Patrocínio

Patrocínio

segunda-feira, março 31

Minha visão sobre o Golpe de 64

Tropas do Exercito ocupam as ruas do Recife. Assim o foi nas principais capitais...
1964. Este é o ano. O Ano em que o Brasil sofreu uma ruptura democrática. O ano não é ponto de discussão, já o dia e o mês... segundo os militares a data é 31 de março. Contudo, a história demonstra que o golpe é deflagrado quando o presidente é deposto. E isso só aconteceu em 1º de Abril. O fato é que na virada desta segunda para terça temos os 50 anos do Golpe.

Antes de mais nada: não tem como falar do Golpe de 64 sem lembrar do contexto da Guerra Fria. O mundo estava dividido entre capitalismo e socialismo, o primeiro representado pelos EUA e o segundo pela URSS. Os dois países faziam tudo para evitar que o outro "tomasse" áreas sob sua influência. E existem exemplos dos dois casos: invasões soviéticas na Hungria, Tchecoslováquia e Iugoslávia e os EUA invadindo diversos países na América Latina. Além disso tivemos embates quase que diretos entre os dois: Vietnã e as Coreias. Em 1964 a Cuba socialista era algo bem recente, as crises do mísseis então... ou seja, eram dias que eu considero perigosos, onde a prudência deveria ser a tônica.

Pois foi tudo o que o Presidente João Goulart não teve. Existem diversas versões, mas um fato é real: as reformas de base foram propostas fora da hora. Não que o Brasil devesse esperar anos para tentar reformar-se, mas é que esse era um discurso que cheirava a socialismo. E Washington jamais permitiria que uma país continente como o Brasil virasse uma nação socialista. Mas muitos esquecem disso e digo mais, esquecem das intervenções feitas pela União Soviética. Claro que para nós infelizmente ocorreu aqui...

Jango, é preciso dizer, era um presidente fraco. E vou dar um dado que hoje parece loucura: ele fora eleito vice-presidente. Sim, em 1960 existia eleição para Vice-Presidente. Aliás alguns historiadores consideram que a eleição de 1960 é a base para o Golpe, quando o ex-Governador de São Paulo Jânio Quadros é eleito, derrotando o Marechal Henrique Lott ( o candidato de JK ). O vice de Lott era João Goulart. Quando Jânio surta e renuncia ( e depois tenta voltar ), Jango estava visitando a China comunista!!! Desde ai já foi tachado de comunista. Pecha que ele jamais fez o menos esforço para retirar.

O Golpe foi pensado por civis e executado pelos militares. A UDN, capitaneada por Carlos Lacerda, imaginava que assim poderia vender as eleições de 1965. Eleição na qual JK era franco favorito, convém citar. Teve o apoio de muitos setores, não apenas os políticos. E o próprio JK tentou cobrar de Jango que rompesse com os esquerdistas e assim desse uma clara sinalização para os militares. Alguns entendem que ao fazer isso ele lutava por sua própria candidatura, mas mesmo assim seus conselhos se mostraram certos. Peno que Jango não aceitou-os. E ao contrário disso, ainda foi apoiar revolta de oficiais de baixa patente, dando perdão aos revoltosos. Foi demais...

O famoso Comício da Central ( mais de 100mil pessoas segundo diversas fontes ) acentuou o ritmo do golpe. E o Brasil perderia diversas vidas ( quase 500 ), tantos outros foram embora e outros pegaram em armas. Mas tudo foi consequência dos atos de Jango.

O resto, é história ou estória. É o que eu penso.

Agora quem dá a bola é o Santos...

Uma sutil provocação, mas quem dá a bola é o Santos...
Para os que porventura não me conheçam a fundo, eu sou torcedor do Santos, Sport Recife e Salgueiro. Nesta ordem de preferência. E o Santos, pela sexta vez seguida está na final do Paulista. E poderá ganhar o paulista pela sexta vez em 9 edições. Nada mal...

Já tem time ai... bom, que está como a charge ai em cima.

Espetáculo para inglês ver...

Eles anunciaram que a operação foi um sucesso. Poderia ser diferente?
Hoje se deu mais uma "retomada" de área ocupada pelo crime organizado na cidade do Rio de Janeiro. É a política de segurança do Governador Sérgio Cabral e do Secretário José Maria Beltrame. A dupla bolou as tais UPP's ( Unidade de Polícia Pacificadora ), onde o Estado entraria com uma ocupação permanente dos morros da cidade e espantaria para sempre os criminosos. A área ocupada hoje é conhecida como "Complexo da Maré", uma das maiores áreas re-ocupadas, maior até que o Complexo do Alemão.

O amigo leitor deve ter notado que eu coloquei o termo retomada entre aspas e pode estar se questionado o porquê, e eu explico: na prática os bandidos permanecem lá, os traficantes seguirão vendendo drogas e quando possível, irão reagir. Como aliás já o estão fazendo em outas área re-ocupadas. E porque isso acontece? Porque a polícia não prende ninguém, ora bolas. E ainda sai comemorando o fato de que nenhum tiro foi disparado. Mas por quem seriam disparados? A polícia e o governo avisam durante a semana que vão invadir, quem é louco de ficar esperando? Mas os bandidos permanecem sendo bandidos, isso é certo. Agora eu faço a pergunta: o que acontece com eles? Tenho algumas sugestões:
  • Viraram protestantes e agora são servos fervorosos de Deus e nunca mais irão praticar crime algum;
  • Decidiram permanecer no Complexo da Maré e vão tentar uma nova vida, abrindo uma mercearia ou uma barbearia;
  • Vão esperar a poeira sentar e irão até a sede da UPP se entregar para a justiça;
  • Quem sabe tenham apenas se mudado nos dias anteriores a chegada dos policiais. Esta é a minha preferida.
Bandido pode até ser burro, mas não quer morrer. Por isso eles fogem para outras comunidades. Reinaldo Azevedo diz que se a Política de Cabral e Beltrame foi aplicada em todo o estado do Rio de Janeiro, os estados vizinhos iriam receber uma grande quantidade de bandidos... que viriam do Rio!!!

Por tabela a política de segurança que funciona é prender os bandidos e uma vez lá tentar desmantelar o grupo que eles comandam/pertencem. O resto, pra mim, é firula. E acrescento: as UPP's foram instaladas no entorno do Maracanã, no entorno das grandes vias que ligam o Aeroporto Internacional aos locais das Olimpíadas. 

Durante as últimas semanas diversas UPP's já instaladas foram alvos de ações de represálias por parte dos bandidos. Policiais morreram, sedes foram atacadas e uma delas até queimada. E o Governo do Rio pediu ajuda ao Governo Federal. Aqui cabe uma observação: na campanha de 2010 Dilma disse que o modelo das UPP's era o que melhor existia em termos de política de segurança. Passados 4 anos parece que não deu certo... Por isso o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, esteve presente no Centro de Operações, observando o desenrolar dos acontecimentos. E ao fim deles disse que tudo foi um sucesso.

Outra questão importante: não foi instalada agora uma única UPP na baixada fluminense, onde o coro come pra valer. Nos bairros mais distantes, e que ficarão bem longe dos olhares dos estrangeiros, também não. Por isso o título do post: Espetáculo para inglês ver...

domingo, março 30

Salgueiro classificado. Mas foi no limite...

haja sufoco...
A classificação era possível, mas não dependia só do Carcará. O time até fez seu papel ao vencer o Porto pelo placar mínimo, gol do zagueiro Ranieri aos 15 minutos do segundo tempo. Só que o Central ia vencendo o Santa Cruz em Caruaru pelo mesmo placar. E assim o Carcará ia sendo eliminado...

Ai veio o gol salvador do Santa Cruz, marcado por Betinho ao 23 minutos do segundo tempo. Este gol era o que o Carcará precisava para classificar-se. Mas ainda tinha tempo pela frente e a patativa pressionou e quase conseguia a classificação nos instantes finais. Mas o que vale é gritar: CLASSIFICADO.

Por mais uma temporada a dupla de Caruaru terá que ver o Salgueiro bem posicionado. Contudo... o time terá que jogar bem mais do que tem jogado. A última boa atuação do time foi diante do Náutico, na Arena Pernambuco. O que é bem alvissareiro, pois o rival na semi final será justamente o Timbu. Primeiro jogo no Salgueirão e o segundo na Arena. A outra semi será entre o Sport, segundo colocado, diante do Santa Cruz, que foi o terceiro. Ao todo teremos 6 Sport x Santa Cruz neste ano.

O Salgueiro pode eliminar o Náutico e fazer história? Poder até pode... mas seria interessante que certos jogadores que jogam apenas pelo nome ( alguém consegue lembrar de um em especial? ) saíssem do time, deixando que os melhores joguem. Seria um começo e tanto para tentar fazer história e conseguir a inédita vaga na final...

Editorial da Folha de São Paulo sobre o Golpe de 64

Um editorial bastante esclarecedor...

O Golpe Militar completará 50 anos no próximo dia 01 de Abril. Sim, dia primeiro de abril. Logo depois do golpe, alguém com mais cabeça resolveu modificar a data, considerando que a articulação começou na noite do dia 31 e o comando do golpe determinou, ainda às 23:45hs de onde sairiam as tropas e para onde iriam. Enfim, para mim - que sou historiador formado - a data é apropriada para ser a de deflagração de um golpe...

Os esquerdistas marxistas gostam de contar que o Golpe foi apenas e tão somente uma agressão da Direita ( representada pela UDN ), que em conchavo com Washington derrubou - do nada - um governo democrático. Não foi bem assim... 

E é neste ponto que o Editorial da Folha demonstra-se perfeito. Toca nos pontos do passado, pontua a própria culpa e faz uma análise - pra mim - precisa. Para ler aqui clique aqui e leia um texto preciso, com serenidade e que faz jus à história do Jornal. 

A melhor propaganda até agora sobre a Seleção


A TAM fez um golaço com esta propaganda. Sensacional, sem dúvida.

sábado, março 29

Morre mais um trabalhador nos estádios da Copa, o oitavo. Até agora...

Mais um acidente mata outro trabalhador...
Em 2007 ouvimos da boca de políticos e personalidades do Esporte ( umas péssimas como Ricardo Teixeira ) de que a Copa de 2014 seria a grande oportunidade de modernizar o Brasil e de realizar grandes obras necessários para o futuro de nossa nação. Muita gente caiu nesta conversa. Eu me orgulho de não ser um deles.

Estamos a pouco mais de 70 dias para a Copa e o estádio de abertura da Copa não tem ainda como transmitir os dados e imagens para o mundo. O da abertura!!! É preciso dizer que a mesma deveria ser no Morumbi, mas Lula exigiu que fosse dado um estádio pro seu time do coração, no caso o Corinthians, e ai veio mais gasto, algo que agora está provado ter sido um grande erro.

A FIFA queria uma Copa com 8 estádios, mas a CBF e o Governo Lula quiseram fazer uma Copa com 12 sedes. O motivo da CBF era garantir a perpetuação do poder de Ricardo Teixeira, que nem mais é presidente da Casa Bandida do Futebol ( termo criado pelo excelente Juca Kfouri ). Já o de Lula... o de Lula era que quanto mais sedes, mas partidos poderiam ser cooptados para ajudar na eleição de Dilma em 2010. Com mais sedes, também, seriam maiores os gastos e as construtoras poderiam ganhar mais ( entre elas, curiosamente, as que mais doaram dinheiro para a campanha de Dilma ).

Existem, de fato, cidades que serão sedes totalmente sem propósito: Natal e Curitiba. Não era obrigatório ter Copa no Centro-Oeste e a sede do Norte teria que ser Belém, que possui times fortes e com grandes torcidas ( Remo e Paysandu ). Mas já falei disso antes e o prejuízo só será realmente conhecido quando o torneio acabar. E logo depois vem as Olimpíadas...

Hoje um operário caiu de uma altura de 8 metros na Arena Corinthians. É o segundo a morrer na obra e o oitavo a perder a vida em uma das construções de estádios para a Copa. Como comparação, na Alemanha morreram ZERO trabalhadores.

Estamos a pouco mais de 70 dias para a Copa. E diversos problemas permanecem, agora chegamos às estruturas temporárias, que ficam no entorno dos estádios. E adivinhem para quem vai sobrar a conta?

sexta-feira, março 28

STF manda o caso do Mensalão do PSDB-MG para a primeira instância...

Joaquim Barbosa deve estar dando boas risadas e eu explico porque...
Se você tem um amigo petista e quiser por a amizade em perigo, ouse elogiar o Ministro do STF Joaquim Barbosa. Será retrucado com violência. O primeiro negro a ocupar uma cadeira na mais alta corte do Brasil ( contudo, não foi o primeiro escolhido para o mais alto cargo nas cortes, pois antes dele um fora indicado, por FHC, para o Tribunal Superior do Trabalho ).

Joaquim Barbosa tem sido vítima das mais cruéis e escandalosas agressões por partes dos petistas/petralhas nas redes sociais. É tratado como um carrasco ou melhor ainda ( pior ainda?? ) como um Capitão do Mato que vivesse atrás de negros fujões. Sim, esta metáfora foi usada pelo ex-?Ministro da Igualdade Racial(??), sugerindo que ao fazer o seu trabalho, Joaquim Barbosa estaria fazendo algo contrário a sua "raça" ( palavras do ex-Ministro, jamais as minhas ).

Pois bem, eis que ontem o Supremo Tribunal Federal por 8 votos contra 1 decidiu devolver o processo do chamado "mensalão mineiro" para a primeira instância, após a renúncia do Deputado Eduardo Azeredo, que na época do caso era Governador. Adivinhem de quem foi esse voto contrário? Pois é, foi de Joaquim Barbosa. Ele votou pela manutenção do processo no STF, por entender que a importância do mesmo merece que a mais alta corte o julgue. Interessante, não?

O caso pode remeter o leitor ( ou o eleitor ) a pensar que o STF usou dois pesos e duas medidas, mas não é bem assim. Dos indiciados no caso que envolve Azeredo ( que também foi presidente do PSDB ), apenas ele era atualmente detentor de mandado de Deputado Federal. Por isso o processo lá estava ( já que os parlamentares possuem foro especial ). Acontece que ao renunciar, ele deixa de ter tal privilégio e passa, digamos a grosso modo, a ser um pessoa normal, e que é julgado pela justiça estadual. Ai o leitor pode arguir: porque no caso do PT não aconteceu isso? Apostando na impunidade, os petistas com mandato resolveram pagar para ver e aguardaram saírem inocentados. Quando condenados, viram que poderiam ter ganhado tempo com a renúncia, a qual tiveram que fazer do mesmo jeito. E agora sem poder candidatar-se por um bom período, pois estão inclusos na "ficha suja".

Para mim, Joaquim Barbosa deve estar de peito lavado com o seu voto. Afinal, se ele era perseguidor do petistas como lhe acusavam, era de se esperar que ele seguisse os outros colegas. Mas eis que só ele votou contra o PSDB. Demonstrando assim ele ser contra a corrupção em todos os níveis. E sabem quem nem esteve presente na votação? Um tal de Ricardo Lewandowski, tratado como herói pelos petistas, durante o julgamento da Ação Penal 470...

Nada como um dia atrás do outro...

PS: devido a algumas observações, digamos assim, contraditórias, quero deixar claro que - apesar de ser simpático ao PSDB, repudio a remessa do processo para a primeira instância. Vai demorar e possivelmente penas irão prescrever. Deste modo, concordo mais uma vez com Joaquim Barbosa e discordo de Dias Toffoli.

quinta-feira, março 27

Chuva em Salgueiro e um pensamento pro futuro...

Como é bom chuva no sertão...
Chuva no Sertão é a melhor notícia possível. Se cai uma atrás da outra então é quase uma epopeia. Esta foto, retirada por Fabrício Lacerda, mostra a calçada da Loja Rabelo na Rua Otávio Leitinho. E além disso mostra algo bem interessante, já abordado por este blog: o escoamento da água das chuvas, que é extremamente precário em Salgueiro ( e praticamente no Brasil inteiro ).

A chuva de hoje a tarde foi forte, é verdade, mas longe de ser um temporal. E já conseguiu causar esta imagem ai: a rua quase toda tomada. A notícia é ótima, mas deveria servir para que nossos gestores se preocupassem com o futuro, pois as áreas mais afastadas do centro estão sendo impermeabilizadas da maneira tradicional. E mesmo que as chuvas sejam esparsas em nossa região, elas vez por outra cai com mais intensidade. E no futuro...

É pra se pensar.

Mais uma foto, desta vez da Rua Epitácio Alencar. Foto de Janilson Silva. 



Oposição consegue as assinaturas de 28 Senadores para a CPI, de Pernambuco só Jarbas assinou...

Eram necessárias 27 assinaturas, mas 28 já assinaram...
O caso da Refinaria de Pasadena ( assunto do momento no país da Copas das Copas!!! ) está rendendo. A oposição, capitaneada pelo pré-candidato a Presidência Aécio Neves ( PSDB-MG ) lutou bravamente, bateu de porta em porta e conseguiu as 27 assinaturas necessárias para abrir a CPI da Petrobrás, que deve causar estragos na seara Dilmista. Aliás, o grupo conseguiu uma assinatura a mais do que necessário. Mas é prudente ficarmos atentos: o Governo está jogando sujo ( e quando digo sujo, é bem SUJO ) para tentar demover 4 Senadores da lista a retirarem suas assinaturas.

Olhando bem a lista, fica claro que o PT que no passado amava uma CPI, agora foge das mesmas como o diabo foge da cruz. Mas para nós pernambucanos uma ausência é bem mais sentida: a de Armando Monteiro, PTB, que é pré-candidato ao Governo do Estado. Deixo de criticar Humberto Costa, porque este adora um lixo ( poucos irão entender a ironia, com certeza ) e é o líder do Governo no Senado. Está no papel dele defender o seu partido. E além do mais, ele não tem coragem para assiná-la. Pronto, falei...

Mas Armando Monteiro é Senador e ex-presidente do CNI. Tem um compromisso com o futuro da Petrobrás por dois motivos básicos:
  • É Senador da Republica e cabe ao Senado fiscalizar mais diretamente os atos praticados pelos Presidentes;
  • É Empresário e interessa a ele que a empresa funcione melhor do que agora, afinal com menos custos nos combustíveis, o lucro dele aumentaria e o Brasil prosperaria mais rapidamente.
Imagino eu que deveria ser do interesse de uma pessoa que almeja governar um dos mais importantes estados da nação, que a maior empresa do país ( e sendo ele empresário ) fosse fiscalizada. Imaginemos que nada reste provado, que seja tudo apenas um mal entendido, como quer passar o PT. Neste caso, a CPI dissiparia todas as dúvidas, a empresa sairia fortalecida e a Democracia também. Mas, e se não um mal entendido? Ora, os culpados seria defenestrados dos cargos atuais e a empresa igualmente sairia fortalecida e renovada para novos desafios...


Mas é que Armando tem o apoio do PT na sua caminhada... ai fica mais complicado né? Fazer o certo, nem sempre é o caminho mais fácil...

Voltando a CPI em si, sou defensor da mesma. Existem pontos abertos demais que precisam ser bem explicados. Aguardemos para ver se a mesma será instalada. Pelo bem do Brasil, tomara que sim...

quarta-feira, março 26

A imagem da absurda Lei Tributária Nacional

41 mil páginas e 7,5 toneladas de peso. Só para cobrar impostos...
Este livrinho(!!) é o resultado de mais de 20 anos de pesquisa sobre as normas tributárias no Brasil. Clique aqui para ler a matéria da Folha de São Paulo e assim entender melhor esta foto. É do balacobaco...

Charge do Dia: pergunta lá no Posto Ipiranga

Inocente!!!

Os esquadrões que ficaram sem Copa: Hungria de 1954

Para muitos, eu incluso, o melhor time a nunca ter vencido a Copa...
Nós brasileiros, costumamos pensar que o mundo gira no entorno de nossa nação. Se o assunto for futebol então... diversas seleções ficaram marcadas por jogarem um futebol marcante, muitas vezes até mais do que a que venceu a Copa ao final. Esta série busca demonstrar os esquadrões que encantaram o mundo, mas que ficaram sem a glória de levantar a Copa, mas que obtiveram outra: serem imortais.

O ano era 1953. Os ingleses se achavam em termo do esporte que tinham inventado. Tanto é verdade que não jogaram as 3 primeiras Copas por entenderem que eram superiores. Pagaram o preço perdendo pros EUA em 50, perante um time formado às pressas e com diversos amadores. Mas jamais haviam perdido um jogo em casa dentro de Wembley. Até desafiarem os então campeões olímpicos: os húngaros. A seleção da Hungria era um máquina com diversos jogadores técnicos e que tinham excelente toque de bola, com movimentações táticas. Uma percursora da Holanda de 74? Talvez... seria até irônico, não é mesmo? Bom, voltemos aos ingleses e sua empáfia: mesmo que o Húngaros não perdessem um partida a quase 3 anos, os súditos da então recém coroada Elizabeth II achavam que venceriam. Quem poderia parar Stanley Mathews, o mago do drible? Os Húngaros, é claro. Um show de Puskas, o Major Galopante, que marcou duas e de Hidegkuti com 3, os ingleses foram humilhados por 6x3. Abaixo, como atuava este mítico time, em imagem do site Imortais do Futebol:

Como atuava a mítica seleção magiar.
Não era de se estranhar que o time húngaro entraria como favorito para a Copa da Suiça, a primeira em solo europeu depois da guerra. Na primeira fase de uma Copa com regulamento estranhíssimo ( cada grupo tinha dois cabeças de chave, que enfrentavam os outros dois times, os vencedores cruzavam e quem vencesse passava de fase, com o derrotado encarando o vencedor da partida entre os derrotados. Quem vencesse esta partida de repescagem também se classificava. Entendeu? Pois é, o Brasil também não, lá na frente você irá ver ), os húngaros pegaram a Coreia do Sul, vitória fácil por 9x0 ( segundo maior goleada da história das Copas ) e foram encarar a Alemanha Ocidental ( sim, caso não saiba tivemos duas Alemanhas no pós-guerra, uma capitalista e outra socialista, chamada de Oriental ). Ciente da sua inferioridade, o técnico Sepp Herberger escalou um time de reservas e deu a uma zagueiro uma missão: tirar Puskas da Copa. E assim foi feito, mas mesmo assim a Hungria venceu por 8x3. Só que as equipes ainda se encontrariam na Copa.

O Brasil

Naquela Copa o Brasil ainda tentava sarar as feridas do Maracanazo. Praticamente nenhum jogador que estivera em campo naquele 16 Julho. Zizinho ainda era o melhor jogador do Brasil, mas nem sequer foi cogitado. Com um time enfraquecido, o Brasil venceu o México na estreia, mas sem conhecer o regulamento entrou em campo contra a Iugoslávia acreditando que precisaria vencer para se classificar ( entenderam agora? ). Só que o empate bastava e os iugoslavos tentaram de todas as formas demonstrar isso, para fazerem um jogo sem desgastes desnecessários. Mas toda vez que os rivais tentavam explicar isso ( se hoje poucos aqui falam inglês fluente, imagina como deve ter sido 60 anos atrás!!! ), os brasileiros imaginavam que o time adversário estava era tirando onda. Por isso, ao fim da partida, muitos choraram em campo, mesmo classificados!! Só que ninguém sabia. O Brasil gastou energia a toa e estava arrasado mentalmente. E iriamos enfrentar apenas a Hungria...

Em um dos mais violentes jogos da história das Copas, o Brasil foi derrotado pela Hungria por 4x2. Os magos magiares iriam encarar nas semi-finais o então campeão mundial e que nunca perdera uma partida em Copas: o Uruguai. Após abrir 2x0 - o que fazia normalmente até os 15 primeiros minutos, a Hungria viu - atônita - os uruguaios demonstrarem sua conhecida garra e empatarem a partida perto do final. Veio então a prorrogação e o melhor preparo físico dos húngaros prevaleceu, além da técnica apurada é claro: outro 4x2 e a esperada vaga na final é alcançada. A rival? A mesma Alemanha de Herberger. Dado importante: Puskas perdera os dois jogos contra o Brasil e o Uruguai e entrou no sacrifício para jogar a final.

Ninguém que esteve presenta aquela final apostava na Alemanha, talvez nem mesmo os jogadores germânicos. E o começo da partida foi como todos os outros: em menos de 10 min 2x0 para Puskas e cia, tudo dentro da normalidade. Ai veio o que os alemães chamam de "O milagre de Berna": em menos 7 minutos e antes dos 18 de partida. Até hoje pairam suspeitas de dopping por parte dos germânicos. Nunca se provou nada. O que se sabe é que o resto da partida seguiu empatado, até os 39 minutos, quando o atacante Helmut Ranh fez o gol do título. Nos instantes finais Puskas, mesmo se arrastando em campo, ainda empataria, mas o árbitro da partida anularia o lance.

Terminava a Copa do Mundo e o Húngaros eram vice. Pior para a Copa do Mundo, dizem muitos. O fato é que Puskas e cia mereciam a Copa. Mas o destino não quis, mas nem por isso deixaram de ficar na história.
Puskas e Walter. Ao fim do jogo o alemão foi quem levantou a Jules Rimet.

Charge do dia(??): Boato de boteco?


Ok, não é uma charge. Mas tomara que seja uma piada. Porque não basta já termos que pagar pelos erros no setor elétrico por parte do Governo Federal e ter perspectivas sobre aumento alto para 2015, agora a boa cerva vai ficar mais cara?

terça-feira, março 25

Armando Monteiro e PT, uma aliança porreta!!!

Senador Armando Monteiro ao lado de Tereza Leitão, Dep. Estadual e presidente do Estadual do PT

O Senador Armando Monteiro é um homem inteligente. Muito inteligente. E o PT é tudo neste mundo ( corrupto, asqueroso, mau caráter, etc ) menos burro. O Partido acredita que foi traído por Eduardo Campos e agora o trata de forma até deselegante. Mas olhando bem, Armando e o PT fazem uma aliança acertada.

Monteiro foi aliado, desde o começo do plano para levar Jarbas Vasconcelos ao Palácio do Campo das Princesas, criado ainda 1994. Em 1996 o grupo elegeu Roberto Magalhães prefeito do Recife sem quaisquer problemas. E em 98 a surra aplicada em Arraes parecia a confirmação de que uma força hegemônica fora criada em Pernambuco. A derrota sofrida para o PT em 2000, quando João Paulo derrotou Magalhães parecia apenas um tropeço inesperado. Veio 2002 e Armando seguia na Aliança por Pernambuco, como um dos deputados mais votados.

Em 2006 ele pretendia desbancar Mendonça Filho e sair candidato da Aliança à sucessão de Jarbas. Foi derrotado e levou seu PTB para o palanque do PT, que lançaria o ex-ministro da saúde ( e, infelizmente, hoje senador ) Humberto Costa. Lá foi eleito Deputado Federal. Já neste época era aliado de grande valor para o ex-presidente Lula, pois além de Deputado era Presidente do CNI, reunindo assim valoroso apoio empresarial ao Governo Federal.

No segundo turno daquela eleição, ele declara apoia a Eduardo Campos e vislumbra uma vaga no Senado, que de fato aconteceria em 2010, ao lado do Governador, que obteve a maior vitória política da história do Estado. Mas tudo o que ele queria, já havia conquistado: eleger-se Senador.

O PT também é parte deste estratagema: desde o começo com Eduardo, agora usa o antigo aliado para tentar alvejar o agora ex-aliado. Tenta, assim, devolver a porrada sofrida na Prefeitura do Recife, quando Eduardo lançou Geraldo Júlio contra Humberto Costa. Esquecem eles que foi o próprio PT quem criou o problema todo...

Assim temos um Senador que foi aliado de Eduardo Campos apenas para conseguir eleger-se Senador e um Partido que mais bateu do que ajudou, unidos contra Eduardo. E na boca dos dois, o ingrato é Eduardo Campos... por isso é que eles formam uma aliança porreta!!!

Charge do dia: Chamou??

Tá ficando feia a situação...

segunda-feira, março 24

E o plano do trânsito? Onde está? Vai ser apresentado quando?

Essa cena vai permanecer acontecendo?
Tive, por motivos diversos, dar um tempo nos post sobre o Trânsito, mas nesta semana voltarei a carga. Inclusive se meus queridos leitores ( mais de 500 acessos no fim de semana ) quiserem registrar abusos ocorridos no trânsito, mandem para o Blog por minha página do Facebook ou pelo e-mail: flaviojvieira@yahoo.com.br. Só peço que tomem um cuidado antes de enviar: cubram a placa dos veículos para evitar problemas. No mais, mandem as fotos e as melhores eu postarei aqui...

Mas é sobre o plano da Prefeitura que trata este post. Alguém sabe como é ele ou já o leu? Sei que está em curso o treinamento das pessoas que irão fiscalizar e que o mesmo terminará no começo de Abril. Ai surge a pergunta: vão terminar o curso e já começarão a trabalhar? 

E os outros pontos caóticos de nosso trânsito, tais como: Caminhões, Vans, Moto-Taxi, sinalização, fiscalização eletrônica ficam pra quando? Porque o começo de Abril é na semana que vem, caso não tenham percebido. Os caminhões seguirão tomando as ruas? As Vans não serão normatizadas? E os moto-taxistas? Pois é, tem coisa a beça para ser feita...

Um vereador, na condição de anonimato, me assegurou que nenhum destes temas foi enviado, ainda, a Câmara. Como as coisas demoram por conta do fluxo da lei, fica a pergunta: nada será feito? Ou será feito via Decreto?

Aguardemos...

Mais Petrobrás: o incrível caso da Refinaria Abreu e Lima

Quando dois populistas se encontram, o povo sempre sai perdendo...
"A Democracia é o pior sistema de Governo que existe. Só que não foi inventado nenhum melhor ainda". Esta frase eu ouvi a primeira vez na boca do inesquecível Paulo Autran, um dos imortais do Teatro Nacional. A frase nem deve ser dele, mas serve perfeitamente para ilustrar este post.

Pela quinta em menos de uma semana eu falarei da Petrobrás. Talvez o amigo leitor esteja conhecendo o fato agora, mas eu estou enturmado com a escandalosa aquisição de um refinaria nos EUA pela Petrobrás a pelo menos 2 anos. Dilma, e a mesmo comprovou isso em Nota Oficial, sabia do desastre desde 2007. Como só acontece nas Democracias, sempre que um rolo deste tamanho aparece, costuma puxar outros... pois é, salve a democracia!!!

O rolo da vez é bem próximo de nós: a Refinaria Abreu e Lima, no complexo de Suape. Antes de prosseguir, uma pergunta: você sabe quem foi Abreu e Lima e porque ele dá o nome a Refinaria? José Inácio de Abreu e Lima ( Recife, 06/04/1794 - Recife, 08/03/1869 ), foi um dos líderes da Independência da América Espanhola, ao lado de Simon Bolívar. Aqui um quase desconhecido, é herói nacional na Venezuela, na Colômbia e no Peru. Daí fazer sentido que a Refinaria levasse seu nome certo? Sim, mas quem pediu isso não fomos nós, foi a Venezuela, por meio do seu então presidente(??) Hugo Chavez...

Voltemos a Refinaria. Em 2005 a Venezuela tinha um problema: possuía petróleo em excesso, mas não onde refina-lo perto de casa e de onde pudesse revendê-lo com facilidade. O Brasil que também precisa dos diversos derivados de petróleo parecia o parceiro ideal. Além disso o Porto de Suape, moderno e em franca expansão seria perfeito para receber o empreendimento. Negócio da China, certo? Nem tanto.

Lula e Chavez ( que por mais que se digam que os dois eram líderes com o mesmo pensamento, divergiam mais do que parece em termos ideológico ) sentaram e firmaram uma parceria: a PDVSA entraria com 40% dos custos ( inicialmente orçados em 20 bilhões de dólares ) e a Petrobrás com o restante. Parecia um bom negócio. Parecia...

Nunca foi firmado um contrato. O que existe é uma Carta de Intenções, na qual ficam claras quais serão as responsabilidades das duas partes e de como a PDVSA pagaria pelos 40%. Em tal documento a PDVSA compromete-se a cumprir sua parte no futuro contrato com cessão de parte de porcentagem na Refinaria ou com petróleo. Das duas formas seria interessante, mas...

A PDVSA jamais assinou o contrato. Mas Lula seguiu, até o fim do seu mandato, falando que a Refinaria era uma parceria entre o Brasil e a Venezuela. Mas jamais tocou no assunto da desistência da mesma. Dilma também nunca falou do fim da parceria, que na prática jamais houve. E que se diga ainda que a Refinaria está longe de ser concluída. Segundo analistas da área a mesma deve ficar pronta só em 2016. Isso sem falar que o TCU apontou graves irregularidades na construção da mesma, dentre elas - adivinhem só!!!, superfaturamento.

Por fim, cumpre lembrar: Lula afirmou que o Brasil alcançou a autossuficiência em produção de petróleo. Lembram da pompa e circunstância do anúncio? Pois saibam que déficit do setor em 2013 foi de absurdos 23 bilhões de reais. A diferença fica entre o que é produzido e o que é necessário ofertar nacionalmente e na manutenção do preço da gasolina para evitar mais inflação. Ou em outras palavras: o Brasil ainda precisa comprar petróleo no mercado externo, refiná-lo no exterior e traze-lo pro Brasil. Se você não acreditar em mim, pense um pouco: porque a Petrobrás precisa construir tantos navios como na propaganda televisiva da empresa? Se a produção fosse toda aqui, não seriam necessários tantos, não é mesmo?

Por isso a legenda lá de cima: quando dois populistas ( e fanfarrões ) se juntam, o povo paga o preço. E caro, por sinal...

Vereador Hercílio e Família celebram formatura de Hercílio Filho

Ao centro, o mais novo Engenheiro Civil de Salgueiro e região...
O Vereador Hercílio de Alencar Carvalho ( PT ) e sua esposa Sinara  celebraram a formatura de Hercílio Filho ( conhecido como Cilinho ) no Curso de Engenharia, na última semana. Este Blog parabeniza o novo Engenheiro e deseja-lhe todo o sucesso na sua empreitada ( sugestivo não? ) nesta nova fase da sua vida.

domingo, março 23

Desvalorizar para privatizar? Segundo Eduardo é o que Dilma quer fazer com a Petrobrás...

Eduardo foi contundente com Dilma...
Eduardo Campoos, PSB e Governador de Pernambuco, é pré-candidato a Presidente, como todos os meus leitores sabem, creio eu. O que todos também sabem é que ele foi o fiador da permanência de Lula na presidência, quando apoiar o ex-presidente parecia arriscado durante a crise do mensalão. Foi graças ao apoio de Eduardo ( e de outros, como o atual Ministro dos Esportes Aldo Rebelo ), que Lula conseguiu estabilidade e pode, então, partir para a re-eleição frente ao Tucano Geraldo Alckmin. No segundo turno, convém citar.

Portanto, ele era até bem pouco tempo aliado do petismo. E isso, tenho 100% de certeza, será usado contra ele pelo Petralhismo ( termo bem usual no Facebook para definir um político do PT ). E Eduardo sabe bem que terá problemas para se desligar de uma pessoa que se beneficiara da proximidade com Lula e Dilma e que agora os ataca. Até porque devem disputar a mesma faixa do eleitorado, que podem optar por manter os seus votos com o PT. Por isso, a sua declaração de hoje é, ao menos, estranha.

Campos participou de um Congresso dos partidos que compõem a sua base para a campanha, realizado em Salvador. Ao ser perguntado sobre o caso da Refinaria Pasadena feita pela Petrobrás ( clique aqui para entender mais ) ele saiu-se com essa frase: "Em três anos, a Petribrás vale metade do que valia e deve 4 vezes mais do devia". E acrescentou: "Às vezes fico seriamente desconfiado se isso não faz parte de um jogo para desvalorizar a Petrobrás e depois vendê-la".

Depois do evento, em entrevista coletiva ele ainda criticou Dilma, afirmando que "em 2010 ela criticou seu oponente ( o Tucano José Serra ) de querer privatizar a empresa e três anos depois a empresa vale a metade do que valia". E completou dizendo que "não podemos achar que a saída de uma pessoa ( referência a Nelson Cerveró, que Dilma acusa como pivô da confusão, demitido na sexta-feira ) vai resolver o problema. Nós temos preocupações com a Petrobrás. A Empresa não pertence ao Governo, mas sim ao povo brasileiro".

A provável vice na chapa de Campos, a ex-senadora Marina Silva também falou sobre o assunto: "está acontecendo um sedimento ruim ( sedimento significa erosão ), não podemos ter qualquer complacência com o que estão fazendo".

A fala de Eduardo Campos parece perfeita, mas tem um problema sério: a péssima gestão da empresa não começou ontem, vem desde a época de Lula. A inexplicável compra da Refinaria foi realizada na Gestão de Lula e os péssimos resultados dela oriundos também. Em 2007 a Petrobrás foi acionada na Justiça dos EUA para pagar 700 milhões de dólares pelos outros 50% da Refinaria, que em 2005 valia espantosos 42,5 milhões. Lula poderia ter feito algo, mas não fez. Manteve o companheiro José Sérgio Gabrielli na empresa e não demitiu Cerveró. Eduardo, portanto, deve saber disso desde 2007. Porque só agora falar contra? Só porque é pré-candidato contra o Petismo?

Soa estranho a crítica, mesmo que ela seja verdadeira. Sim Eduardo tem razão, é estranhíssimo esta desvalorização e o brutal endividamento da Petrobrás, que em 2008 era uma das 12 maiores empresas do mundo e que 6 anos depois nem aparece entre as 100 mais valiosas do mundo.

Eduardo Campos diz o certo, mas na hora errada. E não deverá ganhar nada com isso, justamente porque era um aliado dos mais empedernidos do PT. 

Charge do dia: Propaganda da moda...

Pena que não dê pra usar o bomnegocio.com para se livrar da Dilma...

sábado, março 22

Futebol ou Economia?

O que lhe causa mais espanto nesta imagem?

A imagem acima foi postado pelo Jornalista Ricardo Amorim em sua página no Facebook. Nela vemos dois rankings e em ambos o Brasil está atrás de vizinhos nossos na América do Sul. O primeiro é o ranking da FIFA, onde somos 9º colocado atualmente. O segundo leva em contra o crescimento médio dos 4 países desde 2004. Notem que temos quase a metade do crescimento da Argentina. 

Contudo, é preciso fazer uma observação: a Argentina viveu uma pesada recessão no começo do século e depois, via calote de parte de sua dívida, conseguiu bons índices de crescimento. E agora começa a pagar o pato por causa disso... mas é pra se pensar, não é mesmo?

Cacau e o apoio a Armando Monteiro

O clima permanecerá o mesmo de outrora entre eles?
Não sou jornalista, sou apenas uma pessoa que gosta de escrever. Mas acredito que quando se trata de determinados temas, a prudência sempre é o melhor caminho. Checar fontes, nestes casos, é fundamental. Por isso, não fiz post sobre a decisão do Vice-Prefeito Cacau ( Dr. aqui só com curso de Doutorado e ao que me consta, ninguém em Salgueiro o possui ) assim que o mesmo decidiu apoiar a candidatura do Senador Armando Monteiro a Governador, em detrimento a de Paulo Câmara que é do PSB, também o atual partido do Vice.

Por isso, aguardei tanto tempo para abordar este assunto. Tentei, duas vezes, falar com Cacau. Na primeira, Cacau disse que estava ocupado e que entraria em contato depois. Na segunda tentativa ( na quarta-feira ), o mesmo me disse para esperar até sexta. Findo o prazo, tratarei do assunto sem a versão dele.

A decisão, pelo o que outras fontes me disseram, foi pessoal. E não significa um rompimento com o Prefeito ( a quem não liguei porque entendo que a declaração dele sobre o assunto é perfeita ), apenas uma questão ligada a política. Cacau é um político e gosta disso. Para ele a mesma deve ser exercida por políticos, pessoas que queiram exercer tal ofício. Paulo Câmara, portanto, não foi uma boa escolha do Governador Eduardo Campos, em sua opinião e isso faz sentido. Contudo, convém perguntar: foi uma boa ação? Um adendo importante: Cacau sempre foi uma pessoa ligada a ideologia. Fundou e foi eleito Vereador e Vice-Prefeito pelo PC do B, tendo saído apenas antes da eleição de 2012. E o PT, de quem sempre foi aliado, apoia Armando. Daí a movimento ser bem natural para ele. Se outros ( Chico Sampaio, Alvinho Patriota e tantos outros ) estão no mesmo barco, para ele tanto faz. São eles que estão chegando ao lugar onde ele sempre esteve...

Cacau sabe bem o que pode representar este movimento. Acredito eu, que tenha medido com cuidado os prós e os contras. A saber: se Armando vencer, ele pode ganhar mais força para tentar viabilizar-se como candidato a sucessão de Marcones, mas se Paulo Câmara vencer... Além disso o mesmo deve apoiar Fernando Filho para Deputado Federal, em detrimento de Cleusa Pereira. Isso também é normal, pois ele sempre apoiou outros candidatos diferentes dos da maioria que a Frente Popular apresenta. Não seria a primeira vez. Nem será a última.

O apoio pode ter estremecido a relação entre os dois? Sim e não, é difícil saber. Mas uma coisa é certa: nunca mais será a mesma...

sexta-feira, março 21

Dilma: Incompetente ou Desastrada?

Esta é a refinaria que promete dar muita dor de cabeça aos Petistas...
Não sou, nem um pouco sequer, simpático ao PT. Quem conhece-me sabe disso. Quem percebeu o teor de algumas postagens, idem. Bom este é um texto sobre uma verdadeira vergonha nacional: a compra de um Refinaria Antes, convido-o a ler este resumo muito bem feito por Reinaldo Azevedo ( colunista de Veja e Folha ), eu volto depois: 
  • 1: Em janeiro de 2005, a empresa belga Astra Oil comprou uma refinaria americana chamada Pasadena Refining System Inc. por irrisórios US$ 42,5 milhões. Por que tão barata? Porque era considerada ultrapassada e pequena para os padrões americanos.
  • 2: ATENÇÃO PARA A MÁGICA – No ano seguinte, com aquele mico na mão, os belgas encontraram pela frente a generosidade brasileira e venderam 50% das ações para a Petrobras. Sabem por quanto? Por US$ 360 milhões! Vocês entenderam direitinho: aquilo que os belgas haviam comprado por US$ 21,25 milhões (a metade da refinaria velha) foi repassado aos “brasileiros bonzinhos” por US$ 360 milhões: mais de 1.590% de valorização em um aninho. A Astra sabia que não é todo dia que se encontram brasileiros tão generosos pela frente e comemorou: “Foi um triunfo financeiro acima de qualquer expectativa razoável.”
  • 3: Um dado importante: o homem dos belgas que negociou com a Petrobras é Alberto Feilhaber, um brasileiro. Que bom! Mais do que isso: ele havia sido funcionário da Petrobras por 20 anos e se transferiu para o escritório da Astra nos EUA. Quem preparou o papelório para o negócio foi Nestor Cerveró, à frente da área internacional da Petrobras. Veja viu a documentação. Fica evidente o objetivo de privilegiar os belgas em detrimento dos interesses brasileiros. Cerveró é agora diretor financeiro da BR Distribuidora.
  • 4: A Pasadena Refining System Inc., cuja metade a Petrobras comprou dos belgas a preço de ouro, vejam vocês!, não tinha capacidade para refinar o petróleo brasileiro, considerado pesado. Para tanto, seria preciso um investimento de mais US$ 1,5 bilhão! Belgas e brasileiros dividiriam a conta, a menos que…
  • 5: A menos que se desentendessem! Nesse caso, a Petrobras se comprometia a comprar a metade dos belgas — aos quais havia prometido uma remuneração de 6,9% ao ano, mesmo em um cenário de prejuízo!!!
  • 6: E não é que o desentendimento aconteceu??? Sem acordo, os belgas decidiram executar o contrato e pediram pela sua parte, prestem atenção, outros US$ 700 milhões. Ulalá! Isso foi em 2008. Lembrem-se de que a estrovenga inteira lhes havia custado apenas US$ 42,5 milhões! Já haviam passado metade do mico adiante por US$ 360 milhões e pediam mais US$ 700 milhões pela outra. Não é todo dia que aparecem ou otários ou malandros, certo?
  • 7: A Petrobras se negou a pagar, e os belgas foram à Justiça americana, que leva a sério a máxima do “pacta sunt servanda”. Execute-se o contrato. A Petrobras teve de pagar, sim, em junho deste ano, não mais US$ 700 milhões, mas US$ 820,5 milhões!!!
  • 8: Depois de tomar na cabeça, a Petrobras decidiu se livrar de uma refinaria velha, que, ademais, não serve para processar o petróleo brasileiro. Foi ao mercado. Recebeu uma única proposta, da multinacional americana Valero. O grupo topa pagar pela sucata toda US$ 180 milhões.
  • 10: Isto mesmo: a Petrobras comprou metade da Pasadena em 2006 por US$ 365 milhões; foi obrigada pela Justiça a ficar com a outra metade por US$ 820,5 milhões e, agora, se quiser se livrar do prejuízo operacional continuado, terá de se contentar com US$ 180 milhões. Trata-se de um dos milagres da gestão Gabrielli: como transformar US$ 1,180 bilhão em US$ 180 milhões; como reduzir um investimento à sua (quase) sétima parte.
  • 11: Graça Foster, a atual presidente, não sabe o que fazer. Se realizar o negócio, e só tem uma proposta, terá de incorporar um espeto de  US$ 1 bilhão.
  • 12: Diz o procurador do TCU Marinus Marsico: “Tudo indica que a Petrobras fez concessões atípicas à Astra. Isso aconteceu em pleno ano eleitoral”.
Entendeu? Achou terrível? Pois bem, isso tudo começou no Governo Lula e prosseguiu no de Dilma. Essa semana Dilma emitiu nota sobre o assunto ( já que Polícia Federal agora investiga o caso a pedido do TCU ) e disse que sim, ordenou a compra da Refinaria ( ela era a Presidente do Conselho da Petrobrás a época ), mas que não sabia da clausula que obrigaria a empresa a comprar os outros 50% aos Belgas. E disse ainda mais que os relatórios depois se mostraram falhos. Como é que se gasta 360 milhões de dólares sem ter-se conhecimento profundo do caso?

Esta situação assumida pela Presidente, deixa-nos com duas suposições: a que ela não sabe administrar ou que agiu de má fé. Na primeira ela é apenas incompetente, o que por si só já é terrível, mas a segunda... pois é. O caso deve render muito e o ex-presidente Lula ( como se não tivesse nada a ver com isso ) disse que ela deu um tiro no pé ao emitir a nota. Faz sentido a fala dele, que sempre "nunca soube de nada", nem mesmo quando o filho ficou milionário durante seu Governo. Ou que José Dirceu fez o que fazia, mesmo que ele fosse o seu braço direito.

Sugiro ao amigo leitor que leia os artigos de Eliana Cantanhêde ( Perguntar não ofende ), o de Josias de Souza ( as três perguntas que Dilma precisa responder ) e a de Reinaldo Azevedo ( Não Dilma! Não tem saída ) para entender melhor o que está acontecendo e que está por vir. Em todo caso, nosso dinheiro foi jogado no lixo. O que você pensa a respeito?

Entrando na casa dos "enta"...

Eu e o tempo...
Texto postado no Facebook ontem a noite, e que deveria ficar só por lá mesmo, mas que diante das diversas manifestações recebidas ( bem mais do que as que acredito merecer ), resolvi trazer para o Blogm na íntegra como pedido feito por amigo bem especial...

40. Diz o ditado que a vida começa aos quarenta. Se assim o for, estou começando a minha hoje. Já vi de tudo um pouco, desde um Papa Pop a um outro extremamente humilde e argentino, ainda por cima... e eu gosto dele, o que é mais incrível.
Passei por 5 décadas, pelo fim da ditadura, pela campanha das diretas, sofri com Tancredo naqueles intermináveis dias entre Março e Abril de 85... Vivi a euforia do Plano Cruzado até cairmos na recessão do fim do Governo Sarney.
Estudei na melhor escola de Salgueiro, o Carlos Pena Filho, que a época era uma das 5 melhores do ESTADO!!! Contudo, presenciei a decadência do ensino público brasileiro, por isso sou tão áspero ao rebater que a Educação esteja em um nível bom. Pra mim nem aceitável é... por causa da decadência, sobretudo no Governo Arraes - quando nem carteira pra sentar tinha - não me formei em uma Federal...
Vivi os dias alegres e tristes, vi nascer ídolos ( Senna, Guga, a turma do vólei ) e vi outros se irem, alguns até prematuramente como o inesquecível Senna ( que por acaso também é de 21 de Março ). Chorei com Sarriá, até hoje não gosto de Platini - quanto mais de Zinédine Zidane - mas vi meu país vencer duas Copas.
Uma coisa infelizmente não mudou: a corrupção. Segue no mesmo patamar, talvez até pior. Lutei por Collor presidente, votei em FHC, depois em Ciro, Serra, Alckmin e Serra novamente... em Salgueiro, com meu primeiro voto, ajudei a eleger a primeira mulher, Cleusa Pereira em 92.
Passei por esses 40 anos e parece que foi ontem que andei de bicicleta na casa onde morávamos em Santo André, após é claro diversos hematomas... parece que foi ontem que deixei minha querida terra natal...
40 anos. Será que terei outros 40? Difícil saber. Arrependimentos? Muitos, mas se querem saber acho que faria tudo de novo do mesmo jeito. Pois assim é a vida...
40 anos. Casei, tenho uma esposa linda, filhos maravilhosos. Ainda tenho a graça de ter Pai e Mãe. Tenho saúde e disposição para seguir trilhando o duro, mas muitas vezes reconfortante caminho da vida. Que Deus siga me guiando, como sempre fez.
40 anos. Bebi uma droga chamada História e hoje não vivo mais sem ela ( culpa de vcs Kennya Lima e Maria Jorge Santos Leite !!!). Tenho um livro por terminar. Já plantei uma árvore anos atrás ( ainda vive!!! ).
40 anos. É... tem muita coisa pela frente. E aos que me odeiam, detestam ou que me descartaram só tenho uma coisa a dizer: eu estou aqui, vivo, pensando, agindo...
40 anos. Já fiz muita coisa, mas tem muito mais por fazer. E que venham outros 40. Este Ariano porreta aqui, está pronto pro que der e vier...

quinta-feira, março 20

Um campeão lutando pela vida...

Você conhece este Senhor? Não? Pois saiba que ele inventou o gesto mais importante do futebol...
Este texto foi postado às 11:51 de hoje e eu pressenti, é verdade, que o pior iria acontecer. Agora, às 19:30, recebo a confirmação da morte de Bellini. Fica aqui a minha humilde homenagem a quem foi o pioneiro, em mais de um sentido, no futebol brasileiro e mundial. Que agora está ao lado do lorde, da girafa, do anjo das pernas tortas e dos outros companheiros seus que já estão no céu.

29 de Junho 1958. Estádio Rassunda ( que recentemente foi demolido ). Estocolmo, Suécia. Dia chuvoso. Final de Copa do Mundo entre Brasil e os donos da casa, que em um gesto nobre ( e igualmente impensável nos dias atuais ) usam todos os meios para secar o gramado, usando esponjas e baldes, tudo para que o espetáculo fosse em alto nível. Os suecos tinham a sua melhor geração e acreditavam que venceriam. Tinham time para isso convém ressaltar.

Eu poderia escrever 3 dias sobre esta partida, acontecida 16 anos de eu nascer ( por acaso amanhã faço 40 anos ), tantas são as lindas, tocantes e até dramáticas histórias. Poderia discorrer sobre como sepultamos o complexo de vira-latas, que Nelson Rodrigues criara após a eliminação na Copa anterior frente ao Hungáros ( que eram bem melhores, diga-se ). Poderia falar do menino de Três Corações que viraria simplesmente o Rei do Futebol. Ou de Valdir Pereira, o Mestre Didi, que para mim é menos reconhecido do que merece. Aliás, o craque da Copa caso você pense que foi Pelé, está bem errado. Foi Didi, que ganhou apelido de Príncipe Etíope. E quando o Brasil levou o primeiro gol, carregou calmamente a bola até o campo, em cena imortal, pedindo calma e dizendo para seus companheiros jogarem o que sabiam. Parecia até um Obdúlio Varela tupiniquim. Teve o mesmo efeito, aliás.

Poderia falar de Mané, de Vavá ( o peito de aço ), de Djalma Santos ( o lorde ) que com apenas uma partida foi eleito o melhor lateral da Copa! Poderia falar de Zito, Zagallo ( que fez gol )... poderia falar da Enciclopédia Nilton Santos, o melhor lateral esquerdo de todos os tempos. Mas o post é sobre o senhor acima ( na foto colocando suas mãos para molde que está no Maracanã ). Mas porque as mãos dele são mais importante que os pés?

Seu nome, antes de mais nada, é Hideraldo Luiz Bellini, nascido em 07/06/1930, na cidade paulista de Itapira. Talvez Bellini foi, daqueles 11 que entraram em campo, o mais desprovido de técnica. Mas estava longe de ser um zagueiro ao estilo Felipão ( sim, Felipão era zagueiro e horrível, diga-se de passagem ). Ele era o capitão do time, de um time repleto de craques. Coube a ele levantar a primeira Copa vencida pelo Brasil. E foi ai que ele entrou para a história. Antes dele, receber a Taça era uma mera formalidade, não um gesto espetacular. E assim o era em todas as competições. Assim como os uruguaios que inventaram a volta olímpica ( ao percorrer todo o campo em festa após receberem a medalha de ouro em Paris em 1924 ), ele criou um gesto. E foi totalmente ao acaso. Vejam esta foto de Fritz Walter recebendo a Jules Rimet em 1954:


Reparem que ele a pega como um coisa "comum". Não era desdém como alguém poderia pensar. Era o costume. Até a Copa de 38 a mesma era entregue em uma cerimônia na noite do jogo. Em 1950, desnorteados com a derrota que consideravam impossível, os dirigentes brasileiros não entregaram o trofeu a Varella ( o presidente da Fifa Jules Rimet teve que descer das tribunas e realizar a entrega ). Em 1954 o padrão era receber e tirar fotos. A Alemanha mal deu uma volta olímpica, embora esta já fosse mais do que usual.

Voltemos a Estocolmo. Após a partida ( a propósito vencida pelo Brasil por 5x2 ) o Rei Gustavo vai entregar a Taça a Bellini, um verdadeiro batalhão de repórteres estavam em fila. Ai lá no final, alguém teria gritado: levanta mais a taça ai... e Bellini atendeu. Assim nasceu o gesto de levantar a Taça sobre a cabeça em sinal de triunfo. Assim Bellini entrou para a história do mundo do futebol, não apenas do Brasil. Abaixo como teria ficado o gesto e como ele se eternizou...

A cena usual na época...
e como sempre será lembrado... observe a cara de Bellini, parece até sem jeito, não é mesmo?
Ao chegar aqui, você deve estar se perguntado: mas o post é "UM CAMPEÃO LUTANDO PELA VIDA". Pois é, o amigo leitor tem razão de perguntar. Parafraseando ( e forçando bem a barra ) Abrahm Lincoln: "eu poderia escrever discursos curtos, mas quando começo fico preguiçoso em parar". Gosto de falar sobre esportes, quem me conhece sabe bem disso, e resolvi aproveitar que Bellini está internado em estado grave na UTI do Hospital 9 de Julho ( na capital paulista ) para demonstrar aos amigos leitores quem ele é. Muitos não sabem, mas eu sempre lutarei pela memória esportiva do Brasil. Sempre. 

O grande Bellini luta pela vida. Talvez perca a batalha, mas o seu lugar na história já está garantido. Mesmo que não se lembrasse mais disso, pois sofre a 10 anos com o terrível e devastador mal de Alzheimer. Cabe a nós, brasileiros, nunca deixá-lo cair em esquecimento.

Longa vida a Bellini!!!

quarta-feira, março 19

É Federal!!! Ao menos a briga vai ser...

De cima para baixo: a juventude ( Fernando Filho ), a experiência ( Cleuza Pereira ) e o atual campeão de votos em Salgueiro ( Gonzaga Patriota ). Quem vai se sair melhor ( não necessariamente com mais votos ) nas eleições de Outubro?

Eleições costumam ser recheadas de traições, mudanças de partido e normalmente marcam o surgimento de novas estrelas. A disputa para o cargo de Deputado Federal nestas eleições prometem ser bem agitadas em Salgueiro. Aliás, já estão.

O Prefeito Marcones Libório ( PSB ) conseguiu convencer a ex-prefeita ( por 3 mandatos ) Cleusa Pereira a tentar uma vaga na Câmara Federal. A ex-prefeita deve ser a majoritária em Salgueiro ( poucos duvidam disso ), mas os números apresentados por alguns de seus cabos eleitorais causa surpresa e até risos em especialistas neste tipo de análise. Segundo uma fonte consultado por este Blog, o grupo almeja que ela obtenha os mesmos votos que Marcones obteve para prefeito em 2012. A saber isso seriam nada menos do que 16.963 votos. É uma conta que não fecha e eu explico o porquê.

O grupo do Vice-Prefeito Luiz Carlos, o Cacau, vai trabalhar para Fernando Filho. O atual Deputado Gonzaga Patriota, que deverá ter uma perda significativa dos votos obtidos em 2010 ( 9.258 ), ainda será muito bem votado. Sem falar que a atual oposição deverá apresentar seus candidatos, sem falar no PT que jamais vota em outro candidato sem ser os de sua legenda. Assim fica muito fácil entender porque será difícil obter os 17mil.

E é ai que começam os problemas. Se Cleusa Pereira tirar menos do que 10mil votos ( uma possibilidade que não pode ser desprezada ), ela sairia com a sua imagem arranhada? Ou seria o Prefeito, seu fiador e maior beneficiado com isso, a chamuscar-se? Por outro lado, como fica o quadro para 2016 caso Fernando Filho chegue perto dos 5 mil votos? Ou se Gonzaga mantenha-se como o mais votado ( improvável, mas não impossível )? Abaixo uma imagem com os 9 candidatos mais votados em Salgueiro em 2010 para Dep. Federal:


Desconsideremos o meu amigo, o folclórico Antônio Nelson ( cujos votos devem se dispersar entre Gonzaga e Cleusa ). Vemos que a mãe do Governador ( Ana Arraes ) obteve expressivos 1.309 votos, isso sem ter feito campanha na cidade. Agora, ao que parece, Renata Campos ( esposa do Governador ) deverá ocupar esta vaga. E deve repetir o mesmo número ou até mesmo aumentá-lo. O amigo observará que Sérgio Guerra foi o sexto, mas morreu recentemente. Contudo alguém do PSDB tentará manter tais votos ( Bruno Araújo quem sabe ) e sempre aparecem candidatos da capital para conseguirem votos importantes em Salgueiro. Inocêncio Oliveira, o sétimo, parece que voltará a ser candidato e mesmo que não o seja, o seu sobrinho deverá ter até mais votos. Notem que o primeiro petista da lista é Pedro Eugênio e logo após o "comunista" Nelson Pereira. Outros candidatos do PT somaram mais de 1.300 votos. E a perspectiva e que tal número aumente.

Ainda no quadro, vemos que Gonzaga 9.258 votos. Quantos destes votos migrarão para Cleusa? Quantos se manterão fieis? E quantos Fernando Filho ( que tirou 1.305 ) aumentará com o declarado apoio do Vice? Minha previsão é que os números almejados pelo grupo da ex-prefeita estejam errados, em pelo menos, uns 40%. Ela, a meu ver, conseguirá mais votos, mas como disputará espaço com Gonzaga e Fernando Filho, deverá ter sérias dificuldades para superar os 12 mil votos. Tudo porque o total de eleitores deve chegar a casa dos 40 mil. Deste montante temos que retirar - ao menos 25%, que são as abstenções, votos nulos e brancos. Portanto somariam nada menos do que 10 mil votos. Deixando de votos válidos pouco mais de 30 mil. Obter 17 mil seria conseguir quase 60% dos votos válidos. Marcones não conseguiu isso em 2012, e era uma campanha polarizada e ele enfrentou um adversário com alta taxa de rejeição. Não é, nem de longe, o caso agora. E podemos fazer outras perguntas:

  • Quantos dos eleitores de Marcones votarão em Gonzaga e Fernando Filho? Ou em candidatos do PT e do PC do B?
  • Quantos dos eleitores de Alvinho votarão em Cleusa? E quantos vão se manter fieis a candidatos de outros partidos ( PSDB, DEM, PPS )?
Posso estar errado em minha previsão? É possível, mas é o que pensa este blogueiro.

Charge do Dia: Tá muito enrolado?


O Marco Civil da Internet é um tema polêmico. Tem gerado discussões das mais acaloradas, mas uma coisa é certa: está dando dor de cabeça pro Governo Dilma. O projeto tem diversos pontos que não geram problemas, mas é da neutralidade o maior nó: as empresas garantem que com ela ( neutralidade no tráfego de dados, sem um tipo de informação ter preferência sobre outros ) elas perdem receitas e isso, claro, comprometerá o poder de investimento, algo necessário para o futuro. Já o Governo afirma que quer a internet democrática e que não podem existir dois ( ou mais ) tipos de usuários.

Quem está com a razão? Isso eu não sei, mas é prudente olharmos com atenção a essa briga.

terça-feira, março 18

O que é preciso para ser feliz?

Você diria que este argentino não é um pessoa feliz?
e isso sem ter, desde os 15 anos, os dois braços...
Muitas vezes, por motivos diversos, nos vemos diante de dificuldades na vida: financeira, saúde, familiar, profissional... enfim, em algum momento achamos que nossa vida é dura. Algumas vezes até com razão outras apenas queremos mais.

O personagem deste post é Victor Dell'Aquila, argentino. Desde os 15 anos ele não tem os dois braços. Sim, os dois braços. Ele ficou sem seus membros superiores depois de ser eletrocutado. Não fez disso um motivo para ser triste, pelo contrário. E seguramente o dia mais feliz de sua vida fora em 25 de Junho de 1978, dia em que sua Argentina foi campeã do Copa do Mundo, em casa, pela primeira vez. E ele estava lá. Pulou para o campo - não existem barreiras para este argentino - e correu feito louco pelo Monumental de Nuñez como uma criança dentro de uma loja de brinquedos. Lá encontrou, ajoelhados e abraçados, o meia Tarantini e o Goleiro Fillol. E deu-lhes um abraço. Não um abraço qualquer, mas sim "El abrazo del alma". Abaixo a imagem de 78:

precisa de legenda uma foto dessas?
Em ano de Copa, tudo gira em torno dela. E a Coca-Cola é uma das melhores em fazer propagandas legais e emocionantes ( além do melhor refrigerante, é claro ). E foram atrás daquele homem sem braços que deu o abraço da alma. E o encontraram e disseram a ele que iriam fazer uma matéria sobre "el abrazo del alma". O levaram ao palco do jogo, fizeram diversas fotos e combinaram de ir filmá-lo na pelada que sempre jogou com os amigos. E assim fizeram. Só que isso era a desculpa para ter câmeras no local, para poderem realizar a surpresa.

Lembram que eu disse que o dia mais feliz da vida de Victor fora em 78? Pois é, fora. Porque agora é este das imagens acima. De repente entra uma van padronizada da Coca-Cola e dela saem Tarantini e Fillol. Que em 78 nem haviam percebido a presença de Victor ao lado deles, agora chegam para dar a ele um caloroso abraço. E levantam a Copa Fifa ao lado de Victor. Sim, ao lado, porque como a propaganda diz a Copa se levanta, também, com a alma!!!

Sinceramente, não tem como não ficar - ao menos - tocado com o vídeo. Que vai abaixo:


E você ai, ainda vai seguir reclamando de sua vida?