Patrocínio

Patrocínio

quarta-feira, setembro 30

9 meses: Dilma, popularidade baixa, gasolina subindo e trocas de Ministros...

Gasolina subindo, mais impostos...
9 meses. É o tempo de gestação de uma vida. Durante este período a mulher vivencia diversas mudanças em seu corpo e na sua personalidade. Quem já foi pai sabe bem o que é isso. Mas a gratificação de ter seu filho em seus braços ao fim dos 9 meses é imensurável... Só que é quem pai para saber o quão feliz fica-se neste momento ( também porque a mulher não mais está grávida!!! ).

9 meses. Este é o tempo que tem o Segundo Governo Dilma. Neste período ( antes aliás, para ser bem verdadeiro ) vimos, perplexos, a Presidente desdizer tudo o que dissera durante maior parte do seu primeiro Governo ( este já bem ruim, diga-se de passagem ). Vimos uma Presidente que parecia firme e forte ficar refém de suas próprias - e péssimas - escolhas. Vimos ela cortar recursos da Saúde, Educação, Pronatec... Presenciamos ela jogar fora todo o discurso da campanha e, abismados, a vimos até mesmo mandar um Orçamento com mais despesas do que receitas.

9 meses. Neste período, assim como numa gravidez, Dilma caiu de uma popularidade boa/ótima ( na casa dos 40% ) para o desastre de ficar abaixo de 10%. Hoje, segundo o IPOBE, ela tem apenas 10% de pessoas a seu favor no Governo enquanto que 69% das pessoas a reprovavam, maior marca em 27 anos. Um feito e tanto. Ela está desde maio neste patamar sem melhorar nada em sua avaliação.

9 meses. E Dilma, assim como numa gestação, vai ter que refazer seu Ministério, mas ela assumiu em Janeiro!!! Pois é, toda mudança gera ruptura, mas a que Dilma vai fazer não é para melhorar a qualidade dos Assessores e sim para tentar salvar sua pele em um possível processo de Impeachment e vai terminar por piorar o que já estava ruim. Ela tem trocentos interlocutores com o Congresso e não consegue aprovar nada. Imagina se iria conseguir salvar-se caso sofra um processo de impedimento? Além disso, ela não fez o óbvio que era reduzir o número de Ministros ( atualmente em 39 ). Agora vai entregar 7 pastas ao PMDB para ver se, ao menos, consegue sobreviver até 2018. Talvez até consiga, mas isso será tenebroso para o Brasil, é claro.

9 meses. E a Gasolina vai subir pela segunda vez. Hoje a mesma está mais cara para as Distribuidoras e, logicamente, as mesmas irão repassar isso para o preço das bombas. Com aumento de combustíveis ( forçado pelas perdas assombrosas da Petrobrás e pela alta - igualmente assustadora - do dólar ). Acontece que quando a moeda caiu para menos de 2 reais a Gasolina não caiu... Além disso, deveremos ter outro aumento de Energia Elétrica, outro feito notável de Dilma, que é quem manda no Setor desde 2003. Sem falar que seguimos pagando a bandeira vermelha.

9 meses. É período que finda agora. E Dilma pariu a pior crise possível. Isso após ter sido re-eleita em Outubro passado com o discurso de que o Brasil viveria um novo tempo. Em termos, ela até estava certa, mas o "novo tempo" é de extrema dificuldade. E ela segue impassível sem saber o que fazer... Porque se soubesse, meus caros, não estaria eu aqui a postar isso, não é mesmo?

terça-feira, setembro 29

Salgueiro, com Sérgio China, pediu para ser Rebaixado...

A foto, o placar comprova isso, um dos poucos bons momentos de Sérgio China na temporada...
11 partidas, apenas 1 vitória, 4 empates e 6 derrotas. Esse é o desempenho final do Carcará do Sertão na Série C, onde o time teve aproveitamento inferior ao do Águia de Marabá, o time imediatamente atrás do Salgueiro. E poderia ser pior, porque o empatamos as duas partidas contra o time do Pará... fossem duas derrotas e seríamos nós a lamentarmos o rebaixamento...

Ontem na Asa Branca AM cobrei que Sérgio China tivesse ombridade e pedisse demissão. O seu desempenho depois da Copa América é patético ( foram 11 pontos em 10 partidas ), após um excelente começo - oito pontos em 4 partidas. Enquanto rivais melhoraram e arrancaram para o mata-mata que vale vaga na Série B, o Salgueiro de Sérgio China ficou empacado. Fez 12 pontos ( ou seja, 4 após a Copa América ) no primeiro e apenas 7 no segundo.

A campanha, horrorosa, é muito similar a de 2012, quando o time com Neco também terminou rebaixado. Naquele ano o time também conseguira o seu melhor resultado na história ( terceiro lugar ) no Pernambucano e manteve o Técnico daquela campanha, no caso Neco. Assim como em 2012 o time fez um segundo turno tenebroso e foi rebaixado atuando no Salgueirão, numa partida que teve até apagão ( sem o do campo, num time apático e sem qualquer qualidade ) e empatou em 2x2, sem jamais estar na frente do placar. Aquele time fez 20 pontos ( um a mais do que agora ), mas caiu porque vários times estavam próximos. Agora, para nossa sorte, os times de baixo foram bem ruins. A sorte que nos faltou em 2012 ( o Santa Cruz perdeu para o Águia em Marabá e, além de nos rebaixar, perdendo ele próprio a Classificação ).

Agora Sérgio China deveria, tomar simancol, é pedir para sair. Porque o seu trabalho foi desastroso e quase nos levava a mais um rebaixamento. E antes que ele consiga realizar o que os outros impediram que ele conseguisse...

sexta-feira, setembro 25

Mudar o PT ou Mudar do PT



Alessandro Molon, o deputado federal mais votado do PT no Rio de Janeiro, passou para a Rede, de Marina.

Ele foi um dos autores do manifesto “Mudar o PT para continuar mudando o Brasil”, que pedia a expulsão do partido dos filiados condenados pela Lava Jato.

José Dirceu, condenado pela Lava Jato, continua no PT. João Vaccari Neto, condenado pela Lava Jato, continua no PT. Só Alessandro Molon está fora do partido.

Ninguém muda o PT. No máximo, muda-se do PT.

Do Site "O Antagonista".

É, ao que parece o PT está mesmo em fase de implosão. E isso, acreditem, é bom para o Brasil.

terça-feira, setembro 22

Charge do Dia: Qual o preço do dólar Lula?

um feito e tanto do Petismo...
13 anos atrás quando o Mercado não sabia o que esperar do Governo Lula ( era certa sua eleição ) o dólar disparou e chegou a sua máxima cotação na história do Plano Real. Uma vez no Governo, Lula resolveu - acertadamente - jogar no lixo todas as bravatas históricas do PT e fazer o Governo possível, ou seja, sem arroubos. Em suma, manteve o que recebera e - em alguns poucos pontos, melhorou a obra de FHC. E o preço da moeda americana caiu, tendo chegado, em dado momento, a ficar abaixo de R$ 1,50. 

Era a época de ouro das commodities ( produtos negociados em bolsa e com preços regulados pelo mercado tais como Soja, Aço, Laranja... ), com preço em alta. Sendo assim, e como o Brasil exporta tais produtos, a Balança Comercial ficou sempre forte superávit, minimizando os erros cometidos na economia. E permitiu ao Governo aumentar, consideravelmente, suas reservas cambiais. Foi assim - e não por algum feito espetacular do PT - que o Brasil teve forças para superar a crise de 2008 sem precisar recorrer ao FMI. Aliás, o Governo emitiu títulos nacionais na ordem R$ 500 bilhões para poder superar aquela crise. 

Agora o cenário é outro: o preço das commodities vem caindo desde 2011 e a exportações perderam folego. Sendo assim a economia parou e não fossem os incentivos dados desde 2011, o Brasil estaria a 4 anos em recessão. E agora o dólar disparou e hoje chegou a operar acima de R$ 4 reais pela primeira vez na história. Se em 2002 o Mercado ficou com medo porque não sabia o que esperar do PT, agora o alvoroço é justamente por conhecer bem o PT.

E o dólar, acreditem, tende a subir mais ainda, porque o Governo não sabe o que fazer na Economia. E a recessão será ampliada graças a incompetência do PT. Representada pelo seu líder na imagem com o preço do dólar. E ainda deixou outra imagem que virou febras nas redes sociais que nem precisa de legenda...


segunda-feira, setembro 21

Você acha que as Federações não atrapalham o Futebol Brasileiro? Leiam este texto e mude de ideia

Flamengo perdeu o jogo e teve muita grana descontada...
Sou, a muito tempo, contra a existência das Federações Estaduais. Elas servem, na prática, para atrasar o desenvolvimento do futebol brasileiro e perpetuam estruturas falidas, com dirigentes praticamente eternos. Mas se fosse só isso, talvez ainda pudêssemos aturá-las. Mas tem mais, muito mais...

Para manter o poder, a CBF precisa atender às vontades dos Presidentes de 27 Federações... como resultado temos que os deficitários, inúteis e dispensáveis Campeonatos Estaduais ocupem 19 datas do calendário, obrigando que times das Séries A e B tenham que jogar - ao menos - 55 partidas por ano ( 38 destas duas divisões brasileiras e mais 15 dos Estaduais ). Se o time jogar a Libertadores e for longe na Copa do Brasil, o cenário é aquele que todos já sabemos. Enquanto que na Espanha, Itália, Inglaterra, França, Alemanha e cia apenas 3 ou 4 times jogam mais de 60 vezes no ano, aqui no Brasil quase todos os times das duas principais divisões atingem ( ou quase ) essa marca. Depois alguns ainda ficam sem entender porque jogadores se machucam mais do que na Europa...

Mas, contudo, fosse apenas isso seria fácil de resolver. Quinta-Feira passada o Flamengo foi jogar em Brasília contra o Coritiba, para conseguir aumentar suas receitas, uma vez que o Consórcio Maracanã cobra caro demais em suas taxas. Parece incrível que saia mais barato viajar para jogar na capital federal do que atuar na sua cidade. Mas é a realidade. Contudo, mesmo atuando em Brasília a Federação do Rio de Janeiro cobrou sua Taxa de 10%, sim isso mesmo: 10% da renda. Mas tem mais: eis que a Federação do Distrito Federal também cobrou sua Taxa, afinal o jogo foi no Distrito Federal. Mas ai surge a primeira aberração: como pagar Taxa para duas Federações? Se o jogo fosse no Rio de Janeiro, tudo bem a FERJ cobrar, mas em Brasília?

Resultado? De uma renda de quase R$ 4 milhões, o Flamengo ficou com apenas R$ 1,230 milhões. Inúmeras são as Taxas, algumas com sentido outras não. O próprio Flamengo acaba ajudando, pois mais de R$ 200 mil foram penhorados por causa de ações trabalhistas. Em suma: um terço do valor desaparece. 

A FERJ recebe quase R$ 400 mil numa partida assim. Imaginemos que tenhamos, ao menos, 10 partidas assim por ano, seriam espantosos R$ 4 milhões de reais. Isso sem falar em partidas menores... só com times grandes ( Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo ), temos - ao menos - 100 partidas deles como mandantes. Façam as contas...

Este dinheiro seria muito melhor usado pelo Clube, é claro. Agora pergunte se existe uma Federação Londrina para "roubar" dinheiro de Chelsea, Arsenal e cia... claro que não. Abaixo eu deixo a lista de todas as despesas da partida. Em tempo: este foi o 5.º no Estádio Nacional Manoel Garrincha este ano.  
  • Receita R$ 3.995.500
  • Taxa FERJ R$ 383.247
  • INSS 5% Decreto 832 R$ 188.775
  • Arbitragem (taxa de arbitragem, seguro, reembolso passagem) R$ 10.219,76
  • Despesa operacional (com INSS) R$ 24.000
  • Delegado (com INSS) R$ 2.760
  • Controle de Doping R$ 4.920
  • Seguro público presente R$ 3.350,55
  • Taxa de ocupação do estádio R$ 268.273,25
  • Material de expediente R$ 20
  • Taxa Federação Brasiliense de Futebol R$ 191.623
  • Credenciamento R$ 3.675
  • Ingressos promocionais R$ 163.025
  • Supervisor de protocolo CBF R$ 1.000
  • Despesa do Flamengo R$ 6.000
  • Operação do jogo R$ 1.286.274
  • Retenções (INSS e IRRF arbitragem, operacional) R$ 2.108,31
  • Total de despesas R$ 2.548.165,00
  • Penhora R$ 217.100,25
  • Resultado Final para o Flamengo R$ 1.230.234,75

segunda-feira, setembro 14

E a crise só se agrava com um Governo que nao sabe o que fazer...

O quadro segue sendo complicado e sem perspectivas a curto e médio prazo...
Quem costuma ler minhas postagem não está nem um pouco surpreso com o quadro atual. Eu o antevi a mais de um ano. Era até fácil fazer isso, como foi o caso da Economista do Santander, que acabou sendo demitida a pedido do PT e de Lula. Por dizer, que coisa, a verdade...

Os sinais estavam claros para quem quisesse ouvir. Tanto é verdade que Aécio Neves e Marina Silva ( assim como seu Assessores de Economia ) previram o quadro atual com uma clareza que agora parece até, para os "inteligentes" eleitores do PT, óbvia. Mas Dilma e o PT acharam por bem chamar todos de pessimistas ( lembram do Pessimildo? ). Dilma decidiu desancar seus concorrentes e vender um Brasil, que aquele momento, nem em sonhos existia mais. Estelionato Eleitoral claro. Existisse Procon para Eleições e Dilma já teria sido presa... Adiante.

O quadro acima foi elaborada pela empresa Crédito e Mercado que pertence a amigos que fiz no tempo em que eu tentava melhorar os rendimentos do Funpressal, mas era limado nessa tarefa. A empresa fez esse quadro baseado no Boletim Focus, que é divulgado pelo Banco Central, toda segunda-feira. Nele fica evidente que tudo o que poderia ir mal na economia vai mal e seguirá indo mal. Olhemos inicialmente os dados do IPCA, que mede a inflação: existe uma previsão de queda para este ano, mas o do ano que vem já está em alta, o que sugere que a deterioração do quadro econômico. Só isso já seria terrível, pois inflação é ruim. Mas tem mais...

O PIB vai retroceder no ano que vem, caso estejam certos os analistas. E isso é terrível, pois iremos para 3 anos sem crescimento já que 2014 o PIB ficou em quase zero. E os outros eram pessimistas... acho que o correto é falar que eram Otimistas, pois nem mesmo eles conseguiram achar que o buraco da incompetência do Petismo era tao grande...

E como resolver? Bom, antes de mais nada o Governo do PT deveria fazer o mais óbvio: cortar despesas porque simplesmente não tem recursos. Acontece que o PT sabe que precisa recuperar popularidade o mais rápido possível e cortar programas sociais que, em tese, ajudam as pessoas vai na contramão disso. O problema é que a outra saída é pior ainda: aumentar impostos. E é pior porque TODOS saem perdendo e ainda provoca mais inflaçao e mais recessao. Sendo assim, o Governo tende a fazer a segunda opçao, pois pode ser que produza efeitos mais rapidamente, embora a primeira produziria efeitos mais duradouros.

Acontece que a Crise bate na porta desde 2013 e o Governo nada fez. Ou melhor fez, mas o contrário do que deveria ter sido feito. E assim Dilma ferrou 3 anos de crescimento para conseguir mais 4 anos de mandato... para nao saber o que fazer com eles... E a crise só piora. E, acreditem, vai piorar ainda mais...

sexta-feira, setembro 11

Charge do Dia: Dilma pedindo socorro...

muito bem bolada a charge...
É amigo leitor, a casa está caindo no mundo maravilhoso do PT. Dia após dia assistimos ao desenrolar ( quase sem fim ) do Estelionato Eleitoral ao qual fomos submetidos pela Presidente Dilma Rousseff e o PT. Notícias ruins, tristes, até mesmo assombrosas aparecem todo dia. Parece até um filme de terror ao melhor estilo de Hitchcock, o rei do estilo. Mas na verdade, até para não o ofender o genio do cinema com comparação tao esdruxula, prefiro então citar uma música famosa, da qual eu adora e que retrata - no seu refrão - muito bem o Brasil atual:


Vá lá que também seja ofender Joao Gilberto ( quem escreveu ) e Moraes Moreira que canta, mas o refrao é perfeito para o Brasil do PT. 

segunda-feira, setembro 7

Salgueiro empata mais uma vez em casa e dá adeus a Série B

Carcará está 6 pontos atrás do G-4, faltando apenas 9 pontos pra disputar...
O Salgueiro agonizava na UTI até a ontem, mas agora está no Necrotério. O empate em casa contra o Cuiabá foi a pá de cal nas chances de classificação do time. A equipe soma 19 pontos ( sendo apenas 8 deles conseguidos dentro do Salgueirão em 8 partidas ) e está 6 pontos atrás do G4, grupo dos times que seguirão sonhando com a Série B em 2016.

Resumindo: precisa vencer as 3 partidas restantes ( Asa e Vila Nova fora e o Confiança no Salgueirão ) para chegar aos 28 pontos e mesmo assim terá que torcer que Asa e América-RN nao vençam mais nenhuma partida. Além disso, terá que melhorar seu saldo de gols neste período. Mas sejamos francos: quem consegue acreditar que um time que tem apenas uma vitória em casa ( e uma no segundo turno em seis partidas ) vá conseguir vencer 3 partidas em 3? Na boa, beira a loucura acreditar nisso...

A realidade é que o time perdeu a classificação em casa ( 1 vitória e cinco empates, além de 2 derrotas ). É de longe a pior campanha da história do time como mandante, em qualquer competição que seja. E se não fossem os salvadores 11 pontos conquistados fora de casa, seria pior, muito pior... O time é o que mais empatou ( 7 partidas ) e só os 3 primeiros colocados perderam menos do que o Carcará...

Além disso, depois que o time trouxe o atacante Fagner ( que inexplicavelmente foi titular ontem ), o time caiu na tabela. Agora é o sétimo e deve agradecer que este ano dois times tenham destoado do resto: Águia de Marabá e Icasa. Aliás o time perdeu assombrosos 6 pontos para estas equipes ( 3 empates ). Curiosamente, os mesmos seis pontos que o time está distante do G4...

Série B, como eu disse em outro texto, só em 2017.

quinta-feira, setembro 3

Se com Joaquim Levy está ruim pior será se ele sair...

Ministro, acreditem, é que tem evitado que a crise seja ainda pior...
Apaguem tudo o que Dilma disse até ser re-eleita. Ali o Brasil vivia o auge da maquiagem dos dados oficiais e do aumento estratosférico da Dívida Interna ( voltarei ao tema ainda essa semana ). Guido Mantega ferrou as bases da Economia para que a Presidente pudesse conquistar mais 4 anos de mandato. Alguns podem então se perguntar, com razão: como ele foi demitido se fez tao bem o seu trabalho como dizia Dilma? Simples: manter ele no poder não daria sustentação que a Economia precisa.

Por isso Dilma demitiu Guido Mantega, mas o manteve no cargo. Essa já era a senha de que tudo estava errado. Eu digo isso a tempos ( desde 2009 para ser mais preciso ), mas os "inteligentes" fecham os olhos para isso. Natural, eles precisam defender o Governo por serem defensores convictos de todos os erros. Dilma tentou Luiz Carlos Trabuco, Presidente do Bradesco. Detalhe: Dilma e o PT malharam demais Marina Silva e sua proximidade com Neca Setubal, herdeira do Itaú, fazendo acusações calhordas de que esta mandaria na área econômica e que seria uma eminencia parda em um eventual Governo da ex-seringueira. Bravatas, é claro, mas deu certo e Marina murchou e nem foi ao segundo após aparecer em todas as pesquisas na frente de Dilma. 

Joaquim Levy, o escolhido, foi feita mais para mostrar que algo poderia mudar do que para realizar mudanças. Primeiro porque todos, até mesmo os mais convictos petistas, sabem que a solução é cortar despesas e evitar aumento de impostos, porque isso criaria mais recessão e baixa do rendimento das famílias. Mas, para cortar, é preciso mexer nos Programas Sociais ( leia-se programas que deram a Dilma a re-eleição ). E o PT quer fizer eternamente no poder, por isso nada de cortar estes programas. Ou de cortar pela metade os cargos de livre nomeação dentro do Governo Federal. Ou de reformar a previdência, uma forma eficaz de reduzir gastos, só que a CUT e outros esbirros do PT jamais aceitarão.

Levy passou a todos a certeza de que ele faria o que era preciso ser feito. Mas o PT e Dilma tratam, todos os dias de limar suas propostas. Ele foi contra mandar o Orçamento com rombo de 30,5 bilhões, um acinte ao bom senso e as leis de Responsabilidade Fiscal. Levy também perdeu a queda de braço para termos um Superativ Primário maior. Enfim ele segue sendo dinamitado por todos no Governo. A Presidente, ciente das pressoes do PT, sempre fica ao lado de Nelson Barbosa. 

E assim o Estelionato Eleitoral só aumenta. E a credibilidade do Governo despenca na mesma proporção. E Joaquim Levy dá sinais de cansaço e, segundo noticia-se hoje, pensa em deixar o cargo. Se isso de fato acontecer será terrível, porque o mercado só está mais "bonzinho" com o Governo por causa dele. É tipo aquela velha frase: "ruim com ele, pior sem ele".

O Brasil só tem a perder se ficarmos sem Joaquim Levy. O tempo dirá quanto será o custo...