Patrocínio

Patrocínio

segunda-feira, junho 29

Salgueiro cai para o líder sem mostrar evolução alguma...

Sérgio China não conseguiu melhorar o time em 2 semanas só de trabalho...
Perder para uma equipe com muito mais tradição e que é líder não é feio. Pelo contrário, diga-se. Mas é o modo como se perde que fica como lição. Disse por diversas vezes na Resenha Gol Legal da Rádio Asa Branca que era a hora de Sérgio China mostrar que possui capacidade para melhorar o time, já que teve 3 semanas de paralisação para pensar o time e como melhorar ele. O resultado ontem deixa claro que ele não soube como fazer isso...

O time foi apenas um arremedo no primeiro tempo, vendo um Fortaleza remendado dadas as ausências dominar as ações. China até surpreendeu ao colocar 2 meias ( Cássio Ortega e Paulinho Mossoró ) e 2 atacantes ( Casagrande e Anderson Paraíba ), mas o esquema inexistia e isso ficou claro desde o começo da partida. Tanto fazia ter entrado com 4 volantes ou 4 atacantes se o esquema não for definido e isso está bem claro que não está - nem perto - de ser conhecido.

Como bem disso Djaci Nunes, o Salgueiro vem vivendo do profissionalismo e destaque de alguns de seus jogadores, mas não do esquema. A situação não é periclitante porque o time tem bons valores em diversas partidas essa qualidade nos renderá pontos, mas para embates mais complexos é necessária tática. Ao menos podemos olhar por outro lado: teremos outros 13 jogos nesta fase para arrumar um padrão atraente de jogo. Desde que se classifique, é claro...

Quanto ao Fortaleza de Marcelo Chamusca veio para jogar por uma bola. E o Salgueiro mais de uma deu essa bola, mas uma equipe fragilizada por diversos desfalques, mas o Tricolor do Pici perdeu 2 boas chances, mas como time grande que é fez um. Foi o suficiente. Na volta na capital dos cearenses o time Chamusca deverá ter força melhor do que teve ontem no Salgueirão. Além disso, o time pregou no segundo tempo, devido a 6 atletas que voltavam de contusão e, portanto, estavam longe das condições físicas ideais.

O Carcará perdeu uma chance de ouro de mudar de patamar. Terá outras chances, é claro. Mas a primeira, e melhor, delas foi uma grande decepção. Agora é pensar no Cuiabá, que era um dos piores e agora já pensa no G4... E claro, arrumar ao menos um escopo de esquema, porque se em duas semanas não deu, imagina em 3 dias de treinos...

domingo, junho 28

57 anos do dia em que o Brasil chegou ao topo do mundo do Futebol

Feola, Djalma Santos, Zito, Bellini, Nilton Santos, Orlando e Gilmar; Garrincha, Didi, Pelé, Vavá e Zagallo
O Brasil vivia um período diferente em sua história, com um processo de industrialização em detrimento da agricultura que seguiria perdendo espaço até os dias atuais. A Bossa Nova começava a dar seus primeiros passos e até uma nova Capital estava sendo construída, do nada e no meio do nada, pelo Presidente JK. Mas em termos de futebol... bom, ainda ecoava o silencia ensurdecedor do Maracanã na final de 1950. A tal ponto que chegou-se a especular que o Brasil perdia sempre por causa dos jogadores de "cor". Sim, por causa dos negros.

O time brasileiro saíra totalmente desacreditado. As críticas eras as maiores possíveis começando pelo técnico, Vicente Feola que era considerado incapaz de levar aquele time, acreditem, ruim ao topo. Além disso causava estranheza o fato de, pela primeira vez, termos uma comissão técnica, com direito até a um psicólogo, pois isso jamais fora feito sequer em grupos, onde imperavam a figura do "ditador" do Técnico, vide Flávio da Costa em 1950. Além disso a imprensa criticava algumas convocações ( especialmente as de Pelé, Zito e Pepe, todos do Santos então força emergente no futebol brasileiro ) e todos queriam Zizinho na Copa. 

Eu nao irei recontar o que todos sabem: o time se achou nos amistosos, mas sofreu um empate com a Inglaterra onde Mazzola ( atual Altafini ) perdeu gols incríveis por causa da pressão que vinha sofrendo após receber 5 propostas de transferências para a Europa ( algo raro na época, tanto que os 22 jogadores atuavam em Clubes do Brasil ). Foi quando Nilton Santos e Didi, ambos do Botafogo, peitaram a comissão técnica a escalar Pelé, Garrincha e Zito. Ou lembrar que Vavá quebrou a perna do zagueiro Piantonni, o que facilitou o Brasil vencer o ótimo francês. Nem dizer que foi contra País de Gales que um menino se fez Rei, mesmo que só tenham sido os franceses quem lhe desses tal apelido. Prefiro contar outras duas histórias, também um pouco conhecidas, mas que eu adoro mais do que estas...

A primeira é sobre o pós-jogo Brasil x URSS. Os russos pela primeira iam jogar uma Copa e por trás disso existia toda uma mística, pois pouco ( ou nada ) se sabia do time soviético. Brasil e URSS ficaram na mesma cidade, Hindas, e a concentração brasileira ficava num plano mais alto do que a do rival. E de lá, era possível ver que eles treinavam muito mais que os brasileiros. Criou-se um clima de medo por uma eliminação, que de fato ocorreria caso o time canarinho perdesse a partida. Todos sabem o que aconteceu na partida ( Garrincha derrubando marcador após marcador, naqueles que são considerados os 2 minutos mais espetaculares da história das Copas ) e ao se despedirem da cidade, as delegações acertaram um encontro entre os times. Perfilados, os times iam se cumprimentar, jogador a jogador na sua frente. Eis que, por ironia do destino, na frente de Garrincha ficou o lateral esquerdo Kusnetzov que fora humilhado no dia anterior. Ao se aproximar de Garrincha, o russo se agarra a cintura de Mané e grita feito louco em russo. Panico geral, até que alguém traduz as palavras, que não poderiam ser mais hilárias: "eu disse que segurava ele, eu disse que segurava ele"... e todos caíram na gargalhada...

O segundo fato aconteceu na véspera da final. Brasil e Suécia, todos sabem hoje, tem uniformes idêntico: camisas amarelas, calções azuis e meias brancas. Obviamente alguém teria que mudar, é óbvio, mas naquela época isso não era automático. Como ninguém aceitou ceder, fez-se um sorteio. E o Brasil perdeu. Num time cheio de jogadores supersticiosos isso poderia aparentar um mau agouro, algo como: "lutamos tanto e agora vamos ter que trocar a camisa que nos deu sorte até agora?". Ai Paulo Machado de Carvalho, Chefe da Delegação, virou o "Marechal da Vitória": nós iremos atuar de azul, que é a cor do manto de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. Afinal o time era, mais do que supersticioso, extremamente católico. Foi a senha para uma das maiores atuações de um time em final de Copas...

O resto, é história. Garrincha criou o vídeo tape antes dos japoneses, ao repetir a mesma jogada nos dois primeiros gols, não sem antes Didi fazer o que os grandes generais fazem às suas tropas, ao caminhar despreocupadamente até o meio-campo após os suecos abrirem o placar. Ou os 2 gols de Pelé ( um dos pouco a possuir tal marca, ao lado de Vavá ) ou que os suecos tentaram de todas as formas secar o campo após a chuva torrencial, mesmo sabendo que isso favoreceria mais o rival do que ao time da casa. Por fim, lembrar que por mero acaso Bellini criou o gesto hoje obrigatório de levantar a taça sobre a cabeça, quando jornalistas brasileiros queriam ver a Jules Rimet e ele, para atender, ergueu-a.

O resto, como eu disse, todos sabem... em 28 de Junho de 1958 o Brasil virava grande. Algo tao distante quanto a volta do bom futebol da Seleção atual...

sábado, junho 27

Brasil 1 x 1 Paraguai: Tchau Dunga...

Robinho até tentou...

Não, eu não esperava um futebol vistoso do time da CBF sob o comando do péssimo Dunga ( em todos os sentidos possíveis ). Eu também não esperava que ele apresentasse um escopo de time que pudesse melhorar com o tempo, algo como um projeto para 2018, pois ele só pensa na partida seguinte e enfiar na cara dos críticos que é ( ou poderia ser ) o técnico mais vitorioso (em número de partidas vencidas ) da história da seleção. Muito menos esperava que a sua equipe conseguisse matar partidas nas quais fosse claramente superior tecnicamente ( mesmo ele odiando jogadores técnicos ). Mas eu jamais poderia esperar que o Brasil pudesse se entregar como fez na partida.

Sinceramente foi feio. O Paraguai estava morto ao fim do primeiro tempo, mas Dunga não foi capaz de fazer seu time definir o confronto. Aqui eu até posso dar o benefício da dúvida de que ele não pediu que o time ficasse apático, mas não posso isentá-lo - jamais - de ter sido nulo em alterar isso. Basta ver como o Ramon Diaz, que foi cracaço de bola - mudou o time rival.

Enfim, essa derrota nos penaltys poderia ser apenas mais uma, mas nao um ano após o 7x1 e quando vemos que nada foi mudou, a nao ser para pior. Dunga é o maior exemplo de como estamos errados, perdidos e sem sentido. Enquanto isso iremos seguir passando vergonha. 

E para finalizar, porque já falei demais deste timeco da CBF, a derrota de hoje garante que Neymar vai ficar de fora das duas primeiras partidas das eliminatórias. Ruim com ele, muito - mas muito - pior...

Jefferson, 7 - Evitou o pior e não teve culpa no penalty;
Daniel Alves, 6. Instável demais e permitiu buracos, além de só ter acertado um cruzamento na partida inteira;
Thiago Silva, 2 - Evitou algumas chances mas o erro infantil é inaceitável;
Miranda, 5 - Sofreu com a falta de proteção no fim da partida;
Filipi Luiz, 5 - Nem marcou e nem apoiou, perdido em campo;
Fernandinho, 4 - Dizem que ele é titular para proteção a defesa. Eu ainda não vi isso na Copa América;
Elias, 7. Melhor partida dele, mesmo que não forneça proteção a defesa, foi o homem que mais buscou no meio-campo;
William, 4 - Ele realmente entrou em campo nessa Copa América?
Phillipe Coutinho, 6,5 - Parece não sentir o peso da camisa e ainda bateu bem o seu penalty;
Roberto Firmino, 3. Quem é o agente dele mesmo? Vou contratar ele para cuidar da carreira do meu filho de 11 anos, vai que ele consegue que algum time pague a fortuna que pagaram pelo Firmino?
Robinho, 4 - Joga bem pela Seleção, é fato. Mas ficou perdido no meio da mediocridade geral que é o time de Dunga;
Douglas Costa, 2 - Outro que tem um agente para quem ligarei logo cedo na segunda;
Everton Ribeiro, sem nota. Entrou para bater penalty. Mas bateu mesmo?
Diego Tardelli, sem nota. Praticamente não teve tempo para nada.
Dunga, -5. Sim, o Blog é meu e eu dou nota negativa sim. É uma piada a muito tempo e só no Brasil vira técnico ( e duas vezes ) da Seleção. Escala mal, treina mal e mexe muito mal. Em 4 jogos oficiais contra times de segundo escalão na América do Sul, exceto a Colômbia para quem perdeu, foram espantosos 5 gols marcados e 4 sofridos. E o pior: sem qualquer qualidade tática ou alento para o futuro. 

quarta-feira, junho 24

A patética, absurda e nojenta Nota dos Senadores do PT em apoio a Lula

Gosto do que escreve o Blogueiro de Veja.com Reinaldo Azevedo. Vez por outra discordo, o que é natural, mas de um modo geral eu concordo com ele. Ele inventou a moda do vermelho x azul, quando ele responde, em Azul, a um parágrafo de um texto. Vou, ousar, repetir isso pela primeira vez aqui com uma nota sórdida e que se pretende inteligente. Vamos ver como eu me saio nessa...

Luiz Inácio Lula da Silva, nosso querido Lula, é uma das raras e fantásticas lideranças que conseguem transcender os limites de sua origem social, de sua cultura e do seu tempo histórico. Ele figura no rol escasso dos líderes que rompem os limites, mudam a realidade, fazem a diferença na vida das pessoas, fazem História.

Começo dizendo que concordo com o termo "presidente" para pessoas que já deixaram o poder. É algo salutar e que acontece nas maiores democracias. Mas este será o único elogio. Sobre o texto contido neste parágrafo, eu fico aqui pensando o que queira dizer "fantásticas lideranças que conseguem transcender"... primeiro porque Lula faz questão de ser ignorante ( quanto a nossa língua ). E a relação Lula x Histórica cai por terra quando ele esconde seu erros do passado. 

Lula se fez contra os terríveis limites históricos, econômicos, sociais e políticos que lhe foram impostos. É aquela criança pobre do sertão nordestino que deveria ter morrido antes dos cinco anos, mas que sobreviveu. É aquele miserável retirante que veio para São Paulo buscar, contra todas as probabilidades, emprego e melhores condições de vida, e conseguiu.

Sim, conseguiu mesmo mudar de vida. Ele não sabe o que é trabalhar desde 1975 e tem, acreditem, 3 aposentadorias. Esta é a parte do texto que abre a parte do "vitimismo", onde apenas quem sofreu e foi pobre pode ser considerado digno de representar o povo. Como se os mais educados e abastados nao tivessem direito a representação.

Lula é aquele candidato que não deveria ter vencido as eleições, mas venceu. Lula é aquele eleito que não deveria ter tomado posse, mas tomou. Lula é aquele presidente que devia ter fracassado, mas teve êxito extraordinário.

Antes de mais nada: quem disse que Lula não deveria ter vencido as 3 primeiras eleições foi o POVO. Segundo que quem determinou que ele venceria duas, foi o POVO. Estariam os Senadores criticando o POVO? Por fim, resta o óbvio: se Lula não foi o desastre que poderia ter sido foi porque ele resolveu NEGAR tudo o que sempre prometera e não por convicção. E por fim, exito extraordinário? Sério? Acho que todos são, ao menos, cegos...

Lula é uma afronta às elites que sempre apostaram num Brasil para poucos, num Brasil de exclusão e de desigualdades. Lula é, sobretudo, esse fantástico novo Brasil que ele próprio ajudou a construir. O Brasil para todos os brasileiros. O Brasil da inclusão, da igualdade e da solidariedade.

Sempre as elites. Acontece que, as elites são as pessoas ricas, certo? Bom, sendo assim a que classe pertence Lula hoje? Que cobra 300 mil reais por uma palestra? Mas vamos além: os bancos batem recordes de lucros e as empreiteiras ao lado do PT fizeram o maior escândalo da história da Republica. Novo Brasil? A que se refere isso? Já sei, o Brasil das Bolsas ( as quais Lula era um grande crítico ), o Brasil do "nós" - o PT - e o "eles" - toda e qualquer pessoas que ouse opor-se ao grande líder...

No cenário mundial, ninguém põe em dúvida a liderança de Lula como exemplo no combate à pobreza, à fome e às desigualdades. Lula é, de fato, o grande inspirador internacional das atuais políticas de inclusão social, reconhecido por inúmeros governos de diferentes matizes políticos e ideológicos. Lula é o rosto do Brasil no mundo.

Quem pode ser contra o combate a fome, não é mesmo? Acontece que, ao contrário do que é dito por ai, o Brasil não tirou 40 milhões de pessoas da miséria, apenas mudou a forma de medir quem é ou não miserável. Explico: quem ganhar acima de 70 reais ( e o valor é o mesmo desde 2009 ) pro Governo não é mais miserável. E não, Lula não é o rosto do Brasil no mundo. Graças a Deus ainda temos esportistas nesse campo...

No Brasil, entretanto, há hoje uma sórdida campanha de deslegitimação dessa grande liderança. Uma campanha que dispensa argumentos racionais. Uma campanha baseada apenas no ódio espesso dos ressentidos.

Quem é o PT para falar em campanha sórdida mesmo? É o partido que comprou dossiês fajutos contra os adversários? É o mesmo que pediu o impeachment de FHC com menos de 100 dias do seu segundo Governo? É o partido que fez o mensalão e o petrolão? É o mesmo PT que praticou o maior estelionato eleitoral de nossa história? Lula está sendo questionado, por dentre outros motivos, porque sua sucessora é um engodo, um embuste e porque diversos problemas vivenciados agora começaram em seu Governo. E ele nao tem a sensatez de admitir isso.

Entendemos perfeitamente que alguns tenham medo de serem derrotados de novo por Lula em 2018. Mas esse medo não pode dar vazão a atitudes pouco republicanas e francamente antidemocráticas. Tentam transformar suas virtudes em vícios e suas ações pelo Brasil em crimes. Insinuam de forma leviana, acusam sem provas, distorcem, mentem e insultam. No vale-tudo contra Lula, vale até mesmo usar o recurso torpe de expor seu defeito físico, o que revela incurável defeito de caráter.

Voltemos ao terceiro parágrafo: se o POVO assim quiser, ele será eleito uma terceira, certo? Qual é o problema de critica Lula? Existem pessoas que criticam diariamente Jesus Cristo... mas segundo os Senadores do PT é um crime de "lesa pátria" fazer isso com Lula. Certa feita Lula até quis colocar acima do filho de Deus... e como assim sem provas? É o mesmo PT que destruiu reputações com acusações falsas? E por outra: qualquer virtude de Lula não o exime de críticas. Fosse assim, uma pessoa que doe sangue ( tipo eu ) jamais poderia contestada...

Falta, sobretudo, respeito ao presidente mais bem avaliado da história do Brasil. Desrespeitar Lula é desrespeitar o povo brasileiro, pois sua ascensão pessoal se confunde com a ascensão social e política da nossa população antes excluída.

Presidente mais bem avaliado? De onde tiraram isso? Até onde eu sei ele pode ser considerado o mais bem avaliado desde a redemocratização. Porque, até onde eu sei, não existiam pesquisas para fazer tais aferições de JK e Vargas, por muito, os dois melhores presidentes de nossa história... E como assim criticar ( ou desrespeitar ) Lula é fazer isso com o Governo? De onde saiu isso?

Tentam fazer hoje contra Lula o que fizeram contra Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e João Goulart. Usam cínica e seletivamente da imprescindível luta contra a corrupção para tentar destruir um projeto nacional e popular que elevou o Brasil e o seu povo. Um projeto que propicia o efetivo combate aos desvios e que vem livrando o Brasil da grande corrupção da miséria e das desigualdades.

Chegamos a melhor ( ou seria melhor dizer que é a pior? ): a de unir vitimismo com empulhação histórica. JK foi contestado por diversos motivos diferentes do de Jango ( um presidente fraco que cedeu as sanhas esquerdistas e nos jogou no Golpe Militar ) e por sua vez bem diferentes dos de Vargas, que teve um segundo governo frágil do ponto de vista político. Mas isso nem é o pior: falam da corrupção atual como algo que só possível descobrir porque o grande "líder" permitiu, ou seja, sem a benevolência de Lula jamais saberíamos que o Governo Lula foi... corrupto!!! Santo Deus, isso é asqueroso até a alma... Além disso dizem que é o PT - metido 100% na corrupção - é quem está conduzindo o Brasil para o caminho de ficar sem... corrupção!!! E tome falar do combate da miséria e das desigualdades. Mesmo que fosse verdade, e não é, isso não concede salvo conduta ao partido para cometer corrupção.

A bancada do PT no Senado manifesta sua total e irrestrita solidariedade ao grande presidente Lula, vítima de campanha pequena e sórdida de desconstrução de uma imagem que representa o que o Brasil tem de melhor: sua gente.

Sua gente... isso dá uma tese de mestrado, com certeza. Se Lula representa o que temos de melhor, eu fico cá perguntando se realmente ainda temos conserto. Porque Lula é o cara que não estudou, depois de estabilizado financeiramente, porque não quis. É o cara que permitiu que um filho ficasse rico apenas durante o seu governo, que tem relações muito mal explicadas com empreiteiros e tem um dedo podre para escolher compadres ( se é que vão entender a ironia ). E os Senadores manifestam "sua total e irrestrita solidariedade" a uma pessoa que 2 dias atrás simplesmente desancou todos no PT, que queriam apenas cargos e poder...

A bancada também entende que Lula está muito acima dessa mesquinhez eleitoreira. Lula não será apequenado pelos que se movem por interesses menores e pelo ódio. Lula é tão grande quanto o Brasil que ele ajudou tanto a construir. Lula carrega em si a solidariedade, a generosidade e a beleza do povo brasileiro. Para esse povo e por esse povo, Lula fez, faz e fará História.”

Em uma democracia, senhores Senadores Petistas, não existe ninguém acima do bem e do mal. E pobre do Brasil se o nosso tamanho for o mesmo de Lula... E tem espaço para outra empulhação: quanto o Brasil que ele ajudou tanto a construir. Novamente aquele tese podre de que tudo de bom foi o PT que fez e o que não presta é culpa... dos outros, é claro. E quanto a Lula fazer história eu só posso me lembra de Stálin que mandou refazer a história, riscando do mapa todos os seus desafetos. Mas eu vou além: a história que os Senadores falam inclua citar que o PT expulsou os Deputados que foram votar em Tancredo, contra a ordem de Lula? Inclui que o Partido não esteve presente na promulgação da Constituição? Que o partido foi contra o Plano Real? Que o partido foi ao Supremo para derrubar a Lei de Responsabilidade Fiscal?

Em suma, uma nota terrível, de um grupo de Senadores que acham que vivem em outro mundo. Além do mais, o Brasil já começa a dar sinais de que nao cai mais nessas patacoadas...

terça-feira, junho 23

Morreu Carlinhos, meia que entregou suas chuteiras para um certo Arthurzinho...

O camisa 5 você com certeza não viu jogar, mas quem é o camisa 10?
Em uma época dominada por jogadores brucutus atuando com a camisa 5 seria uma prazer imensurável poder contar com a classe de um Carlinhos, que vestia essa camisa no Flamengo durante os anos 60. De tao clássico, seu apelido era apenas "violino". Seria espetacular com a camisa do time da CBF ou de qualquer clube do Brasil - e talvez do mundo. Não, eu não tive o prazer de ver Carlinhos jogar, mas isso não importa. Existem os vídeos ( raros ) sobre sua carreira. Teve vida curtíssima na Seleção ( quando a mesma merecia tal nome ), primeiro por causa da grande concorrência de Zito ( também falecido recentemente ) e Dino Sani e depois por figuras como Clodoaldo e Gérson ( a dupla na conquista de 1970 ).

A foto que ilustra este post traz ele em sua despedida do Flamengo, ocorrida em 1969, repetindo o gesto que ele mesmo fora o garoto, ao receber as chuteiras de Biguá. Era, digamos assim, uma passagem de bastão: o garoto, a época conhecido com Arthurzinho ( ainda não sabe quem é? ) era a joia das categorias de base do time da Gávea e ainda ganharia muita massa corporal até virar... bom, ai é com você né?

Carlinhos quando parou de jogar virou funcionário do Clube de Regatas Flamengo. E assim ficou até sua morte. Forjou diversos craques ( e o garoto está na lista ). Talvez a última grande geraçao foi ele quem revelou: Djalminha, Paulo Nunes, Nélio, Rogério, Marcelinho ( o carioca, do Corinthians ) dentre outros. Foi técnico, interino em diversas vezes, e venceu o Brasileiro duas vezes ( 87, em termos né?, e 92 ).

Ontem ele faleceu. O violino tocou sua última nota. Uma pena, sem dúvida. Ainda mais quando se tem um verdadeiro brucutu no comando do time da CBF... mas isso é outra história...

E quem é o garoto? Sério? Ele virou apenas o Zico... era Arthuzinho, porque era magro e o nome dele é Arthur Antunes Coimbra, de uma família com diversos craques.

domingo, junho 21

Brasil vence, mas quanto sofrimento...

Robinho e Thiago Silva foram os destaques do time na suada vitória contra a Venezuela
O time da CBF venceu por 2x1 o time da Venezuela, terminando a partida com 4 zagueiros em campo. Sim, isso mesmo, Dunga ao invés de tentar matar o jogo usando a maior qualidade técnica do time da CBF, resolveu se fechar quando o placar estava 2x0 diante da temível Venezuela... realmente, tem algo fora do prumo no futebol brasileiro. E que não vai voltar pro lugar tao cedo. Isso se um dia voltar...

Vou dar notas para os atletas e o Técnico(??):
  • Jefferson: 6,5 - Pouco acionado, ainda quase evitava o gol da Vino Tinto;
  • Daniel Alves: 7 - Um jogador que parece melhorar com o tempo. Terminou jogando no meio e errando muitos passes, mas salvou um lance que poderia ter resultado em gol;
  • Thiago Silva: 7,5 - É um grande zagueiro que ficou marcado, erradamente, pelo choro na partida contra o Chile pela Copa. Fez o primeiro gol e quase fazia outro;
  • Miranda: 6,5. Errou alguns passes, mas nada que comprometesse;
  • Filipi Luiz: 6 - Sumido em boa parte da partida ao menos não cometeu erros na defesa;
  • Fernandinho: 5,5 - Eu não sei ele atua mal porque o Técnico quer ou se Dunga não sabe que ele pode mostrar;
  • Elias: 5,5 - O mesmo que Fernandinho;
  • William: 6. Busca o jogo, tenta e tenta. Mas fica muito distante do que é no Chelsea. Sua nota ficou em 6 pelo lance do segundo gol;
  • Phillipe Coutinho: 6,5. Voltando de contusão, poderia ter feito mais;
  • Diego Tardelli: Sem nota.
  • Robinho: 7,5 - Existem coisas sem explicação, mas alguns jogadores são feitos para vestir a camisa do time da CBF;
  • Marquinhos: 5. Entrou para atuar como falso lateral direito e pouco fez.
  • Roberto Firmino: 6,5. Premiado pelo gol mexeu-se bastante e criou algumas boa jogadas;
  • David Luiz: 5,5. Entrou para fazer o papel de um terceiro volante e o cumpriu. E só isso.
  • Dunga: 4. Escalou até um bom time, mas a sua teimosia em limitar os volantes  e impedir o time jogar no ataque é de irritar. Nada que toda e qualquer pessoa inteligente já não soubesse a muito tempo.
Agora o time vai enfrentar o Paraguai no sábado e vai precisar de mais do que fez hoje caso queira chegar até as semi-finais, onde provavelmente teremos somente o time da Argentina pela frente. E ai, caso aconteça, o bicho será tenso. Mas até os hermanos tem seus problemas, pois não jogaram bem até aqui e vao encarar a sempre perigosa Colômbia.

E agora Dunga?

Neymar perdeu a cabeça e foi expulso. Existirá vida sem ele em campo?
O time da CBF, mal treinado por Dunga, está por um fio na Copa América na qual muitos achavam - sem qualquer motivo é preciso ressaltar - que era favorita a conquista. O time de Dunga é, basicamente, um amontoado de jogadores, alguns bons, outros nem tanto. Mas como eu já disse no Blog, o time da CBF é uma fiel representação do que é o futebol brasileiro: uma zorra total.

Sem Neymar suspenso, Dunga opta por Robinho. Pode até dar certo, mas melhor teria sido se ele tivesse convocado Lucas do PSG. Mas todos sabemos como Dunga adora convocar gente leal e sem qualidade técnica. 

Acabou ainda pouco Colômbia e Peru, que ficaram no 0x0, permitindo ao time da CBF passar em primeiro com qualquer empate. mesmo sem jogar nada. Mas será que classificar é mesmo o que o time precisa agora? Será que avançar em primeiro e depois emperrar em um time mais forte faria bem? Claro que nao, já que precisamos é renovar de verdade o nosso futebol. Mas é claro que com Dunga isso jamais acontecerá, assim com a corja que comanda a CBF no poder ficando.

O que resta é ver a partida e esperar por um futebol minimamente organizado. Classificar nem é o importante agora, acreditem.

Datafolha confirma: nem os pobres gostam mais de Dilma...

Observe como as linhas mudaram de lugar em menos de 3 anos...

O Governo Dilma acabou. E não, eu não me refiro ao primeiro mandato que, de fato, teve fim em 31/12/2014. Me refiro ao que começou no dia seguinte e que nem completou 6 meses de um total de 48 a que ela tem direito pela Constituição. O Governo Dilma não tem mais nada que possa fazer de bom para a nação. NADA.

A Pesquisa Datafolha trouxe a tona o óbvio: pouquíssimos são os que ainda toleram esse estelionato eleitoral feito por Dilma e o PT na eleição passada. Apenas 10% ainda conseguem ver esse Governo como Bom ou Ótimo. Apenas 10%. Isso é um feito e tanto e nao é para qualquer um governante conseguir isso. Sabem quem passou por isso também? Fernando Collor de Mello, o único presidente a sofrer um processo de impeachment. Parece até engraçado que Dilma possa vir a ser o segundo presidente a conseguir o mesmo. Realmente é preciso ser muito, mas muito mesmo, ruim para chegar a tal ponto. Tem que se esforçar muito e mesmo assim talvez nem chegue-se lá. Mas Dilma e o PT conseguiram. Pena que vão arrastar o Brasil para a mais pesada recessão do período democrático.

Tentando ver por um outro lado, podemos somar o bom/ótimo com o patamar de regular chegamos a que pouco mais de um terço da população não reprova o Governo. Detalhe: a mesma soma pode-se fazer ao contrário, mas é claro eu estou tentando "ajudar" o Governo. Porque eu faço essa conta? Simples: veja qual era a soma desses dois valores 3 anos atras e compare-o com os 34% atuais... é de assustar. Em 2012 o Brasil ainda vivia a gastança desenfreada, com o aumento da Dívida Interna e Externa acontecendo de forma surreal e as despesas crescendo sempre mais do que a receita. Ao invés de terem feito as reformas necessárias ( algumas delas propostas agora com a maior cara de pau ), o Governo Dilma e o PT apenas fizeram foi, desculpem a palavra, ferrar o Brasil.

O resultado está ai. Em 3 anos a soma de regular com ótimo/bom saiu de 92% para 34%. É quase um terço de queda. Mas existem outros dados, ainda mais preocupantes para o Governo:
  • Por região, a coisa não é melhor: o Nordeste é o mais generoso, com “apenas” 58% de ruim ou péssimo, e a coisa evolui assim na rejeição: 63% nas regiões Norte e Sul; 69% no Sudeste e 70% no Centro-Oeste.
  • Por idade, os jovens têm um pouco mais de paciência com Dilma: “só” 59% consideram seu governo ruim ou péssimo entre 16 e 24 anos. E o índice negativo avança assim: 62% entre os que tem 60 ou mais; 64% entre os de 45 a 59; 68% entre os de 35 a 44, e nada menos de 70% entre os de 25 a 34.
  • Dilma também uniu as diferentes escolaridades: avaliam o seu governo como ruim ou péssimo 64% dos que têm ensino fundamental; 66% dos com ensino médio, e 65% com ensino superior.
A conclusão é por mais do que óbvia: o Brasil, como um todo, nao acredita mais nas mentiras do PT. Pena que um pouco tarde demais, mas ainda assim isso é uma boa notícia...

sábado, junho 20

Governo do Brasil cala-se diante de uma afronta a políticos brasileiros e o motivo é asqueroso

Isso foi em Caracas, mas começou em Brasília...
Washington, capital dos Estados Unidos. Senadores brasileiros, a maioria de simpatizantes da esquerda. são hostilizados nas ruas da Capital por pessoas defensoras do regime que comanda os EUA com mãos de ferro, quando tentam visitar uma prisão onde pessoas são mantidas presas sem terem cometido crime algum, apenas o de serem contra o Governo cruel e sanguinário que comanda a nação. Imediatamente a Presidente Dilma acusa o Governo de Washington de conivência com o fato e de não gostar dos pobres. O PT cobra um rompimento das relações com a super potencia, que não é uma Democracia. O caos diplomático está instalado e nem se sabe se será resolvido um dia.

Claro e evidente que o que está descrito acima, JAMAIS, aconteceria. E não aconteceria por diversos motivos, mas sobretudo porque nos EUA, que é a maior Democracia do Mundo, a manifestações são livres, mas os excessos são punidos com severidade. Portanto, jamais veremos pessoas batendo em um micro ônibus como vimos em Caracas. Mas porque, então, Flávio você a descreveu? Simples: porque tal qual citado no texto acimo, aconteceu em Caracas, mas o Governo Brasileiro calou-se diante do descalabro. E porque fez isso? Porque o Governo do PT DEFENDE Ditaduras em detrimento das Democracias, o que é um acinte a decência. Ou seria, se o PT um dia tivesse tido-a. 

Eu quis deixar claro que se algo assim acontecesse com aliados do Governo em uma nação comandada por um país com quem o PT não se alinha, a atitude seria terrível, ou frontalmente oposta a que o Governo teve com o Governo do Presidente Nicolás Maduro. Como sao aliados na sanha autoritária, nada será feito. NADA. Fosse em Washington. Esse é o problema quando um partido coloca os seus interesses acima dos interesses da Naçao. Lembram que o PT gostava de dizer que FHC era submisso quanto aos EUA e que o PT fala alto contra? Pois é, o que é pior? Ser submisso a uma Ditadura que prende pessoas apenas por serem de oposição?

Pior é ver Senadores de Partidos de Esquerda ( PT, PC do B, PSOL e cia ) formarem uma Comitiva para, acreditem, dar apoio ao Ditador Maduro. Enquanto isso a Venezuela vive uma das mais graves crises do mundo atual, além de ter uma taxa de homicídios de 100 ( isso mesmo 100 ) pessoas para cada grupo de 100 mil habitantes, apenas 4 vezes maior do que a do Brasil, que já é muito alta.

O Senador Aécio Neves agora é acusado de agitador, de irresponsável e outros adjetivos menos publicáveis. Nas redes sociais é possível como anda bem o Brasil e seus "inteligentes". Pessoas fazem das piadas mais espúrias e inacreditáveis. Tudo porque, "inteligentes" que são, acreditam que só pode ser considerado pensador de aprovar o que ocorreu na Venezuela...

E se querem saber, segundo esta asqueroso e abjeta ótica, estao mesmo certos. Por isso que eu sigo sendo, assumidamente, "burro"...

quinta-feira, junho 18

E o time "cafetero" amassou o time da CBF...

Zagueiro Murillo arma o chute que definiu a partida...

enquanto um Neymar bem marcado nada fez, além de ser expulso.
Quem acompanha o Blog mais de perto sabe bem da aversão que tenho a Dunga. Já o tinha quando ele era jogador e acreditava ser melhor do que nunca foi. Algo irritante, com certeza. E como técnico ele é muito, mas muito, pior do que era como atleta. Olhem seu currículo e confirmem se não - por muito - o pior a já ter comandado o time da CBF. Adiante...

Mas o post anterior a esse eu falei que as mudanças eram boas e sinalizariam uma tentativa de acertar o time. Acontece que não deu certo e o time ficou com 3 linhas muito distantes: os quatro da defesa, os quatro do meio e os dois do ataque, com em tese outro setor distante, já que Neymar foi quem atuou mais como o atacante centralizado. Muito pouco para quem imaginava ter um time.

A Colômbia dominou a partida inteira e fora uma cabeçada de Neymar ( onde ele levou amarelo por, no rebote ter tocado a mão na bola ) e um gol inacreditável perdido por Roberto Firmino, o Brasil foi apático e não mostrou nada, absolutamente nada. Assim como já o fizera contra o Peru, mas a atuação foi colocada na conta da estreia. Agora não, o time foi mal como um todo e eu não salvo ninguém na partida de hoje. Todos foram mal, com alguns bem piores do que os outros, mas eu nem irei destacar os piores.

O time cafetero poderia ter feito mais gols ( o que poderá fazer falta no domingo ), mas simplesmente administrou o resultado conseguido perto do fim da etapa inicial, com o chute do zagueiro Murillo. Dunga mexeu no time e o time da CBF melhorou um pouco, mas muito pouco. Ficou mais com a posse, mas marcar gol que é bom, nada...

Fim da partida e Neymar ainda conseguiu ser expulso e vai ficar duas partidas fora ( uma por ter tomado dois amarelos e a segunda pela expulsão ). Mas o pior viria na entrevista pós partida: Dunga culpou - acreditem - a arbitragem. Sim, a culpa é dos árbitros, não dele que não sabe treinar e antever problemas, como a expulsão do seu ( único ) craque. Agora terá que virar sem ele contra a Venezuela. E se, eventualmente, classificar ainda ficará sem ele nas quartas. 

Com a bola que ( não ) apresentou nesta quarta, talvez passemos por outra vergonha...


quarta-feira, junho 17

Time da CBF encara o time "cafetero" pela Copa América

2 dos melhores jogadores do mundo na atualidade...
Partidas equilibradas contra a Colômbia antecederam e sucederam o maior vexame do Brasil, que está próximo de completar um ano: o 7x1 que tomamos da Alemanha, fora o baile, pelas semifinais da Copa. Contudo, os times vivem momentos distintos nesta Copa América.

O Brasil chega com uma, realmente, forte sequencia de vitórias ( 11 ) e com um estilo de jogo definido: bola no Neymar que ele resolve ( ou nao ). Além disso o Técnico Dunga segue sendo o mais azedo de todos os comandantes de nossa história e nao faz nem questão de mudar. Por outro lado o time "cafetero" vive incertezas no pós-Copa, onde foi sensação. Alguns jogadores nao vingaram e até aqui Falcão Garcia não se adequou ao esquema de toques rápidos e velocidade de Armero, Gutierrez, Cuadrado e sobretudo James Rodriguez.

Uma derrota praticamente elimina os colombianos. Se vencer, o time da CBF fica praticamente classificada para a próxima fase. Partida interessante e que irei acompanhar de perto. Muito mais pelo time que jogará de amarelo do que o de azul...

segunda-feira, junho 15

Uma pequena homenagem a um ídolo que não conheci, nem vi jogar, mas que me fez ser santista...

Essa dupla tem mais conquistas juntos que a maioria dos times do Brasil possuem...
Tenho 41 anos, completados no último mês de Março. Por tabela, não tive o prazer de acompanhar Pelé em campo. Ele, que é inegavelmente, o atleta do Século XX, é o maior ídolo da história do Santos, time que amo ( paixão herdada do meu velho pai ). Contesta-se ele em todos cantos do Brasil - e agora até do mundo - mas em Santos é Pelé e só Pelé. Ninguém vai superar o "gasolina". Mas existia um jogador que mandava no time inteiro. E isso incluía o próprio Rei do Futebol.

José de Eli de Miranda representa, acreditem, o Santos mais do que Pelé. Ele chegou em 1952 e ficou até 1967. Mas dito assim, poucos devem conectar o nome ao sua carreira, mas se falarmos seu apelido ( Zito ), ai tudo muda. Ele venceu 2 Copas ( e um dos raros volantes a marcar gol em final, no Chile em 1962 ). Também teve a Glória com o Santos e foi o capitão sem braçadeira por vários anos. Inicialmente era apenas um volante, depois virou o xerife do time, mas até 1957 o era de um time comum. Quando o jovem Gasolina chegou, ai o time virou a máquina que todos conhecemos. Mas Zito já era o comandante do time, o cara que sempre  exigia mais dos companheiros, não porque queria ser o chato, mas por saber que eles podiam fazer mais.

Zito também exigia respeito aos adversários. E sabem como ele cobrava isso dos companheiros quando a partida terminava o primeiro tempo com o placar em 3x0/4x0? Exigindo que o time dobrasse o placar, jogando no ataque com o mesmo afinco como se o placar estivesse 0x0. Com Zito ninguém chiava, nem o Rei. Era ele quem negociava prêmios com a Diretoria e até se aposentar, deixando o jovem Clodoaldo em seu lugar, ele era um verdadeiro líder.  Jogou 3 Copas ( não entrou em campo no fiasco de 1966 ) e é uma verdadeira lenda também com a camisa da seleção.

Sempre ligado ao Santos, foi Diretor e Treinador das Divisões de Base do time. Comandou a busca por jogadores e foi um dos responsáveis diretos pela vinda e permanência de Neymar no peixe. Também atuou como Comentarista. Mas antes de ser um líder e xerife, ele foi um grande jogador. Com técnica apurada para a posição, com bom passe e um senso de posicionamento sensacional.

Uma passagem que vi agora sobre o Zito já veterano, em 2005 no jogo de despedida de Robinho do Santos: o ídolo de 21 anos passa por Zito, que conversava com Dino Sani ( companheiro de Zito na conquista da Copa em 1958 ). Como Robinho nem deu atenção ao senhor ali presente, Zito o chama e diz para cumprimentá-lo. Sem saber quem era, Robinho perguntou a Zito sobre o velhinho ali. Zito, com a mesma forma que dava pito em Pelé, disse: "Ele é uma coisa que você não sei se vai ser algum dia, um 'campeão do mundo".

Zito deixa um vazio imenso na nação Santista. Muitos no Brasil também sentiram e no Mundo também. Mas o que mais me importa é que ele foi um dos pilares do time que encantou o mundo e, sobretudo, a meu pai. E foi graças as histórias daquele mítico Santos que meu pai viu in loco nos anos 60 que me tornaram um santista convicto. Graças ao que fez, dentro de campo, José Eli de Miranda. Que muitos conhecem apenas como Zito.

Vá em paz.

domingo, junho 14

Escola Carlos Pena Filho: 28 anos de descaso cobram seu ( alto ) preço

O Prédio está caindo e os políticos fazem força extrema para caia 100% a muito tempo...
Se tem uma coisa sobre a qual eu não abro qualquer tipo de concessão é a Educação. Quer dizer, a FALTA de qualidade da educação pública atual. Odeio, profundamente, quando um teórico metido a besta tenta cantar a "inegável" melhora do nosso ensino. Só cego para acreditar nisso e ousar defender tal tese. Temos, isso sim, recuperado, parte do imenso terreno perdido desde os anos 80, sobretudo com a Constituição de 1988, que para a Educação produziu efeito nefastos dos mais variados. Tudo em nome da tal universalização da educação no Brasil. Antes, para os mais novos entenderem, existiam ilhas de excelência ( vide o Carlos Pena Filho ) e o resto era... bom, o resto era o resto. Era, sim, um sistema excludente, não escondo isso. Acontece que ao invés de levarem esta excelencia que existia para poucos para todos, fizeram foi exatamente o contrário: espalharam a mediocridade para todos. Um sucesso se querem saber.

Eu sei do que falo. Já escrevi a respeito e penso até usar o tema Carlos Pena como tema do meu segundo livro, mas a Escola Normal, um dia, foi uma das melhores de Pernambuco. Pouco, ou quase nada, sobraram daqueles tempos, pois até o prédio foi dividido ( chego já nesse assunto ). Quando cheguei em Salgueiro em Janeiro de 82, a escola era simplesmente garantia de sucesso nas Federais. Diversos alunos no terceiro cientifico passaram nos concorridos vestibulares de Recife e uma aluna passou em segundo na URCA, para o curso de Direito. Era qualidade pura, tempos de Dona Eremita no Cargo de Diretora. onde a política nada decidia. Bons tempos... infelizmente muito distantes.

Isso foi em 1982. Em 1987, já no péssimo Governo Arraes, a situação já era bem diferente. Faltavam cadeiras e o prédio - antigo - começa a clamar por uma reforma que jamais viria. Além disso, o Cargo de Diretora passou a ter o dedo das indicações de políticos. Era nítida a queda da qualidade, que seria sacramentada de vez no Governo Joaquim Francisco, tao ruim quanto o de Arraes, acreditem. Em 1991 assume a irma do ex-prefeito Romão Sampaio e o que já estava péssimo, ficou pior ainda. Eu passei 3 anos no segundo grau sem ter professor de Matemática(!!) e uma infinidade de Professores Substitutos. Os velhos mestres foram se aposentando e outros indo para outras escolas e novos chegando apenas por serem parentes deste ou daquele político. Enfim, o fundo do poço, pensava eu...

Sai do Carlos Pena em 1991 sem reconhecer a Escola magnifica que encontrara quando eu chegara de Santo André, onde morava. Parecia, em tudo, outra escola. Apenas o prédio era o mesmo. Mas isso, os políticos iriam resolver em muito pouco tempo. Em 1994 a escola pegou fogo e diversos documentos históricos se perderam. Em 1995 o teto caiu, quase vitimando alunos e professores. Mas o pior, acreditem, ainda estava por vir: a divisão da Escola em duas. O motivo? Bom, existe o oficial e o verdadeiro. Comecemos pelo oficial...

Segundo as novas regras dos técnicos(!!) em educação, crianças e adultos não podiam mais dividir a mesma escola. A ideia é de tal sorte idiota e imbecil que, creio eu, mais de 40% dos profissionais liberais, funcionários públicos e empresários de Salgueiro foram educados assim, com a integração de crianças e adultos. Porque agora ( isso em 1995 ) não mais serviria? Por outro lado: se dividir uma escola grande em duas médias é a solução ( e restou provado que não serviu de porcaria nenhum isso ), porque não fazer 4 pequenas? Ou 8 minusculas? Contudo, essa é a explicação oficial... mas eu sei a verdadeira. E é de assombrar...

O Governo Municipal pretendia obter o apoio de um ex-vereador, Ivo Júnior. E este concordou desde que virasse Diretor de uma Escola Estadual. Acontece que todas as escolas já tinham seus Diretores e nenhum deles quis, é claro, ceder seu espaço e salário. Qual foi a solução? Divide-se o Carlos Pena, cria-se a Escola Maria Bernadete e Ivo Júnior vira Diretor. Duvidam da minha tese? Procurem saber quem foi o primeiro Diretor da Escola... Detalhe, muito importante: não condeno a negociação do apoio, a qual eu também faria caso fosse o Prefeito ou Secretário e que acho parte do jogo democrático. Condeno, isso sim, é que para conseguir tal apoio rasgue-se a história de uma cidade, como foi feito.

Assim o Carlos Pena virou dois. E sabem o que é mais cruel comigo? A maior parte dos meus anos escolares passaram-se em salas onde hoje é a Escola Maria Bernadete... até isso, conseguiram me tirar. E vou além: entre 1982, ano de minha chegada, e o meio da década passada, nenhuma escola Estadual foi erguida em Salgueiro, até que o Eremsal ganhasse sua sede. Foram quase 30 anos sem que nenhuma sala adicional fosse criada na rede Estadual via nova Escola. Piada né?

Agora a Escola Carlos Pena Filho clama por socorro. Será que os políticos de Salgueiro ( todos eles, sem exceção ) vão deixar acontecer a mesma vergonha que acontecer com a Escola Manoel Leite? Que foi deixada cair, levando parte considerável da nossa história, a qual jamais poderá ser recontada? Será que essas pessoas não percebem que quando algo assim acontece não apenas um prédio que cai, mas também a nossa sociedade? Que isso significa privar as novas gerações dos prédios históricos da cidade? Eu, inclusive, defendo que o nome da Escola Manoel Leite tivesse recebido o acréscimo do termos "Novo", para deixar claro que aquela escola que ali está NADA tem a ver com a antiga. 

Será que vão permitir que a, triste, história repita-se deixando um templo que remete a um passado glorioso vá ao chão para que se possa construir algo moderno em seu lugar? É dever de todos os ex-alunos cobrarem dos políticos, de lado A e lado B, para que isso não aconteça. Basta uma vez, que já foi demais. Não precisamos que outro prédio histórico perca-se pela ganancia e incompetência dos nossos políticos.

sexta-feira, junho 12

Registros cotidianos de um trânsito desorganizado (2)...

Pick-up estacionada em retorno defronte ao Posto de Saúde do Cento...

assim como este Gol vermelho. Mas o pior é o caminhão parado na maior folga mais a frente...

Van parada em fila dupla na Avenida Antonio Angelim, em frente a Compesa...

obrigando veículos a desviarem e quase causarem colisões...

Dupla violação: Kombi parada em fila dupla com as famosas luzes ligadas ( leva multa do mesmo modo ) enquanto do outro lado carros param de forma irregular. E havia um guarda na Passagem de Pedestre do Shopping e outro na do Pronto de Socorro... um amigo disse que eles são os guardas das mãos para trás. Boa definição, diga-se...

Registros cotidianos de um trânsito desorganizado...




Fotos tiradas por mim e que demonstram o caos que é trafegar na nossa cidade. Enquanto isso, os Agentes de Trânsito viraram fiscais de Faixas de Pedestres, mesmo que do lado tenham 2 ou até 3 carros parados um do lado do outro, impedindo os veículos de movimentar-se. Sem falar na forma vergonhosa em que estão parando os carros na Avenina Antonio Angelim. E eu nem vou citar as Vans que tocam o terror no Centro, parando onde, quando, como e quanto tempo quiserem. E NADA é feito. Na foto, um caminhão para em local claramente proibido, mas quem vai mandar ele sair do lugar? 

Sem falar que eu duvido que apenas 12 Agentes sejam suficientes para colocar o trânsito em ordem. E assim, essas cenas repetem-se incontáveis vezes durante o dia, irritando quem precisa de agilidade. 

Até quando? Com a resposta, as autoridades. Se elas souberem, é claro.

quinta-feira, junho 11

Como entender o futebol brasileiro a partir da Seleção da CBF...

Roberto Firmino marcou o gol solitário da vitória sobre a "potente" Honduras...
Antes de começar o texto em si, uma pergunta que vai virar enquete: o amigo leitor vai assistir aos jogos do Brasil na Copa América? Se vai, eu deixo um conselho: torça para o Brasil ser eliminado logo no começo, se possível com 3 derrotas. Sabem porque digo isso? Porque uma conquista da Copa América garantirá o Brasil na Copa das Confederações, competição a qual o Brasil venceu em 2005, 2009 e 2013 e no ano seguinte... bom, todos sabem bem como nao terminou nada bem, não é mesmo? Sem falar que a vitória na inútil competição da FIFA ainda resultou em verdadeiras perebas indo jogar a Copa do Mundo. Portanto, é melhor passar bem longe da final da Copa América...

Ontem a Seleção da CBF ( não mais a chamarei de Brasileira ) entrou em campo mais uma vez. A décima depois da Copa Mundo e do vexaminoso 7x1 contra a Alemanha. Segundo diversos jornalistas de chapa branca ( sobretudo da Rede Globo, que tem exclusividade nas transmissões do time da CBF ) querem difundir a ideia de que a tragédia do Mineirão já acabou e agora a Seleção está novamente respeitada e de volta ao primeiro time. Parece piada, mas tem gente fazendo esforço patético para jogar o 7x1 para debaixo do tapete. Só que coisas como essa não se apagam, elas são eternas. E vou além: quanto mais lutar para se esconder mais evidentes elas ficarão. Simples assim...

Pois bem, o time da CBF venceu a "fortíssima" seleção hondurenha por 1x0, numa dificuldade monstruosa, com o time caribenho quase empatando no final. Nem mesmo a entrada de Neymar no intervalo melhorou algo, uma vez que ele estava visivelmente cansado, algo lógico após ter feito a partida do ano no sábado passado enquanto a maioria dos que estiveram em campo pararam suas atividades a quase um mês. O time da CBF recebeu, merecidas, vaias, mas ao fim o Técnico(??) Dunga disse-se plenamente satisfeito com o resultado. Claro e evidente, ele só pensa em vencer a partida do dia, sem se preocupar em criar alternativas para as partidas futuras. Foi assim que ele venceu quase tudo quando foi técnico de 2006 até a Copa de 2010 ( tirante ai os Jogos Olímpicos de 2008 ), e levou para a competição na África do Sul uma incrível coleção de perebas que jamais poderiam ter estado por lá: Doni, Kleberson, Grafitte, Julio Batista, Josué... tanto é verdade que, perdendo por 2x1 ele nao fez a terceira substituiçao naquela partida, simplesmente porque nao tinha ninguém que prestasse no banco. Tudo porque ele preferiu comprometimento em detrimento ao talento. 

Falando em talento, ele agora louva Neymar. Mas foi incapaz de levá-lo em 2010, porque não era tarefa dele preparar jogadores para a próxima Copa e sim vencer em 2010. Hoje, quanta ironia, ele poderia ter um Neymar ainda melhor caso o tivesse levado naquela Copa. Sem falar que uma coisa foi ter Júlio Batista e Graffite no banco e outra bem diferente seria ter tido Neymar e Ganso.

Mas voltando ao tema do título em si, temos uma aberração no comando da seleção, que ao invés de se preocupar com a qualidade do futebol apresentado fica em todas as coletivas esfregando na cara de todo o Brasil que o time dele venceu e que está invicto. Como se isso fosse o que todos nós gostaríamos. Para Dunga pouco importa como se vence Honduras, desde que se vença. Se diante de um Honduras o resultado é assim, sofrido, imaginem contra um Alemanha...

Mas tem mais: a Série A cedeu apenas um punhado de jogadores para a Seleção, mas os times que cederam ficarão sem seus preciosos atletas por 3 semanas ou 7 jogos ( quase um quinto do campeonato ). Tudo porque o Brasil é o único país de elite do futebol a ter jogos nos meses de Junho e Julho, enquanto que mais de 150 países estão de férias. A Série B não cedeu nenhum atleta, mas também não vai parar, fazendo com as duas principais divisões do nosso futebol tenham partidas competindo com as do time da CBF. E, só para provar o amadorismo e falta de competência, a Série C - que nunca CEDEU um atleta sequer para o time da CBF, vai parar por 3 semanas. Realmente, é o fim da picada. E tem mais: em 2018 iremos ouvir outra vez que por causa da Copa, teremos que parar o futebol brasileiro, como se a Copa não fosse na mesma época do ano desde... 1930!!! Piada, sem dúvida...

Mas, infelizmente, tem mais ( muito mais ): o Presidente da Casa Bandida do Futebol ( termo cunhado pelo brilhante Juca Kfouri ) Marco Polo Del Nero tenta, com espantosa cara de pau, desvincular-se do antecessor José Maria Marin, de quem foi Vice-Presidente e com quem trama desde o fim dos anos 70, tentando deixar na conta deste tudo o que está acontecendo de errado. Mais descaramento é, possivelmente, impossível. E tenta, a todo custo, evitar uma CPI distribuindo benesses a Clubes e Parlamentares. Algo já foi feito no passado e salvou o cargo de Ricardo Teixeira, agora apenas investigado pelo FBI. Será que iremos ver o mesmo acontecer outra vez?

Enquanto isso temos as inúteis Federações Estaduais atrasando cada dia mais a evolução do futebol brasileiro e mantendo o poder da CBF. Caso alguém discorde de mim eu peço para verem em que outro país do mundo existem Federações como aqui no Brasil. Nem nos mais atrasado isso existe, mas aqui...

E assim caminhamos para o um ano dos 7x1... que seguem martelando na cabeça dos brasileiros de bem, mas que os de mau caráter tentam esconder. Mesmo sabendo que não é possível, mas eles tentam...

terça-feira, junho 9

Quem diria que um dia veríamos o PT defendendo privatizações como solução para o Brasil...

Venda da Telebrás: o PT foi até ao Supremo para impedir...
Nada como um dia atrás do outro com uma noite no meio. Esse é um dos ditados que eu mais gosto. Na época em que era oposição o Partido dos Trabalhadores atribuía ao Presidente Fernando Henrique Cardoso a pecha de "entreguista" do patrimônio brasileiro, com seu programa de privatizações. Alguns podem dizer que, quando se é oposição, o discurso deve ser mesmo este, mas não é bem assim. O PT, está bem claro agora, não era contra as privatizações em si, mas contra o Governo que as fazia. Ou alguém ai tem dúvida de que o Petrolão aconteceria caso a Petrobrás tivesse sido privatizada? Vou colocar de outra forma: quantos bilhões foram roubados da Vale do Rio Doce? Nenhum, afinal a mesma foi privatizada.

Isso quer dizer que eu sou 100% a favor das privatizações? Não, eu não sou totalmente a favor, mas acho que é uma saída interessante quando são bem feitas. Acontece que o PT era 100% contra e agora é 100% defensor, deixando claro que sua posição no passado era meramente enganadora. Fosse assim, porque Privatizar agora? Claro que nenhum petista vai concordar admitir isso e eles usam o termo "concessões". Pura balela. Adiante.

Hoje a Presidente Dilma Rousseff, com pompa, apresentou um pacote de Infra-Estrutura. E detalhe super importante: não foi chamado de PAC ( Programa de Aceleração do Crescimento ), que eu sempre chamei de engodo eleitoral. Antes qualquer coisa era PAC, agora o Governo resolveu deixar isso de lado.

A foto atual: o que mudou em 17 anos?
O Plano prevê investimentos de quase 200 bilhões de reais em diversas áreas ( Rodovias, Ferrovias, Portos e Aeroportos ). Antes que alguém pergunte, o Governo fala desse plano como se o mesmo fosse ficar pronto até o fim de 2018, mas alguns investimentos serão necessários até 2020, ou seja, 2 anos depois do fim do Governo Dilma!!! Outro ponto a ser observado é que quase a metade desse montante ficarão a cargo das empresas, não sairá do Caixa do Governo. Em suma: é um pacote com cara de factoide, para desviar as atenções do que de fato interessa, a péssima situação da economia.

Além disso, que já não é pouco, temos que este Programa é praticamente o mesmo lançado em 2012, com pompa e circunstancia. E que não atraiu atenção do empresariado, tudo porque o Governo queria seguir insistindo que as propostas vencedoras fossem as que tivessem a menor tarifa, mesmo que as empresas tivessem que fazer pesados investimentos. Não deu certo e agora o Governo teve que ceder: vai vencer quem apresentar o maior investimento em menos tempo.

Outro ponto a ser observado é que o PAC ( de quem Dilma era a mãe, lembram? ) 1 e 2 não foram concluídos até hoje e o 3 foi abortado antes de ser lançado. E ontem o Governo postergou mais uma vez a conclusão da Transposição do Rio São Francisco para 2017, o que vai dar um total de 10 anos de atraso. Isso, é claro, seja de fato concluída na nova data.

Eu gosto da História e não me esqueço das coisas facilmente. O PT é que não gosta e esquece muito fácil do sue próprio passado...

segunda-feira, junho 8

E a economia segue de mal a pior...

O quadro só piora...
Um ano atrás alguns desses indicadores já não eram excelentes como sugeriam as hostes petistas, mas ainda assim eram infinitamente mais animadores do que os que foram divulgados hoje pelo Boletim Focus, que é editado pelo Banco Central. Tudo o que pode significar o mau estado de uma economia está ai: inflação alta, baixo crescimento do PIB e Juros Altos. Some-se a isso a previsão de retração da produção industrial e temos o resultado nefasto do Governo Dilma ( associado ao que já fizera de errado o ex-presidente Lula ).

Comecemos pelo IPCA, que mede a inflação oficial. A Meta que o Governo compromete-se a alcançar é de 4,5%, com uma tolerância de 2% para mais ou para menos. Eis que a desse ano, segundo o Focus, deverá ser de quase o dobro da META, fechando em 8,46%. Só como comparação a de 2014 ficou em já altos 6,47%, com o Governo ( e seus defensores ) comemorando o fato de não ter estourado o TETO da meta, como se isso foi algo bom, coisa que claramente não é. E quem sofre mais com essa alta da inflação são os mais pobres, justamente aqueles que o Governo Dilma e o PT diz defender de todas as formas. E quanto mais alta a taxa, menor o poder de compra das pessoas, que acarreta em...

Redução da Produção Industrial. Com menos dinheiro as pessoas cortam o supérfluo e fica com o mais básico, deixando de comprar produtos industrializados e adiando indefinidamente a troca do carro. E sem vender, as industrias cortam empregos, que por sua vez reduzem o dinheiro em circulação e... bom, não precisa ser muito inteligente para perceber que isso vira uma bola de neve que vai destruindo a economia... e isso vai se refletir na queda do PIB.

E o Boletim projeta uma retraçao do PIB da ordem de 1,3%, o que passavam bem longe da propaganda oficial um ano atrás, mesmo com diversos sinais bem evidentes na época. Agora, contudo, nao tem maquiagem oficial que possa encobrir o caos instalado na economia. E que fique bem claro: tudo, sim TUDO, é culpa do Governo Federal, que gastou mais do que podia e gerou o quadro atual. Ao contrário do que tentam vender nas redes sociais, inexiste CRISE internacional, uma vez que a maioria dos países de destaque no mundo irão crescer.

E o Estelionato Eleitoral feito pelo PT fica mais e mais evidente a cada dia que se passa. E isso é terrível para o Brasil, porque todos nós - eleitores do PT ou não, é que estamos pagando o pato. Aliás, pato não porque é caro demais, uma franguinha no máximo...

domingo, junho 7

Com popularidade em baixa e sem ter o que mostrar, Dilma apela ao Marketing

Se a eleição Presidencial fosse hoje, alguns eleitores tradicionais do PT não escolheriam Dilma na Urna. Somente aqueles mais "loucos e fanáticos" o fariam. E isso está provado nas duas pesquisas abaixo:



Comecemos com o que aconteceu ano passado, durante a Copa. Dilma, pela primeira vez em seu mandato teve as linhas de aprovada/rejeitada praticamente empatadas, sendo pior no Datafolha do que no Ibope. Depois, graças ao marqueteiro João Santana, as linhas correram em direções opostas, até que ela foi re-eleita, em 26 de Outubro. Acontece que, em campanha, Dilma só falava via plateias escolhidas e pelo Guia Eleitoral, praticamente não conversava com a imprensa.

Antes de prosseguir, uma questão que eu venho percebendo faz tempo: antes as pesquisas de popularidade de Dilma eram mensais, agora quando muito, são de dois em dois meses. Curiosamente... Mas notem que em Dezembro tinha 18% e 14% mais de Aprovado do que Desaprovado, um dado curioso e que serve para expressar que ela ainda era mais defendida do que crucificada, mesmo que o estelionato eleitoral já estivesse bem claro no Natal. Mas ai veio o segundo mandato e tudo ruiu...

Agora em Abril ela tem menos de um terço de aprovação do que tinha em Dezembro. Menos de um terço. Segundo o Datafolha são 13% e pelo Ibope 12%, ante 64% e 60%, respectivamente, que a reprovam. Um feito e tanto, acreditem. É preciso ser muito, mas muito ruim para conseguir algo assim em menos de 10 meses. Dilma saiu de mulher que iria transformar o Brasil numa potencia em Outubro para a Presidente mais impopular da história do Brasil. Tudo porque João Santana não pode Governar por ela ou mentir todos os dias no Guia Eleitoral. 

Some-se a isso a péssima situação da economia, os escândalos da Petrobras, inflação alta, desemprego, cortes de direitos trabalhistas ( nem que a vaca tussa, lembram? ) e tudo mais o que rola. E ela, sabedora disso tudo, ainda achou-se no direito de, na posse, falar que o lema de seu segundo mandato seria "Brasil, Pátria Educadora". E cortou verbas da Educação e agora tem todas as Federais em greve. TODAS. Sem falar no corte no FIES e atraso nos repasses para Prefeituras e Governos Estaduais. Em uma só palavra: mentirosa. Simples assim...

Sem ter o que mostrar e sem qualquer perspectiva de arrumar o que mostrar, ela agora está tentando apelar ao Marketing para melhorar sua imagem. Por isso ela está andando de bicicleta e requentando obras para tentar sair da lama. Dizer a verdade talvez fosse mais eficaz. Mas falar a verdade não faz parte do manual petista/petralha.

Vai dar certo? Espero que não, mas em se tratando dos brasileiros é prudente não duvidar. Neste sábado completou 10 anos da entrevista bomba de Roberto Jefferson, na qual ele usou o termo Mensalão pela primeira vez. E Lula foi re-eleito com sobras em 2006 e ainda conseguir eleger a péssima Dilma duas vezes.


sábado, junho 6

Em jogo épico, Barcelona vence a Juventus e é campeao europeu pela quinta vez

Neymar deu o golpe de misericórdia na Vecchia Signora...
Antes de falar do jogão em si, uma informação importante: entre os países que compõem o primeiro mundo da Bola, apenas aqui no Brasil teremos partidas no dia de hoje. E entre as nações europeias e asiáticas nenhuma Federação Nacional tem atividade profissional no dia de hoje. Sabem o porque? Simples: não querem estragar o seu produto, porque os olhos de todos os que curtem o bom futebol estiverem voltados para Berlim e a final da Champions League. Pois no Brasil, vai ter rodada daqui a pouco... Entenderam o porque levamos 7x1 e seguimos, atualmente, sendo de segundo nível em termos de futebol? Adiante...

Foi uma partida épica. Primeiro falarei dos derrotados, a Juventus. O time de Massimiliano Alegri está de parabéns, pois não estacionou o ônibus na frente da área, como sugeriu o ídolo Gianluca Vialli ( ou seja, ficarem os 10 jogadores na frente da área, tentando segurar o 0x0 ). Começou melhor, tomou o gol mas nao desistiu da partida. Foi valente, teve ombridade e conseguiu - vá lá, meio que ao acaso - o empate. E uma vez empatada a partida, foi pra cima e teve, sim, chances de virar o jogo e consumar uma virada histórica. Faltou pernas, devido ao fato de ter 6 titulares acima dos 30 anos, 4 deles com mais de 33. Mas sai de cabeça erguida, com viés de alta e com contratações acertadas poderá não apenas manter a supremacia caseira ( é a atual tetra campeã ), mas dar o próximo passo e tentar vencer a sua terceira orelhuda.

Já o time do Barça... parece perfeito em muitas horas, mas de uma preguiça e indolência irritante em outras. Quase jogava fora uma conquista que fora ( muito bem ) desenhada nos 3x0 diante do fortíssimo Bayern de Munique. Quando o rival Real Madrid foi parado pela Juventus no dia seguinte tenho certeza que muitos riram pelos lados da Catalunha. E era entendível isso. A superioridade do time Culé ficou provada em mais de 2/3 da partida, com o trio MSN ( Messi, Suarez e Neymar ) jogando o fino da bola, tendo por trás deles um estupendo Andrés Iniesta, pra mim o melhor do mundo no que faz em todos os tempos do futebol. O time saiu na frente com um golaço no melhor estilo tático catalão: Neymar para Iniesta e este para Rakitic superar Gigi Buffon. No restante do primeiro tempo o Barça foi melhor e poderia ter feito mais gols. 

No começo do segundo tempo o Barça seguia perdendo gols até que uma excelente trama resultou no empate do time de Turim. E ai veio a preguiça e indolência a que me referi mais acima. Por instantes a Juve foi melhor e deu impressão de que poderia vencer. Passou perto, mas o mesmo Barcelona que é indolente é espetacular em instantes. Messi chutou firme e Buffon fez a defesa como dava e Suarez fuzilou pra rede, fazendo 2x1. Ai foi a vez da Juve sentir e dar espaços e sofrer para manter o jogo vivo. Até que...

Numa cobrança de Pirlo, veio o golpe final: Neymar arrancou com tudo, tocou para Pedro, recebeu de volta e não teve dúvidas para fazer o 3x1. A partida chegava ao fim, com um golaço, de um craque nacional que é o único fora-de-série que o Brasil tem. E que está crescendo a olhos vistos na Europa, mas eu santista que sou sempre soube que ele poderia fazer.

Uma partida histórica, com um enredo histórico e que premiou o talento superior do Barcelona. Que com o trio MSN pode dominar o futebol por mais algum tempo.