ou seja, mesmo que sejamos derrotados ( e o time Charruá não contará com Suarez, suspenso ) ainda seremos líderes. Caso derrotemos os rivais fora de casa, ai abriremos 7 pontos faltando 5 jogos, o que praticamente nos daria a liderança definitiva.

Nas outras posições, eu vejo que a rodada de ontem determinou que Paraguai e Peru não tem mais chances. São 4 vagas diretas e tenho certeza que Brasil e Uruguai estarão na Copa. Assim sendo ficam 2 vagas diretas para Chile, Equador, Argentina e Colômbia brigam por elas, a meu ver, em pé de igualdade. Uma delas ficará fora da Copa e outra ainda vai jogar uma repescagem, provavelmente contra a Nova Zelândia. Enquanto isso o Brasil está nadando de braçada e Tite poderá, depois da partida contra os uruguaios, passar a realizar testes buscando melhorar o já bom time. Pensando, claramente, na Copa. Que está mais do que certa... 

Ah se tivesse sido ele o escolhido no pós 7x1.

terça-feira, novembro 15

CBF tinha como melhorar o Calendário, mas preferiu o caminho fácil de bajular as inúteis Federações

Estádios praticamente vazios: a CBF nem está ai para isso...
O Futebol Brasileiro segue andando pra trás. Mesmo que alguns achem que estamos no caminho certo porque Tite começa a melhorar o time da CBF, isso é apenas a ponta do iceberg. A Casa Bandida do Futebol - CBF - tinha uma chance de melhorar o calendário nacional. Mas sendo fiel a bagunça histórica que reina desde a época em que ainda se chamava CBD ( Desportos e não Futebol ), e tomou a medida mais fácil: ceder a pressão das inúteis Federações Estaduais e com isso espremer ainda mais o Campeonato Brasileiro, que deveria ser o mais importante. Mas não é...

A CBF aumentou o prazo dos estaduais, que ganharam mais duas semanas e com isso o Brasileirão terá 6 meses e meio de duração. Além disso, as Datas FIFA seguirão sendo desrespeitadas, uma vez que tem rodadas um dia depois ou um dia antes do Brasil atuar, prejudicando assim os times nacionais. Outro problema é que daqui a pouco mais de 18 meses teremos uma Copa do Mundo... e, claro, todos saem perdendo com isso. Menos a CBF e as Federações. Já disse aqui uma vez que a CBF odeia o futebol brasileiro desde que siga ganhando milhões com a Seleção, o que mesmo com o 7x1 continua acontecendo. E ainda tem uma pausa de 35 dias entre a primeira e a segunda partidas finais da Copa do Brasil.

Para quem quiser aprofundar-se sobre o assunto, deixo um texto primoroso de Rodrigo Matos. E depois ninguém entende porque nossos clubes não consegue prosperar... E claro, o Presidente da CBF, Marco Polo Del Nero segue contrariando o seu nome, embora honre o sobrenome. E claro:


Legado Olímpico? Basquete brasileiro toma punição da FIBA

Rio 1963, Brasil conquistava o Bi-Campeonato Mundial. 
Conquista que as mulheres levariam 31 anos para conseguir...
Como todos sabem e ainda lembram, tivemos uma Olimpíada no Brasil em Agosto, apenas 3 meses atrás. E o baquete brasileiro passou vergonha entre os homens e mulheres. Nada que lembre as fotos que ilustram esse post. Poderia ser considerado o fundo do poço, mas quando é incompetência nosso Dirigentes são, infelizmente, os melhores do mundo.

A FIBA - Federação Internacional de Basquete - puniu o Brasil de todas as competições internacionais. Ou em outras palavras: nenhuma seleção ou clube do país pode atuar em qualquer local fora do território nacional. Algo terrível e tenebroso. Os motivos parecem surreais: má gestão e falta de pagamentos em compromissos com a FIBA, bem como calote no pagamento do valor do Mundial 2014, que foi renegociado depois para permitir que pudêssemos participar dos Jogos Olímpicos. E até agora não foi pago.

Fábio Balassiano, autor do ótimo Blog Bala na Cesta, é enfático: Aqui jaz, CBB; E agora, quais os próximos passos?. Para quem não acompanha o furdúncio de perto, o Basquete Brasileiro vem sofrendo de más gestões desde o começo dos anos 90. Não a toa os homens ficaram de fora 16 anos dos Jogos e às mulheres desapareceram do cenário mundial desde 2006. Falta de tudo, mas o poder da Entidade seguia a mesma, mudando de Grego para Carlos Nunes, que era Secretário Geral do primeiro. Mas as Federações seguem elegendo eles, porque estes não cobram os débitos delas.

Diante disso o mínimo seria que a CBB falasse algo conetado com a realidade. Mas estamos no Brasil e a Nota Oficial divulgada parece piada, de mal gosto é claro. Dizer-se surpreso com o acontecido é demonstrar não querer sequer entender o problema. Agora os Clubes ficarão de fora das competições e nos Sulamericanos nossas equipes nacionais também não colocará suas equipes por falta de recursos.

Infelizmente não é só na Casa Bandida do Futebol que impera a podridão. E por falar nisso:



domingo, novembro 13

Brasil vai até Lima para terminar o ano praticamente na Copa

Seleção Peruana tem sido um adversário mais difícil do que muitos podem imaginar
Quem acompanha o futebol mais recentemente - coisa de 15 anos - é capaz de rir com o que eu vou postar, mas o Peru já foi uma Seleção de relativa importância no cenário não apernas Sulamericano, mas até mesmo mundial. Esteve nas Copas de 30, 50, 70, 78 e 82 quando tinha mais participações do que Colômbia, Chile e Paraguai por exemplo. Em 1970 só não foram mais longe porque trombaram com o melhor times de todos os tempos e mesmo assim venderam caro a derrota por 4x2 contra os futuros campeões mundiais.

Claro que o vexame de 78 atrapalha, quando sofreram 6x0 para os donos da casa e até hoje pairam dúvidas sobre o que ocorreu no Mundial da Argentina. Em 82 fizeram mera figuração e nunca mais voltaram a uma Copa. Em 1994 foi que passaram mais perto, mas um gol do Paraguai no último minuto impediu que eliminassem a Argentina ( que tomara 5x0 em casa da Colômbia ) e ir para repescagem. 

Tenta agora voltar aos dias de glória, estando em sétimo na classificação atrás exatamente da Argentina. O problema será encarar o melhor time do momento no continente - e talvez até mesmo no mundo. A partida em Lima, portanto, representa muito para os peruanos, que recentemente tem dado muito trabalho para o Brasil: foram 6 vitórias em 10 jogos e 15x5 nos gols, com direito a vexame na Copa América Centenário ( derrota a qual nos fez muito bem, porque Dunga foi chutado de onde jamais deveria ter estado um dia sequer ). Até mesmo contra os argentinos temos números melhores.

Isso significa que o time comandando por Paolo Guerrero, jogador do Flamengo, vai vencer o Brasil na virada da terça para quarta? Não, mas mostra que os peruanos irão vender caro cada gol que o Brasil, por ventura, fizer. Cabe a Tite e seus jogadores tornarem fácil uma partida encardida e se aproveitar do desespero do time de Ricardo Gareca, ex-técnico do Palmeiras.

Com Neymar e Coutinho encontrando a sintonia e com uma defesa forte temos grandes chances de vencer e terminar o ano na liderança da classificação e praticamente classificada para a Copa. É o mais provável, mas com certeza não será fácil. Disso eu tenho certeza...