Patrocínio

Patrocínio

domingo, agosto 31

sábado, agosto 30

Blog do Jamildo divulga pesquisa: empate técnico entre Armando e Paulo

Virada a vista?
Até mesmo entre os mais ferrenhos seguidores da candidatura do Senador Armando Monteiro ( PTB ) a subida de Paulo Câmara ( PSB ), assusta. Eles admitem que era esperada uma subido nos número do ex-Secretário de Finanças do Governo Eduardo Campos, mas o percentual é que impressiona.

Segundo o Instituto IPMN ( do grupo Maurício de Nassau ), que fez pesquisa para o Blog do Jamildo, a diferença uqe era de 27% no final de Julho, agora é de apenas 4%, ou seja, empate técnico. Paulo Câmara subiu 18%, enquanto que Armando Monteiro perdeu 5%. Assim como no Ibope, a subido do candidato socialista se dá pelo convencimento dos indecisos, mais do que pela queda do trabalhista.

Os números são animadores para um lado e preocupantes para o outro. Salvo uma alteração na tendência atual, no fim de setembro, o ex-Secretário poderá aparecer em primeiro. Os números dão gás para Paulo e servem de estimulo para Armando não deixar a peteca cair...

Para o Senado, também foi verificada uma mudanças, Fernando Bezerra ainda está longe do ex-Prefeito João Paulo. Aqui os números:

Não existe, ainda, na disputa uma tendência de virada. Até porque FBC nem tem 20% ainda e João Paulo está próximo dos 30%, mas serve para alguma ânimo ao ex-prefeito de Petrolina. Por enquanto, ele não tem o que comemorar...

sexta-feira, agosto 29

Datafolha: Dilma e Marina empatadas. Aécio tem menos da metade das duas


O furacão Marina Silva vai, ao que parece, derrubar os dois partidos que polarizam as eleições desde 1994, PT e PSDB. Os tucanos, a menos que façam mágica, já são carta fora do baralho. No Ibope eram 10%, agora no Datafolha são 19% atrás das líderes. Acho muito pouco provável, mesmo votando em Aécio Neves, que o quadro se altere faltando pouco mais de um mês para o primeiro turno. A menos que, Dilma também comece a despencar, o que é tão improvável quanto ele subir... paciência, é a vida.

Dilma Rousseff e o PT tem muito, mas muito mesmo com o que se preocupar. O partido contava com o Horário Eleitoral para deslanchar para a vitória no primeiro turno. Isso agora é impossível, com certeza. E o partido terá que remodelar o discurso, pois se ficar apenas comparando com o que era na época de FHC ( mentindo muito sobre isso, diga-se ) corre o sério risco de terminar o primeiro turno bem atrás da ex-Senadora... quanta crueldade, pode pensar o petista. 

Marina cresceu impressionantes 13% na pesquisa do Datafolha. É um crescimento assustador e creio eu que não deva mais ser creditado apenas no clamor da morte de Eduardo Campos. Parece mais uma tendência. E agora, salvo um erro absurdo que Marina cometa, essa tendência deve só aumentar. Existem pessoas que votavam no PT por não gostar do PSDB e vice-versa. Não votavam em outra pessoa porque não se identificavam com outro candidato. Ao que parece, agora acharam... onde vai nos levar, eu sinceramente não sei. Aliás, ninguém sabe... mas isso fica para depois.

O instituto também, é claro, simulou o segundo turno. E as preocupações do PT só aumentam: Marina alcançou espetaculares 50%. É um patamar assombroso, devo admitir. Metade dos entrevistados votariam nela no segundo turno. Isso significa que se fossemos aplicar isso em votos válidos, ela passaria facilmente dos 54%. É muita coisa. O mais curioso é que o total de brancos, nulos e indecisos é o mesmo da pesquisa anterior ( 10% ). Foi Dilma quem caiu o mesmo percentual que Marina subiu. 

O Datafolha, para mim, errou em uma coisa: simulou segundo turno entre Dilma e Aécio e não entre Aécio e Marina. Não faz sentido simular um cenário e outro não. Talvez corrijam isso na próxima pesquisa. Dilma tem 48% contra 40% do Senador Tucano. Quanto a rejeição, todos os 3 pioraram. Dilma tem agora 35% ( era 34% ), Aécio tem 22% ( era 18% ) e até Marina com seus 15% ( antes tinha 11% ). O que isso significa? Que existe espaço para que Marina cresce ainda mais, do que Dilma. Aécio tem uma rejeição pequena comparada com Dilma, mas 19% atrás, isso quer dizer quase nada...

quinta-feira, agosto 28

E o jogo político, como fica?

Mais ou menos assim está a situação da corrida presidencial...
Isenção na existe, disse certo filosofo um dia. Eu não sou isento. E nem me proponho a sê-lo. E quem afirma ser, mente. E quem tenta ser, é hipócrita. Dito isto, eu tenho sim candidato a presidência, e ele é Aécio Neves. Quem lê este Blog e não me conhece já deve ter percebido isso. Mas o texto a seguir não vai ser para defender meu candidato. Este preâmbulo fazia-se necessário para que todos entendessem a ideia central dele: existem dois caminhos para a eleição presidencial, não 3.

Dilma e Marina possuem particularidades comuns e díspares ao mesmo tempo. Em certa medida, ambas representam mais do mesmo. Em outros não, mas ambas derivam do mesmo pensamento: o marxismo. Não ocupar a mente dos leitores com teorias históricas ( comuns a quem, como eu, é historiador ), mas basicamente o filósofo alemão Karl Marx é o "papa" dos esquerdistas ( ou coisa ainda pior ) mundo a fora, mas sobretudo na América Latina. E tanto Marina Silva quanto Dilma Rousseff beberam nesta mesma fonte. Daí elas terem ideias parecidas sobre como deve se dar um Reforma Agrária, serem tão afeitas a Ditaduras e terem sérios problemas com mecanismos democráticos. Neste ponto, as duas são quase iguais.

O que as tornam diferentes é o pensamento sobre a política. E isso é natural, Dilma jamais ocupara qualquer cargo disputando uma eleição. Já Marina foi de Vereadora a Senadora ( um salto e tanto, diga-se ), virou Ministra no mesmo tempo que Dilma e assim como este disputou o pleito de 2010. Enquanto todos sabem o que pensa Dilma, o mesmo não pode ser dito sobre Marina. Não existe, com clareza o que ela pensa sobre isso ou aquilo, apenas que ela representa a nova política. Segundo ela, Dilma e Aécio são o velho. Ela o novo. Mas o que é este novo exatamente? É uma frase de efeito ou uma atitude muito bem pensada?

No nosso sistema de Governo, negociar é fundamental. Vide o exemplo de Collor e de Lula. Ambos enfrentaram graves crises, mas o segundo não apenas manteve o cargo como foi re-eleito em segundo turno com quase o dobro de votos do segundo colocado. Já o Fernando, caiu porque tinha a habilidade de um gorila para negociar. Segundo ele próprio, perto do que ocorreu com Lula, o caso dele deveria ter sido julgado no juizado de pequenas causas. Talvez por isso sejam aliados hoje em dia. Mas voltando ao tema: negociar é mais do que preciso, é vital. E Maria Silva já demonstrou, mais de uma vez, ter a sutiliza de um hipopótamo para isso. De Eduardo Campos poderíamos esperar um negociar nato, pois terminou seus dias sendo aliado daquele que fora seu maior inimigo: Jarbas Vasconcelos.

Já Marina Silva... não demonstra este tino. Outra coisa a se ponderar: eleita, ele irá dar ao PSB o posto de partido de Governo ou irá dar esta primazia para o Rede, que será logo legalizado? Aqui fala o ainda filiado ao PSB, porque está é uma questão pertinente dentro do partido. Ninguém sabe e se souber, vai ficar calado.

Diante do exposto até aqui, e como já aconteceu no Facebook, o amigo pode perguntar: você está virando a metralhadora - que antes focava só no PT - para Marina porque ela superou seu candidato? Não, não é verdade. Quem me conhece mais a fundo vai lembrar que eu já tinha estas críticas a Marina Silva em 2010. Não passei a criticá-la agora, por esse seu modo quase sebastianista de ser. Não é de agora. E além do mais, eu voto em pessoas, não em pesquisas. E por fim, ela antes nem era candidata, portanto eu não tinha que fazer-lhe crítica alguma, candidata a vice-presidente que era.

A tendência atual é que Marina suplante Dilma nas próximas pesquisas. Assim o é porque muitas pessoas - ao contrário do que jamais fiz ou um dia irei fazer - tendem a votar de acordo com as pesquisas, com o momento. É o chamado "voto para não perder". Essas pessoas consideram que perder o voto é dá-lo a um candidato e este perder a eleição e não votar em alguém que vá fazer um péssimo Governo. Infelizmente é um pensamento bem popular. Coisa parecida deve acontecer em Pernambuco. E não é porque a maioria vá mudar para o meu candidato por causa de pesquisa que eu vá gostar disso...

Considero Aécio o contraponto ao modus operandi do PT, não Marina Silva. E acredito que eleição não é momento para se escolher com o coração e sim com o cérebro. Escolhas feitas em momento de comoção, costumam trazer grandes surpresas... algumas, bem desagradáveis, se querem saber...

quarta-feira, agosto 27

Na corrida do Campo das Princesas, Ibope aponta crescimento de Paulo Câmara

Ligeiro recuo de Armando e uma substancial crescida de Paulo, segundo o Ibope
O Ibope lançou também outra pesquisa sobre a corrida para o Campo das Princesas. E o resultado teve quase o mesmo efeito que a pesquisa nacional. O Senador Armando Monteiro ( PTB ) ainda lidera com 38%, mas teve uma ligeira queda quando comparado com o levantamento anterior, quando ostentava 43%. A margem de erro da pesquisa é de 3%, portanto ele oscilou mesmo para baixo. O patamar ainda é, até certo ponto, confortável, mas...

Seu opositor, o ex-Secretario da Fazenda Paulo Câmara ( PSB ) deu um salto tão impressionante quanto surpreendente, ao aparecer agora com 29%. Espantoso com certeza o crescimento, ainda mais quando observamos que ele tinha 11% na pesquisa anterior.

Normalmente, nestes casos, várias poderiam ser as explicações, mas aqui temos apenas uma: a morte de Eduardo Campos. Eduardo escolhera pessoalmente Paulo Câmara. E isso serve para o bem e para o mal, vide a tomada de decisão - ainda aguardo sua resposta Vice-Prefeito Luiz Carlos de Souza - de várias lideranças de pularem do barco socialista por considerarem autoritária a decisão. Bom, o fato é que a morte de Eduardo fez o jogo mudar. Antes muitos eleitores sentiam-se livres para escolher Armando Monteiro, que era aliado de Campos até pouco tempo. Mas com a morte do líder, o eleitor - mais do que lideranças - resolver declarar voto em Câmara.

O crescimento de Paulo foi de 18%, mas Armando perdeu apenas 5%. O resto veio dos eleitores indecisos e/ou aqueles que não sabiam. Foi de lá que foi o suporte para que Câmara desse esse salto nas intenções de votos. Uma diferença de apenas 9% onde antes era de 32% é algo que não acontece todo dia.

O eleitor quer- e aqui é mais um chute do que algo embasado em números - fazer valer a vontade do líder perdido, levando Câmara para - ao menos - perder de forma digna ou conseguir a virada improvável. O que se sabe, com certeza e não é achismo - é que agora teremos uma eleição a ser disputada. Pena que o preço para que isso aconteça, tenha sido tão pesado...

Ibope: Que é que é isso meu irmão?

Conseguirá Marina derrubar PSDB e PT?
A pesquisa Ibope veio como um tsunami para os tradicionais partidos que tem polarizado as eleições desde 1994. PT e, sobretudo, o PSDB tem muito com o que se preocupar após os dados de ontem. 

Comecemos por quem mais perdeu, o Senador Aécio Neves ( PSDB ). Ele estava confortável em segundo e com sinalização de um segundo turno contra Dilma Rousseff ( PT ), quando Eduardo Campos estava vivo e era o candidato do PSB. Pois agora ele corre o sério risco de ficar de fora da disputa e carregar seu partido para uma humilhação. Existem tempo para correr atrás, mas tirar 10% em pouco mais de 40 dias é uma tarefa dura demais. A conferir como aparecerá nas próximas pesquisas. Ao menos pode dizer que não caiu em termos percentuais, haja vista, que gravitava entre os 22% e 19% a depender do instituto. Terá que corrigir o rumo e tomar decisões perfeitas... acho complicado conseguir.

O ninho petista está em desespero. O comando do PT contava com os mais de 11 minutos no Guia Eleitoral para conseguir liquidar a fatura no primeiro turno, coisa que o PT nunca conseguiu. E agora está com apenas 5% de frente à ex-Senadora Marina Sila ( Dilma tem 34% segundo o Ibope ). Mas este, nem de longe, é o pior dado: na simulação do segundo turno Marina tem inacreditáveis 9 % de frente ( 45 x 36 ). É um verdadeiro baque. Até porque o eleitorado de Aécio vai votar maciçamente em Marina Silva. Dilma não deverá herdar votos do PSDB, isso é certo. Além disso a candidata segue sem conseguir conquistar o eleitor que o partido acreditava ser seu: o que, supostamente, foi beneficiado pelos programas chefe do Governo. Muita coisa terá que ser modificada. E assim como para Aécio, medidas cirúrgicas terão que ser adotadas. E isso, nos dois casos, sempre é bem raro acontecer... mesmo assim, acho pouco provável que ela apareça abaixo dos 30%. Se uma virada acontecer, será com Marina passando deste patamar. 

E enfim, Marina Silva... uma coisa é certa: se esse tsunami for uma onda de insatisfação ou uma mudança cristalina, ela vai aparecer na frente na próxima pesquisa. Se for apenas uma fase, decorrida da morte de Eduardo Campos, e por tabela, efeito da comoção decorrente, Dilma tenderá a se recuperar e Aécio se aproximar. Tudo fica para as próximas pesquisas. Um efeito excelente para a ex-Senadora é que agora as pessoas não vão mais querer de descolar dela e isso garante mais doadores, essenciais para manter o ritmo. Conseguir superar Dilma vai depender mais dela, do seu discurso, do que apelação à memória de Campos. Mas que neste momento só ela é quem tem o que comemorar.

terça-feira, agosto 26

Ibope: Marina encosta em Dilma e Aécio fica para trás

Marina vai subindo, subindo...
Segundo a Coluna de Lauro Jardim, a Presidente Dilma e, sobretudo, Aécio Neves tem motivos de sobra para se preocuparem: Marina Silva ( PSB ) aparecerá logo mais a noite com 27% ou 28%, na pesquisa que o Jornal Nacional vai divulgar, contratada ao Ibope. Aécio Neves ( PSDB ) tem entre 18 e 20%, enquanto que a Presidente Dilma ( PT ) terá 31 ou 32%. Será cenário de empate na margem de erro entre as duas candidatas e uma considerável diferença da ex-Senadora para o Tucano.

Para Dilma, a péssima notícia será que na simulação do segundo turno Marina aparecerá dois dígitos a frente da Presidente. Motivos, de sobra, para se colocar as barbas de molho... e hoje tem debate entre os presidenciáveis, na Band. O clima será quente...

segunda-feira, agosto 25

Morre Antônio Ermírio de Moraes


"Acho péssimo quando vejo que a prioridade do governo é dar esmola, e não acabar com os entraves à criação de empregos"


Não sei se sabem ao certo, mas eu sou terminantemente contra o Socialismo. Existem inúmeros motivos para sê-lo, mas eu destaco um: mortes. Enquanto que no Capitalismo as mortes contam-se em milhares, as dos socialismo marxista precisa-se de mais zeros, pois a conta é na casa dos milhões. Foram 50 milhões em Campos de Concentração ( sim, isso mesmo ) na Sibéria, durante o Governo de Stállin ( a quem o PC do B ainda chama de grande líder ). Outro 70 milhões morreram de fome na China de Mao Tsé-Tung. Fora outras incontáveis mortes em Cuba, Camboja, Coreiado Norte e etc...

Sendo assim, seria eu um amante do Capitalismo? Não. Apenas deixo claro que até hoje não existe opção melhor. Sim, não existe. Se um dia aparecer, eu irei - se vivo - provavelmente aderir a ela, mas por enquanto, antes o Capitalismo do que uma Ditadura que determine o que eu possa comer, como é agora o caso da Venezuela...

Bom, mas porque tanta teoria para um post que fala da morte de um empresário? Pois é, tem tudo a ver. A frase dele, epigrafada abaixo da foto, deixa isso claro: o socialismo tenta igualar todos por baixo, o capitalismo não. Emprego é a melhor saída, sempre. Torna livre - de governo e de pressões - a pessoa que o conquista. Antônio Ermírio sabia disso e lutou - toda a sua vida - para que o emprego fosse o maior possível.

Hoje ele morreu, aos 86 anos. Este Agosto está mesmo cruel, ceifando vidas notáveis. 

domingo, agosto 24

Salgueiro, com muito sofrimento, vence o Botafogo e permanece no G4


Em um jogo ruim tecnicamente, o time do Salgueiro venceu mais uma vez pelo placar mínimo e chegou aos 19 pontos, permanecendo no G4 mas agora mais perto do segundo colocado, o rival de hoje, que é o Botafogo da Paraíba.  Antes do começa da rodada o time estava 4 pontos atrás do Belo, agora só 1.

Anderson Paraíba fez logo ao 9 minutos da primeira etapa, mas o resto da partida esteve longe de ser uma grande partida. Perdendo gols e correndo alguns riscos, o time conseguiu controlar o placar mínimo. A falta de gols aliás, poderá cobrar seu preço mais a frente, já que o Carcará do Sertão é o único time entre os 7 primeiros colocados com saldo negativo. E esse é um critério de desempate. O time leva mais gols do que faz, a dura realidade a ser enfrentada.

Na próxima rodada, o Salgueiro vai encarar o Paysandu, em Belém, no sábado às 18:30hs.

60 anos do suicídio de Getúlio Vargas


Por uma infeliz coincidência, 2 dias separam a data de morte dos dois melhores presidentes de toda a nossa história. JK e Vargas, cada um de uma maneira bem diferente, plantaram as bases do Brasil moderno. Hoje, 24, completam-se 60 anos da morte do gaúcho de São Borja.

Getúlio Dornelles Vargas, nasceu em 14 de Abril de 1888 ( portanto, ainda no Império e sob a vergonha da Escravidão). Formou-se em Direito pela atual UFRGS em 1907, mas antes fora soldado em sua São Borja, onde a família era de uma tradição de estancieiros ( fazendeiros no português mais claro ). Pinheiro Machado, figura de destaque na República Velha, logo percebeu suas capacidades para a política.

Esta força política o levou a ocupar diversos cargos e a pleitear sua candidatura a presidência, tentando romper com a política Café-com-leite ( onde apenas pessoas de São Paulo - café - ou de Minas Gerais - leite - é que eram eleitas ). Washington Luiz, o então presidente, resolveu romper com a política, ao indicar o paulista Júlio Prestes. Acontece que Luiz, mesmo sendo carioca, fora indicado na vez dos paulistas. Assim, ganhou a ira dos mineiros, que decidiram apoiar Vargas, cujo vice foi João Pessoa, da Paraíba. Sim, ele é quem dá nome a atual capital das terras paraibanas.

Vargas perdeu a eleição, mas houve vários indícios de fraudes, de ambos os lados diga-se. Em 26 de Julho, João Pessoa - vice na chapa de Vargas e "presidente" da Paraíba - é assassinado no Recife, por motivos pessoais sem qualquer ligação com a eleição. Mas vira o estopim para revolução, que iria tolher a posse de Júlio Prestes ( primeiro brasileiro capa da Revista TIME ). Diante do clima bélico, Getúlio assume o Governo Provisório que teria a incumbência de dar ao Brasil uma nova constituição. Por ter ido contra o interessa paulista, Getúlio Vargas não dá nomes às ruas, escolas, hospitais em obras estaduais. O trauma é grande...

O resto da história todos sabem. Ele ficou no poder até 1934, quando foi mantido no poder em eleição indireta. Deu um golpe em 1937, conhecido com o Estado Novo. E na condição de Ditador ficou no poder até 1945, quando em decorrência da participação das tropas na II Guerra é deposto pelo militares. Se elege Senador por dois estados ( Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul ) e deputado por outros 6 nas eleições de 1946. Volta a presidência em 1950, ao vencer as eleições por ampla maioria. Seria agora um presidente constitucional.

Criador de diversas leis é mais lembrado pela CLT - Consolidação das Leis do Trabalho. Se temos férias, 13º Salário e outros benesses devemos a ele, que para muitos é o "pai do pobres". Teve outras grandes realizações com a criação da indústria de base ( siderurgia, sobretudo ) e por começar a implantar planos nacionais de educação. Também criou a Petrobrás, dentre outras empresas estatais.

Mas, ao contrário do período de 30-45, passou a ter pesada oposição, sobretudo de Carlos Lacerda, deputado da UDN - União Democrática Nacional - e o seu Governo foi questionado em diversos setores. O ápice foi o Atentado da Rua Toneleiro, quando Carlos Lacerda foi alvejado por tiros e o Major-Aviador Rubem Florentino Vaz perdeu a vida, ele que era segurança de Lacerda. Desse atentado, que as provas levariam ao Palácio do Catete ( que era o Planalto no Rio, então capital federal ), começaram as pressões para que Vargas renunciasse.

Vargas então realiza um reunião com o Ministros na noite de 23 de Agosto ( dentre ele Tancredo Neves, da Justiça ) onde ouve que a melhor saída seria licenciar-se da presidência. Segundo Tancredo, avô de Aécio, o mesmo teria concordado e antes de entrar em seus aposentos, deu ao amigo uma caneta de ouro para "o amigo das horas incertas". Não mais seria visto com vida. Cometeria suicídio ao amanhecer do dia 24. Deixou duas cartas, uma manuscrita e outra datilografada. A segunda até hoje contestada, pois era mais extensa que a primeira e porque trazia até termos em castelhano. O fato é que sua morte evitou um golpe que estava, claramente, em andamento. O seu vice, Café Filho ( que aquela altura era seu opositor ) não pode fazer o Governo que queria, mas o possível. A comoção popular foi terrível, sem precedentes.

Carlos Lacerda foi hostilizado pelas pessoas nas ruas, a tal ponto que teve que sair do Brasil, assim como outras pessoas de seu grupo político. O golpe foi tentado novamente em 1956, mas esta é outra história...

Getúlio Vargas não é um herói puro. Não é um vilão completo. Apenas é uma figura importantíssima na nossa história. Um dos 3 melhores Governantes de nossa história. A ordem dele nessa lista, depende de quem analise. Mas o seu lugar na história está garantido.

sábado, agosto 23

sexta-feira, agosto 22

38 anos sem JK, inegavelmente o melhor presidente da História do Brasil


Juscelino Kubitschek de Oliveira nos deixou, em um acidente de automóvel cercado até hoje de muitos questionamentos. JK como ficou popularmente conhecido, nasceu em Diamantina em 12/07/1902. Foi presidente entre 31/06/1956 e 21/06/1961, os famosos 50 anos em 5. Fundamental para a história do Brasil, era o favorito para o pleito de 1965, que nunca aconteceu por causa do Golpe Militar de 1964.

Numa curva da Rodovia Dutra, na cidade de Resende ele morreu. E o Brasil ficou mais triste e mais pobre. 

Charge do Dia: Olhando da melhor maneira...

Bem capaz de ser assim mesmo

quinta-feira, agosto 21

Ricardo Gareca e a falta de profissionalismo do futebol brasileiro

Gareca tenta apontar o rumo... terá tempo para isso?
Sou torcedor do Santos, caso não saibas. E um dos times contra o qual o peixe mais tem problemas para vencer é o Palmeiras, que completará 100 anos na próxima terça. O time de Pelé e cia venceu 8 campeonatos paulistas nos anos 60 e só não venceu todos porque o Palmeiras se meteu no meio vencendo em 63 e 66. 

Feito este preâmbulo, vamos ao ponto: o porco veio da Série B em 2013 e não fez contratações, até aqui, compatíveis com time de Série A. Perdeu seu único bom jogador quando ficou arengando por causa de 20 mil e viu Alan Kardec assinar com o São Paulo. Deu graças a Deus ao se livrar de Valdívia, só para ter que aceitá-lo de novo um mês depois. Não tem um goleiro confiável ( Prass está machucado ), a defesa é frágil e falta um craque. Antes da Copa, o Presidente Paulo Nobre resolveu ousar: contratou o técnico Ricardo Gareca ( lê-se Garêca ), de ótimo retrospecto na vizinha Argentina, sobretudo no Velez Sarsfield. E é aqui que começam os problemas...

Mesmo que o futebol sulamericano seja, em sua maioria, uma várzea ( no pior sentido da palavra, diga-se ), na Argentina o técnicos tem tempo para trabalhar. Os times, ao menos os de ponta, costumam acreditar que a manutenção do trabalho dará resultados. Aqui, sabemos que não é bem assim... Gareca trabalhou o tempo da Copa, mas o time é fraco para ser bondoso. Não é, nem de longe, time para conquistar vaga na Libertadores. E é aqui que eu identifico o segundo problema: falta de visão em identificar o potencial do time.

Nenhum time recém saído da Série B pode acreditar que vá conseguir uma vaga para Libertadores. Eventualmente isso pode até acontecer, mas não é lógico. É preciso melhorar o time, dar-lhe maturação e na segunda temporada sonhar com isso. Ou então conseguir a vaga na Copa do Brasil ou na Sulamericana. Mas no Brasileirão, nem pensar. E ai vem o terceiro problema: por se acreditar grande, o Palmeiras acredita que tem que ser campeão. E esta é uma realidade muito distante...

No início dos anos 90, com a Parmalat tocando o futebol, o time venceu quase tudo o que podia: 2 Brasileiros, 3 Paulistas, 1 Copa do Brasil e 1 Libertadores. Só faltou o Mundial... mas não eram os dirigentes do time quem davam as cartas e sim a multinacional dos alimentos. Quando a mesma saiu... bom, desde 2000, foram 2 rebaixamentos, 1 paulista e uma Copa do Brasil, que até Santo André e Paulista de Jundiaí venceram, é bom ressaltar. Daí vem a dolorosa afirmação: o Palmeiras não é mais um time grande. E isso para o seu torcedor é terrível...

Paulo Nobre injeta dinheiro do próprio bolso. Fala-se em mais de 100 milhões. Um time como o Palmeiras, com o potencial que possui, não deveria ficar a mercê de um mecenas... mas é o que acontece agora. E sem profissionalismo, o futuro é negro. Ricardo Gareca parece-me um bom técnico, tem visão e pode ajudar muito o Palmeiras. Mas o problema é o tempo...

O que esperar de Marina Silva?

Habemus candidata... mas que candidata?
Marina Silva é uma vencedora. Aos 56 anos é uma figura importante no cenário político brasileiro. Mas qual é a sua real importância? Difícil saber ou precisar. O fato é que vai disputar sua segunda campanha presidencial, pelo segundo partido convém lembrar.

O destino tolheu do PSB, partido ao qual ainda sou filiado, o seu maior líder. E agora o mesmo se viu obrigado a deslocar a então candidata a vice-presidente para o posto principal. Era a alternativa que sobrou e nem haveria lógica em fazer outra coisa. Acontece que Marina não é do PSB, ela está de passagem pela sigla, tão logo consiga o registro do Rede Sustentabilidade. Todos no PSB sabem disso e Eduardo sabia, é claro. Mas ela serviria muito bem como vice, mas como candidata...

Marina Silva tem um linguajar próprio. Muitas vezes eu tenho sérias dificuldades para entender o que ela fala e - humildemente - me considero alguém com um vocabulário grande. Ela tem um grande vilão pros problemas do Brasil: o Agronegócio. Para ela este setor é um mal e não uma solução. Claro que eu não sou louco de fechar os olhos para os problemas que decorrem do aumento da produção, que é - por óbvio - desmatamento. Acontece que se não fosse o Agronegócio o Brasil viveria em recessão desde sempre. O setor é único que cresce consistentemente e segura - praticamente sozinho - o aumento das exportações. Mas para Marina Silva...

Além disso, alguém ai sabe qual seria a ideia dela para a política econômica? Aliás, alguém sabe o que essa mulher pensa sobre qualquer que seja o assunto? O fato é que Marina Silva é uma incógnita ou uma esfinge, se preferirem. E o PSB sabe disso. E não teve muito o que fazer. E tratou de indicar como vice-presidente alguém com raízes históricas com o Partido, o Deputado Federal Beto Albuquerque, do Rio Grande do Sul.

O fato é que Marina Silva poderá chegar ao Palácio do Planalto sem que ninguém saiba ao certo o que ela pensa. E isso em se tratando de Democracia não é nada bom...

quarta-feira, agosto 20

Dunga, infelizmente, voltou. E segue sendo o mesmo imbecil de antes...

Um grosso. Dentro e fora de campo...
Dunga realmente voltou. O que parecia um pesadelo, confirmou em uma terrível realidade. Após levar 7x1 da Alemanha, a CBF - Casa Bandida do Futebol - fez justamente o contrário do que deveria ter feito: olhar para trás. Ok, você já leu isso aqui. E sempre que este destemperado da foto convocar seu "grupo" de jogadores, ela voltará aqui. Mesmo que vença a Copa de 2018, Dunga ainda será um péssimo técnico. Aliás, nem isso ele é, para ser fiel a palavra técnico...

Os nomes convocados não surpreenderam quase ninguém. Duas faltas por mim foram sentidas: Ganso, do São Paulo, e Lucas do PSG. No mais eu não entendo porque Hulk foi convocado. É um, para mim, jogador comum. E seleção não deveria ser lugar de jogador comum, como já dizia o velho João Saldanha...

A mais nova de Dunga, na verdade, aconteceu antes da convocação: ao ser perguntado se Neymar seria craque, ele disse que craque é quem vence Copa do Mundo. Pior definição não poderia existir. Segundo os absurdos critérios de Dunga, ele próprio é um craque de alta estirpe, mas Falcão não é. E Dunga, eu garanto, não serve nem para amarrar os cadarços do maior atleta da história do Inter. Anderson Polga seria mais jogador que Mauro Galvão, Paulo Sérgio maior do que Socrátes e Zinho maior do que Zico. Sem falar em Messi, Di Stefano, Puskas, Eusébio, Cristiano Ronaldo, Luiz Figo...

Dunga, o grosso, está preocupado com o extra-campo, não com o campo, que foi onde tomamos de 7. É, o Dunga voltou... e não mostrou nada, absolutamente nada de novo... o que torna mais terrível ainda a sua volta... 

Charge do Dia: Trocando o rosto

mais ou menos assim, não é mesmo?

segunda-feira, agosto 18

Datafolha: Marina presidente? Calma, muita calma nesta hora...

 

O Datafolha esteve em campo nos dias 14 e 15 ( sim, logo no dia seguinte à morte de Eduardo Campos ). E trouxe novidades sobre o praticamente certo cenário da disputa sem o ex-Governador. Dilma Rousseff e Aécio Neves ficaram onde estavam ( 36% e 20% respectivamente ), mas Marina Silva... bom, Eduardo patinava abaixo dos 10% fazia tempo, mas a ex-Senadora aparece com expressivos 21%, a frente do Senador Tucano, mesmo que empatados tecnicamente.

Era esperado, devo dizer. Marina tem o que é chamado de recall ( lembrança no eleitorado ), é uma figura bem conhecida e tem todo este clamor após a morte de Campos. A questão aqui é saber até quando? Com os números auferidos confirma-se - em parte ao menos - meu pensamento sobre o cenário daqui para frente: onde Dilma e o PT devem mudar o foco e cerrar fogo contra Marina. Qual o motivo disso? Primeiro porque o partido entende ser mais fácil derrota Aécio e o PSDB. Depois porque na simulação de segundo turno...


Marina apareceu 4% na frente de Dilma. Motivo mais do que suficiente para que os petistas desloquem suas baterias para a ex-senadora petista. Assim sendo, deveremos ver a presidente usando seu guia quase infindável para atacar Marina Silva e o PSB, mesmo que ainda sobre-lhe tempo suficiente para atacar Aécio... mas será uma questão de - aos olhos petistas - escolher o adversário que lhes pareça mais acessível. Basta ver se o eleito vai concordar com isso... Ainda no segundo turno, Aécio perdeu importante terreno ante Dilma. Na pesquisa anterior estava 4% atrás e vinha seguidamente diminuindo a distância para a presidente. Agora está a 8 pontos atrás, o que não é um bom sinal. Mais um, se olharmos o fato de aparecer em terceiro na pesquisa.

Outro dado importante é a rejeição. Dilma manteve o mesmo patamar anterior, Aécio aumentou 2 ( tem agora 18%, um número muito baixo ) e Marina herdou a rejeição que Campos tinha. Significa que tanto ela como Aécio tem potencial de crescimento maior do que Dilma.

O jogo mudou. Até quando o efeito pela morte de Campos vai aquecer a campanha de Marina é o que saberemos...

domingo, agosto 17

Salgueiro x Águia de Marabá

Justa homenagem...
Tudo mais ficou sem sentido diante da tragédia se abateu sobre Pernambuco. Nenhum Estado da Federação é capaz de entender como está o clima na nossa terra. Sim, nossa. Por maisque eu seja paulista de nascimento - e me orgulhe bastante disto - tenho o Leão do Norte em meu coração. É uma escolha, da qual não me arrependo em um único momento.

Dentre as coisas que ficaram em segundo plano, está o futebol. Daqui a pouco o nosso Carcará receberá o Águia de Marabá brigando por uma vaga no G4 da Série C. O jogo será, como todos sabemos no Cornélio de Barros Muniz e Sá, o nosso Salgueirão. Que foi reformado em 2011, em virtude do acesso do time para a Série B, ocorrido em 2010. E a reforma se deu por empennho de Eduardo Campos em cumprir uma promessa feita quando ele recebeu os heróis daquela campanha em Recife: a de que o Carcará jogasse em uma casa novinha em folha. E assim foi feito, mesmo que por problemas burocráticos, o estádio só tenha sido reinaugurado em 18 de janeiro de 2012.

Aliás, com todo o respeito ao pai do ex-prefeito Cornelito, acho que devemos mudar o nome do Estádio para Governador Eduardo Campos. Seria uma boa homenagem...

Dentro de campo, o Salgueiro poderá prestar uma bela homenagem vencendo e derrotando o rival. Conseguirá o lugar no G4 e prestará a derradeira homenagem a Eduardo. Tomara que consiga as duas coisas...

Eduardo Campos: Madeira de lei que cupim não rói...

eu nunca desisti... ele também não.
Eduardo Henrique Accioly Campos. Pessoa forte, decidido, articulador, perseverante, amigo, fraterno, firme... tanto são os adjetivos que podem ser atribuídos ao ex-Governador que eu poderia escrever por horas e nem chegar perto de esgotar as possibilidades...

Eduardo foi o Governador mais votado da história do estado. Sua trajetória política começou muito cedo, quando foi Chefe de Gabinete do Governador Arraes, em sua segunda passagem pelo Campo da Princesas. Em 1990 foi eleito Deputado Estadual e comandou a oposição ao Governo de Joaquim Francisco. Em 1994 foi eleito Deputado Federal, mas não cumpriu o mandato, pois virou Secretário do terceiro mandato do avô Miguel Arraes. Primeiramente na Casa Civil, depois como Secretário da Fazenda. Lá ficou marcado pelo "escândalo dos precatórios", quando descobriu-se que diversos Governos Estaduais usavam carta precatórias para fazerem caixa. Seria inocentado anos depois pelo STF.

Em 1998 foi novamente eleito Deputado Federal, mas viu seu avô sofrer a mais pesada derrota de sua história, ao perder para Jarbas Vanconcelos por mais de 1 milhão de votos. Derrota que ele devolveria em 2006 em cima do vice-governador de Jarbas, Mendonça Filho. Seria re-eleito para a Câmara Federal em 2002. Viraria Ministro da Ciência e Tecnologia do Governo Lula. Ficou lá até 2005. Em 2006 lançou-se candidato a Governador. As primeiras pesquisas apontavam menos de 10%. Mas a confiança dele nunca se abalou. Enquanto Mendoncinha e o petista Humberto Costa trocavam farpas, Eduardo foi crescendo. Faltando 15 dias superou Humberto e foi para o segundo turno contra Mendonça. Resultado final? Eduardo venceu por mais de 20% de vantagem e com mais de 1 milhão de votos. O avô, falecido um ano antes, estava vingado.

Governou de forma simples e objetiva. Não irei dizer que transformou o Estado, porque não apoio mistificações. Deu, assim como todos os seus antecessores, sua contribuição para um estado melhor. Talvez mais que outros, é claro, mas isso eu deixo a história decidir. O fato é que foi re-eleito com sobras, obtendo mais de 80% dos votos válidos, derrotando o ex-governador Jarbas Vasconcelos por uma frente maior do que este derrotara seu avô em 12 anos antes.

Manteve a linha no segundo governo que aplicara no primeiro. Vangloriava-se da Rede de Escola de Tempo Integral que cobria - segundo o Governo - todo Pernambuco. Programa que ele não começara - as primeiras foram implantadas no último ano do seu antecessor Mendonça Filho - mas que virou um dos carros chefe de sua administração. Construiu os 3 hospitais prometidos em 2006, embora tenha levado o dobro do tempo. Revitalizou o Futebol em Pernambuco com o Programa Todos com a Nota, que ajudou também nas artes, cinema e parques.

Em 2012 começou a ensaiar voos mais altos: bateu de frente com o PT, a quem sempre apoiara, em diversas capitais e cidades importantes. Venceu em algumas, sobretudo no Recife ao derrotar a chapa petista formada pelo Senador Humberto Costa e o Deputado Federal ( e duas vezes Prefeito ) João Paulo. A senha estava dada. Eduardo sentiu que poderia alçar voos mais ousados...

Em Agosto de 2013 rompeu com o Governo da Presidente Dilma e lançou sua própria candidatura. Um golpe de sorte o ajudou a ter Marina Silva em suas trincheiras: a ex-Senadora não conseguiu registrar o seu próprio partido ( Rede Sustentabilidade ) e para não ficar inelegível, aceitou filiar-se ao partido de Eduardo e ser sua vice. Precisa-se de sorte na vida e na política...

Veio 2014, e em Abril ele deixou o Governo. As pesquisas - tal qual em 2006, davam-lhe o terceiro lugar e ele disse que não era uma simples coincidência deixando claro seu otimismo. Acreditava que tão logo soubessem que era sua vice e ele se tornasse mais conhecido do eleitorado, começaria a cresce e chegaria ao segundo turno. E uma vez lá...

Uma manhã chuvosa em Santos encerrou tudo. O que aconteceu naquele voo que arremeteu na Base Aérea de Santos talvez nunca se saiba, mas o fato é que o sonho de Eduardo em realizar o do avô ( considerado presidenciável forte para o pleito de 65 ou o de 70 ) foi abruptamente interrompido. Não mais o teremos em nosso convívio, não mais o teremos disputando eleições. Fica a saudade eterna. E o vazio.


Eduardo Henrique Accioly Campos. 49 anos recém completados. Casado com Renata de Andrade Lima Campos, que faz 47 nesta semana. Pai de Maria Eduarda ( 22 ), João Henrique ( 20 ), Pedro Henrique ( 18 ), José Henrique ( 9 ) e o pequeno Miguel, nascido em 28 de janeiro. Mulher e filhos que, sabe-se lá como parecem fortes como rocha diante de tamanha tragédia. Igual o Madeira do Rusarinho, que como escreveu Capiba "é madeira de lei que cupim não rói".

O Adeus a Eduardo Campos em fotos






Corpo de Eduardo Campos, e outros 2 mortos no acidente, já está no Recife

João Henrique e Pedro Henrique carregam o caixão com o corpo do pai...
O Corpo do ex-governador Eduardo Campos chegou à base aérea do Recife por volta das 23:00, com uma hora de atraso. Seus filhos e viúva estavam lá para recepcioná-lo. Momento de muita tristeza. Coisa dura de se ver...

O cortejo passará por 10 bairros e deverá chegar por volta das 01:30 no Palácio do Campo das Princesas. Neste primeiro momento o velório será apenas para os parentes das vítimas ( outros dois mortos no acidente também serão velados no Palácio ). E só será aberto para visitação, por volta das 06:00 da manhã.

sábado, agosto 16

Corpos chegam a noite no Recife. Enterro será amanhã


O IML de São Paulo terminou a identificação dos restos mortais das vítimas. Os corpos sairão de SP entre as 16:00 e as 18:00 hs. Por isso devem chegar na Base Aérea do Recife por volta das 21:00hs. Tão logo cheguem, serão deslocados para o Palácio do Campo da Princesas, onde serão velados, na calçada. A decisão pela calçada é para facilitar o acesso das pessoas. Praticamente todos os Governadores de Estado já confirmaram que estarão presentes para se despedir de Eduardo Campos e as outras vítimas ( listadas na foto acima ). Além de todos os prefeitos do Estado e inúmeros Deputados ( estaduais e federais ), Senadores, Ministros e políticos sem mandato ( caso de Lula, FHC, Aécio dentre outros ).

Eduardo Campos será sepultado no Cemitério do Santo Amaro, no mesmo túmulo onde está enterrado o seu avô Miguel Arraes. O local é visitado desde quarta-feira com grande intensidade. O horário do enterro será às 17:00hs. Isso em tese é claro. Vai depender de diversos fatores, alheio a todos.

Será um momento de extrema comoção. Ao contrário de mortes de pessoas com 70 ou 80 anos, a perda de um líder antes do 50 é um fato inesperado, chocante. Da forma como se deu, isso só é amplificado...

Marina vai ser candidata. Mas se eleita, vai deixar o PSB?

Existia uma verdadeira sintonia entre eles... mas era entre eles apenas...
Marina Silva é uma sobrevivente. Em mais de um sentido. Assim como Chico Mendes - de quem era amiga pessoal - era integrante da lista dos inimigos dos seringueiros no Acre. Acredita-se que tenha escapado de duas tentativas de assassinato. Passou por uma grave doença. Superou a pobreza para virar uma líder respeitada do meio-ambiente. Elegeu-se Senadora após ser, por anos, Deputada Federal. Virou Ministra do Meio-Ambiente no Governo Lula. Até romper com o partido, por ter sofrido pressões - de Dilma principalmente, a época Ministra Chefe da Casa Civil - devido a não apressar licenciamento ambiental de obras consideradas vitais para o Governo.

Saiu do partido e ingressou no PV e articulou sua candidatura a Presidência. Recebeu quase 20 milhões de votos - muita coisa, sem dúvida - e passou perto do segundo turno. Rompeu com o PV quando viu que o partido não tinha programa tão verde assim. Decidiu criar o seu próprio partido, o Rede de Sustentabilidade, segundo a nova onda de siglas sem o termo "partido". Segundo assessores da ex-senadora, o Palácio do Planalto teria mexido os pauzinhos para evitar que a legenda fosse criada. Verdade ou não, é que outros 6 partidos ( entre ele o Governista Pros ) foram criados em Setembro passado. Sem espaço no PV, de onde saíra, Marina ficou sem opções. Até que Eduardo Campos lhe estendeu as mãos.

Era a união de duas metades que sem completavam: Eduardo precisava de conhecimento nacional para sua candidatura e Marina precisava de um partido que permitisse a ela ( e seu grupo ) a disputarem as eleições deste ano. Tiveram, desde o começo, o discurso da união, mas existem problemas sim. Alguns que devem ser acentuados agora. Marina não viu com bons olhos as costuras estaduais que Eduardo comandou, sobretudo em São Paulo onde o partido indicou o vice de Geraldo Alckmin. Campos pensava em fazer o partido chegar nas 40 cadeiras de Deputado Federal, Marina queria coligações - digamos assim - menos fisiologistas.

Marina foi testada em pesquisas até Abril deste ano. E tinha, segundo Datafolha, 26%. O que garantiria o segundo turno, pesadelo para Dilma, mas também para Aécio Neves que na época tinha apenas 16%. Sendo assim ela deve reaparecer nesta terça ( quando o mesmo Datafolha vai divulgar pesquisa com o nome dela ) muito perto dos 20%. Dilma e Aécio devem cair, pois ambos devem ter herdado votos que seriam, em tese, de Marina. O que sei é que com a ex-senadora  na disputa, eu cravo com 100% de certeza que teremos segundo turno. A questão, além de saber quem lá estará, passa a ser: se for ELEITA, ele Governará como filiada ao PSB?

A resposta é óbvia: assim como ela estava, apenas, de passagem pela legenda, caso eleita ela - a menos que a lei vete, deixando em risco o cargo - deve migrar pro seu Rede. E isso não é chute, é a realidade.

Assim a morte de Campos pode de alguma forma levar votos a Marina, mas o PSB sai perdendo, com certeza. Não apenas pela perda de seu presidente mas porque poderá vencer a eleição e ficar sem presidente. Além disso, Marina Silva, acreditem, não será uma boa presidente porque lhe falta habilidade de negociar. E o PSB não seria Governo no seu próprio Governo. Se é que me entendem...

sexta-feira, agosto 15

Renata Campos: a esposa discreta de um político popular...


Tive o prazer de conversar com Renata Campos uma vez na minha vida, antes do marido dela virar Governador. Pareceu-me uma pessoa simples. Seus gestos e ações apenas confirmam isso. Ela preza pela discrição e está agindo assim agora que perdeu seu marido. Isso, contudo, não está a impedindo de receber quem quer que vá a sua casa. Amigos e assessores pensaram em restringir o acesso a ela e aos filhos de Eduardo Campos. Ao saber, ela retrucou: "Se as pessoas estão vindo é porque gostam dele ( Eduardo ). Então deixem entrar". Poucas pessoas agiriam assim. Mas Renata Campos, que completará 47 na semana que vem, não é qualquer uma.

Claro e evidente que diversos jornalistas querem ouvir o que ela tem a dizer. Alguns, no Facebook, já tratam isso de desrespeito. Não, não é. Ou será que você amigo leitor não gostaria de saber o que ela tem a dizer desta, infeliz, tragédia? A Globo destacou uma repórter de primeira linha, Sônia Bridi, para ir ao Recife conversar com Renata. A mesma deu como resposta: só depois do enterro. Nada poderia ser feito por alguém que jamais apareceu maior do que o marido.

Existem várias mulheres de político no Brasil, desde Lu Alckmin e seus vestidos de moda e outras como Marisa que mandou plantar rosas vermelhas em forma de estrela no Palácio da Alvorada. Outras não sabem se expressar em entrevistas e existem ainda as que chamam a atenção pela ousadia no se vestir. Renata Campos, não é de nenhuma delas.

Cuidadosa ao extremo, não é de falar com a imprensa para não causar constrangimentos ao falecido marido. Também nesta linha, cuidava pessoalmente das agendas dos filhos, que nunca estiveram ligados a qualquer escândalo. E isso tendo 3 filhos com mais de 16 ( Maria Eduarda 22, João Henrique 19 e Pedro Henrique 17 ). Era uma mãe que fazia o que outras primeiras-dama não gostavam de fazer: ser mãe.

Recusar-se a dar entrevistas até o enterro do marido, para ela, é o papel que lhe cabe. E seguirá- tenham certeza, assim quando a imagem do marido foi uma feliz lembrança para todos. Renata Campos, que só discordava do marido quanto a futebol, torcedora do Sport que é, seguirá sendo discreta. Porque assim ela é o é.

Caixa Preta não continha gravação do voo que matou Eduardo Campos

Caixa preta - que é laranja - não estaria ligada...
A notícia mais importante do dia é que o áudio contido na Caixa Preta ( que ironicamente é laranja ) não era da voo que vitimou Eduardo Campos ( e outras seis vidas ). Isso sugere que ela estaria desligada, pois segundo especialistas seria impossível que o áudio de apenas um voo pudesse ser apagado pela queda. Se houvesse comprometimento este atingiria a todo o histórico do dispositivo.

Essa informação, fornecida pela FAB - Força Aérea Nacional  - torna mais complicada uma rápida elucidação do que causou a queda, quase impossível na verdade. O CENIPA - órgão especializado na investigação de acidentes aéreos - irá conduzir seus trabalhos abarcando outras vertentes e analisando todo o material que foi recolhido no local do acidente. 

Segundo regras da aviação, jatos com capacidade para além de 10 pessoas ( o Cessna XL 560 comportava 12 ao todo ) tem a obrigação de manter atualizadas as caixas pretas. Agora o CENIPA vai tentar entender porque elas estariam desligadas.

Bomba: Roberto Carlos diz que vai fazer uma autobiografia e vai contar tudo...

Anos atrás ele massacrou o autor de uma biografia não autorizada...
O Rei Roberto Carlos, de quem sou declarado fã, anunciou que irá fazer uma autobiografia e que irá contar tudo sobre sua vida. E esse tudo é daquelas afirmações que é capaz de causar abalos...

Poucos sabem, mas um dos seus maiores segredos é o fato de que ele não possui uma das pernas. Não sabia disso? Sério? Pois é... ele sofreu um acidente quando criança em Cachoeiro do Itapemirim, quando ficou com um dos pés presos nos trilhos do trem. Pouquíssimas pessoas sabem disso, mas ele e Erasmo colocaram citação ao acidente na música "o divã":

Relembro bem a festa, o apito
E na multidão um grito
O sangue no linho branco
A paz de quem carregava
Em seus braços quem chorava
E no céu ainda olhava
E encontrava esperança
De um dia tão distante
Pelo menos por instantes
encontrar a paz sonhada. 

Vamos aguardar para ver esta autobiografia e como ela será feita. Existem outros pontos a serem esclarecidos. O Brasil merece saber mais da vida do seu maior ídolo musical. E Roberto Carlos o é, pois está fazendo sucesso ( em níveis diferentes ) desde o início dos anos 60...

O que se sabe sobre o acidente que matou Eduardo Campos e equipe


Local onde o avião caiu...
O Brasil ainda está em choque. A maioria de nós sente que perdeu alguém da família, um irmão, um pai ou um filho, a depender da idade de quem analisa. A situação ainda gera impacto, pois o ex-governador Eduardo Campos era mais do que um simples político. Era também uma liderança e era querido.

O acidente ainda sem explicação oficial, começa ter linhas de investigação mais definidas. O Site da Folha SP fez um infográfico, explicando como o voo aconteceu e como deveria ter ocorrido. Ainda não é uma explicação oficial, mas traz um pouco de luz para uma situação obscura e cheia de incertezas...

quarta-feira, agosto 13

Despedida?


O ex-Governador Eduardo Campos morreu em um acidente de avião, ocorrido hoje na cidade Santos ( SP ). Ninguém sobreviveu ao acidente. Eduardo Campos tinha uma vasta agenda na baixada santista. Ao que parece, estava programada a presença de Marina Silva, vice na chapa do PSB, e da esposa de Eduardo, Roberta Campos no avião que saiu pouco depois das 10:00 da manhã do Rio em Direção ao Aeroporto de Garulhos. 

Por uma dessas coisas que só o acaso podem explicar, as duas ( além do filho caçula Miguel ) tomaram rumos distintos: a ex-Senadora foi para a Capital, descendo em Cumbica, enquanto que Renata seguiu para nossa capital, chegando no Aeroporto dos Guararapes depois da queda do avião do marido. 

Por uma outra quase que inacreditável coincidência, ele morreu no mesmo dia em que seu avô, o também ex-Governador Miguel Arraes, 13/08. Coisas do destino...

O Brasil está consternado, em estado choque. Não tenho palavras para descrever a admiração que tenho pelo ex-Governador. Que nos deixa órfãos de sua liderança, sua confiança, sua vontade de realizar as coisas em prol do povo. Nem sempre conseguindo, mas sempre tentando...

Tudo o que for dito não será suficiente para dimensionar a perda. Nada. Por isso, deixo o vídeo acima com a homenagem que os filhos fizeram para seu aniversário de 49 anos, completados no último domingo, dia dos Pais. Os 5 filhos que agora ficam órfãos e sentirão mais do que ninguém a perda de Eduardo Henrique Accioly Campos.

Que Deus proteja a todos. 


Charge do Dia: "Só sei que foi assim..."

sem mais...

Eduardo Campos morre em acidente aéreo na cidade de Santos

O ex-Governador e um certo gordo feio...
Estava tranquilamente assistindo ao filme "Atrás das linha inimigas" com os excelentes Gene Hackman e Owen Wilson ( filme que eu recomendo ), quando vejo pipocarem notícias de queda de uma jatinho em Santos e que dentro dele poderia estar o ex-Governador Eduardo Campos...

Rapidamente coloquei na Globo News ( primeiro canal que me lembrei no número ), esperando que fossem apenas boatos... mas a Emissora já estava era confirmando a morte do ex-Governador.

Estou chocado. Mal posso acreditar. Aquela figura política tão forte e que me conhecia. Não era apenas protocolares apertos de mãos. E no dia foto que ilustra este post eu fizera perguntas sobre educação e qualidade da merenda escolar servida na escola em que minha mais velha estuda. Ele responde e comprometeu-se a resolver o problema até um determinado dia. E cumpriu...

Fica o vazio. Fica a perda. Fica a tragédia. Eu mal consigo terminar de escrever... que Deus receba sua alma e que lhe dê o descanso eterno. Um ano de 2014 super triste até aqui...

E não falemos de política. Isso é irrelevante neste momento de tanta tristeza.

terça-feira, agosto 12

Charge do Dia: Tá com pressão alta?

"coitado é filho de rato, que já nasce pelado"
O ex-presidente do PT José Genoino deixou a prisão. O presidente do PT à época do mensalão ficou muito pouco tempo preso. Impressionante como o nosso sistema é falha. Um verdadeiro soco no rosto dos brasileiros. Embora alguns estejam comemorando... mas isso dá a medida do caráter de quem faz isso...

CRB vence o ASA e tira o Salgueiro do G4

Classificação da Grupo A da Série C.
O CRB venceu o ASA no clássico alagoano por 2x1 e entrou no G4, tirando justamente o nosso Salgueiro. Era o esperado, o Galo da Pajuçara era mesmo o favorito e mesmo que empatasse ainda assim ficaria na frente.

Olhando mais atentamente para a classificação, temos um time praticamente classificado. O Tricolor do Pici vai sobrando e tem confortáveis 9 pontos sobre o nosso Carcará, o primeiro fora da do G4. Cuiabá e Botafogo também possuem considerável gordura na briga por uma vaga. E ai vem os outros.

O que preocupa no caso do Salgueiro é que o saldo está negativo. E está assim desde o começo da  competição. Claro que o time pode fazer 2x0 no Águia de Marabá e ficar em situação melhor, mas é o primeiro critério de desempate. Quem não se lembra do rebaixamento 2 anos atrás justamente por termos levado duas goleadas de 4x0 ( Treze e Paysandú )? Ficamos empatados em pontos com o Cuiabá, mas fomos rebaixados por que tínhamos saldo pior.

Por isso é fundamental vencer o Águia. Mas ai eu me lembro de nossa sina contra lanternas... e é o caso do rival de domingo...

segunda-feira, agosto 11

Ator Robin Williams ( 63 ) é encontrado morto...

Ator renomado, Robin Williams vai deixar muitas saudades...
Morreu hoje o ator Robin Williams. Ele foi encontrado morto em sua casa e a polícia apura se ele teria cometido suicídio. É uma perda imensa para o cinema internacional.

Charge do Dia: O crescimento(??) do PIB é o outro gráfico Dilma...

Se anima não Dilma...

11 de Agosto Dia do Advogado

Parabéns para essa categoria tão especial...
Alguns gostam. Outros não. Mas em algum momento da vida você vai precisar de um. São profissionais sérios e dedicados. Este é o Advogado. E hoje é o seu dia. E toma a permissão de usar a imagem acima do meu candidato a Deputado Estadual Rodrigo Novaes, ele também advogado, para parabenizar esta valorosa categoria.

Parabéns Advogados. O Brasil não seria o mesmo sem vocês...